Páginas

Mostrando postagens classificadas por relevância para a consulta surya. Classificar por data Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens classificadas por relevância para a consulta surya. Classificar por data Mostrar todas as postagens

29 de março de 2013

Henna Himalaya - cor vinho

Até estava bem desencanada com meu cabelo bicolor, fruto de resquícios de tintura Garnier há três anos atrás, como meu cabelo é comprido, já viu o tanto de tempo que leva até desaparecer totalmente...

Fato é que marido (?!?!?!?!) começou a falar sempre que podia que meus  fiozinhos brancos no topo da cabelereira começaram a se multiplicar e viraram uma dúzia, (já sou balzaquiana né... )- mimimimi... daí lá fui eu na Ikezaki atrás da henna...

E não precisa dizer que tinturas de farmácia tem trocentas substâncias químicas tóxicas e das piores, contei no mínimo 22, entre elas: parabenos, corantes artificiais, fragrâncias sintéticas, metais pesados, amônia, água oxigenada (peróxido de hidrogênio), resorcinol, PPD (p-fenilenodiamina)* - se alguém quiser saber mais leia aqui. 
*fonte dos componenentes nocivos: Blog Tantas Plantas

Sem contar que são altamente poluentes, testadas em animais e causa danos a saúde a médio e longo prazo, portanto faça um favor a si mesma, ao planeta e aos pobres bichinhos e use henna.



Encontrei essa lata aí, com grafismo bem típico de produto indiano- na Ikezaki , por R$24 com 250g... (nessa hora quase caí de costas - mas levantei pra ver se o produto é 100% natural)
Está escrito 100% natural e eu acreditei... NO ENTANTO: tem Picramato - colorante sintético  tóxico, portanto não é 100% natural.

clica que aumenta

Henna Lawsonia alba e Lawsonia inermis, Juglans regia (nogueira), Matricaria chamomila (camomila) e Indigofera tinctoria (Índigo verdadeiro), Picramato (corante sintético), Curcuma longa (curcuma), Bixa Orelana (urucum)

O que achei:
É henna - ponto. Cheiro bem típico do pó de plantas coloridas hehe. Se alguém já usou a versão nacional e comparar com essa, vai sentir o mesmo cheiro.

A mistura
Na primeira vez que usei, meu cabelo estava um pouco mais comprido e usei exatamente a metade da embalagem - 125g

Bem... a aplicação que eu fiz foi totalmente diferente da instrução que vem dentro da lata. A principio era  misturar aos poucos  água morna, até formar uma pasta cremosa, nem tão líquida a ponto de escorrer, nem tão grossa a ponto de não deslizar...

Ok... mas como na internet tem de um tudo, a Heglaé descobriu um PDF em inglês indicando colocar suco de limão na mistura para que os pigmentos sejam liberados mais facilmente, saiba mais aqui.


Essa já é a minha terceira aplicação, na primeira vez, coloquei só um limão e até pegou a cor mas não tanto quanto nessa última.
Fato importantes:
- em cabelos castanho escuros como o meu, ele não vai deixar vinho bordô total, apenas dará reflexos.
- cobre bem os fios brancos e estes pegam bem a cor escolhida.
- no PDF diz para fazer a mistura com o suco de limão e deixar descansando por 24hrs para que os pigmentos sejam bem liberados.
- Touca térmica ajuda a cor a se tornar mais intensa.

Mas como boa ariana afobada e impaciente...
 ....não deixei descansando por 24 hrs, nem usei touca térmica haha.

O que eu fiz foi espremer dois limões, com 12 gotas de óleos essenciais (no meu caso, específico para caspa e cabelos oleosos), juntar água morna  e esperar maçantes 3hrs.

DETALHE IMPORTANTISSIMO: é recomendado usar vaselina pra proteger testa e orelhas de manchas - como vaselina é derivada do petróleo, optei por passar a pomada de assaduras da Weleda com nota 3 no EWG - que pretendo substitituir...

A aplicação:
Bem, a sensação é de passar literalmente barro! Se não tomar cuidado voa mistura pelo banheiro, que álias é o local mais adequado pra isso, se possivel dentro do box.

Depois de aplicado, prendo num coque e coloco touca plástica, espero maçantes três horas, a touca vai incomodando né...
Ao tirar a touca - a sensação é que seu cabelo tem dreads! As mechas ficam tão duras e formatadas como, haha...e pesa... imagine barro seco...

Depois é só enxaguar passando condicionador para facilitar a retirada, ao sair do chuveiro o cabelo fica duro... minha alternativa foi usar a manteiguinha de cupuaçu da Sachi (atualmente só tem de murumuru a venda - mas deve servir, já que é indicado para cabelos danificados).

A henna não danifica o cabelo, só resseca um pouco mas com bons condicionadores, máscara capilar da Surya ou qualquer óleo vegetal que você goste de usar já ajuda e resolve essa questão.
 Mas pode se preparar que o box vira um lamaçal !

luz branca, usando como leave in óleo de Pracaxi
 Pois então, como disse lá no começo, meu cabelo ainda tem resquicio de tintura,  nestas partes obviamente ficaram bem avermelhados mesmo! Parece que fiz reflexo nas pontas hihi...


sob sol- clica que aumenta


E este é o meu cabelo in natura, sem secador, sem escova- fica assim: ondulado e como minha mãe diz: 'jeitoso'. Eu gosto assim e abomino chapinha hehe... as mechinhas vermelhinhas fininhas são os maledetos fios brancos que ficam bem vermelhos.

Tenho mantido a cor usando a linha  para cabelos tingidos da Surya, linha orgânica e estão fazendo um bom serviço, está durando um mês a um mês e meio, dependendo da frequência de lavagem. (antes que digam que sou porquinha, os shampoos orgânicos conseguem manter os fios limpos por dois dias dependendo do clima)

No entanto apesar do preço e ser henna mesmo, não gostei de ter Picramato, por  ser tóxico, porém seu risco maior é de alergias.Vide EWG - clica aqui.

Eu não sei qual a porcentagem dele tem nesta henna, que segundo um fórum italiano é usado em hennas de má qualidade, só é seguro em 0,1%  vide aqui.
Enfim - ela funciona, como podem ver, já está assim há duas semanas.

Porém,há vendedores de henna mundo afora dizendo que cores como vinho e vermelho não são possíveis   sem uma pequena quantidade deste corante químico para ajudar a avivar a cor.
Não acredito muito nisso, porque o tom de Borgonha da Surya, cor próxima ao vinho, tem somente plantas - vide aqui.

Então vai de você, se você não liga de ter um corante sintético, ela funciona muito bem, senão escolha uma henna em pó 100% natural.

Se você quiser ver a aplicação da Heglaé com a henna da Surya - clica aqui.
Se você quiser saber da aplicação da henna no Espaço Surya que a Michelle fez, tem aqui.

Você pode querer ler também:
Shampoo Lippia Alba - Herbia
Óleo de argan - Harmonie Aromaterapia
Terapia capilar orgânica - Espaço Surya  
Condicionador Pracaxi & Andiroba - Cativa Natureza
Condicionador Buriti cabelos tingidos e danificados- Surya




.

14 de novembro de 2015

Linha de frutas da Surya não é orgânico


Fico muito triste de escrever esse post mas é a enésima leitora me dizendo ter comprado gato por lebre nessa linha de frutas da Surya.

Só pra constar: eu gosto muito da marca, meus posts AQUI sobre os produtos que usei são todos positivos, adorei a fórmula do esmalte, contei AQUI ...
...então que fique bem claro,  não estou fazendo protesto contra a empresa em si, que é uma linda, visitei a fábrica uns 4 anos atrás e gostei muito da postura, inclusive social.

E nessa visita questionei a linha de frutas, que tem este termo que induz a consumidora ao erro:

rótulo shampoo amla guaraná e melão
Estão vendo que está escrito: 'com óleo orgânico de laranja'?!
Acontece que muita gente lê  e acredita estar comprando um shampoo 100% orgânico e de acordo com as normativas das certificadoras.
Mas se analisarmos a fórmula, temos vários componentes grifados em vermelho que não podem estar em uma fórmula de produto orgânico certificado:

composição shampoo amla, guaraná e melão
Sulfato é o agente espumante/detergente, se formos ver pelo EWG tem nota 1, ou seja verde , mas além de ser dermoagressivo ele polui. Além disso é sintético, o que é proibido pelas certificadoras vide AQUI.

Parfum ou fragance, também é sintético e tem score 8 no EWG, uma das piores notas possíveis. Embora não tenha parabenos, usam um conservante pior: Methylchloroisothiazolinone, Methylisothiazolinone com nota 8 também, clica AQUI.

+ Sem parabenos signica que é seguro? Acesse aqui
+ Saiba quais ingredientes em cosméticos devem ser evitados - acesse aqui


Quanto ao óleo essencial de laranja citado no rótulo, de fato tem, grifado em verde água, é o último ingrediente ativo, depois temos acido citrico, um conservante alimentar e corantes  que são sintéticos, um deles com nota 3 no EWG.

Na rotulagem clássica, os ingredientes aparecem por ordem decrescente, se o óleo de laranja está lá no fim, tem muito pouco dele- algo como 0,5% para menos, além disso até na aromaterapia dá pra saber que se usa muito pouco numa fórmula.

 Os produtos da linha de frutas da Surya não são orgânicos! 

Infelizmente estes produtos  são o que podemos chamar de greenwash, quando  tenta passar a imagem de orgânico/ 100% natural, quando não é - saiba quais:

- Shampoo, condicionador e máscara de tratamento amla, guaraná, melão
- Shampoo, condicionador e máscara de tratamento laranja e andiroba
- Shampoo, condicionador e máscara de tratamento morango e buriti
- Shampoo, condicionador e máscara de tratamento maracujá e copaiba
- Shampoo, condicionador e máscara de tratamento coco e ucuuba
- Shampoo e condicionador Canela e cupuaçu

Mas amiga- agora deu nó nas ideias, você disse que os produtos da Surya são naturais / orgânicos, e agora?!
Disse e continuo dizendo, mas veja bem, neste post AQUI  deixei bem claro que somente as linhas Amazônia Preciosa AQUI, Sapiem Women e Sapiem men AQUI são orgânicos certificados pela Ecocert



A linha Color fixation apesar de não ser orgãnica, nós aqui do lado verde da força aceitamos usar, pois as fórmulas são tranquilas, sem ingredientes proibidos pelas certificadoras. Inclusive fiz resenha da máscara AQUI.

Enfim, não entendo essa postura da marca...
...quando estive na fábrica, disseram que reformulariam a linha Color Fixation: tinha uns sintéticos problemáticos, e fizeram: tiraram estes ingredientes.
Poderiam reformular ou ao menos deixar claro no rótulo que não se trata de produto orgânico.

+ Se você quer saber quais marcas realmente são orgânicas/100% naturais - clica aqui.
+ Se você quer saber que outras marcas parecem ser orgãnicas mas não são- clica aqui.

12 de novembro de 2015

Esmalte Lobo Guará - Surya

Oi lindonas, tudo bem?!
Esmalte é uma coisa que vocês quase nunca viram aqui no blog, porque nunca é 100% livre de química. O que existe são opções menos nocivas à saúde, postei AQUI o Pritti,que não tem os mesmos ingredientes que .este da Surya é 7free, mas acredito que esteja denominado assim por ser cruelty-free e sem ingrediente animal.



luz natural sem flash
Presta bastante atenção na fórmula porque a pessoa aqui se contorceu lendo com uma lupa kkkk, entre parenteses tem o score do EWG, de nada! rs...

Butyl acetate (EWG 1), ethyl acetate (EWG 1), nitrocellulose (EWG 1), tosylamide epoxy resin (EWG 1), alcohol, lecithin (EWG 3-4), stearalkonium hectorite (EWG 1 ), sodium diatomeae ,isopropil alcohol (EWG 1), benzophenone 2 (EWG 4), CI77491 (EWG 1), CI 77266 (EWG 6), CI7891 , CI 77019 Mica (EWG 2)



O que eu achei:
Falemos da composição: podem ver que tem score 1 do EWG a maior parte da fórmula, Lecithin ocorre naturalmente em plantas, mais comum da soja  CI's são corantes. Meu relatório não encontrou o sodium diatomeae, pra vocês terem uma idéia tem ranking geral 6 no EWG aqui.

Vale dizer que numa fórmula os primeiros ingredientes tem bastante dele e os últimos muito pouco, algo como menos de 0,5%.


Significa que mesmo tendo um score alto, se usado eventualmente não é tão punk e eventualmente é abrir mão da esmaltação semanal. Eu por exemplo só uso em festas ou quando viajo, porque não gosto da unha do meu dedão do pé.

Quanto ao desempenho, não deve nada aos esmaltes convencionais, este é a cor Lobo guará, achei fácil de aplicar, o pincel é digno e tem boa cobertura, na foto tem duas camadas porque achei mais bonito rs...



(Favor ignorar borradinhos e afins pois faço as unhas no máximo 4x por ano rs...)
foto sob sol

A duração dele é bem digna, passei as férias com ele e só a esquerda, a mão dominante,descascou no 3o dia- acredito que duraria mais se não tentasse abrir tantas embalagens rs... a direita voltou intacta, durou 10 dias!

Quanto a ser antialérgico, embora sejam livres de  tolueno, formaldeído, cânfora, parabenos, DBP, contém tosilamida /resina epoxy, embora o EWG tenha dado score 1 pra ele aqui, na blogosfera sobre alergia a esmaltes ele é vilão, é um produto da reação da toluenesulfonamida e do formaldeído. Serve como resina para dar brilho e durabilidade ao esmalte. Há quem tenha alergia à mica também que é um pigmento/corante.
Se você tiver alergia a algum destes, corra!

Enfim, se formos falar da maioria dos esmaltes nacionais, pra quem não tem alergia este é a melhor opção em termos de baixa toxicidade e virou meu eleito quando quiser fazer as unhas.

Comprei no Espaço Surya  falei aqui , por R$20 a atendente disse que também vende na loja da marca no shopping Ibirapuera , ambos em SP.
Acabei de ver que a Surya tem loja virtual agora, clica aqui


5 de setembro de 2013

Gel para Depilação com Lâmina - Sapien Women Surya

O lançamento mais bacana da Surya na Bio Brazil Fair com certeza foi a linha feminina a Sapien Women, contei aqui. Além das amostras que ganhei pra teste (que depois conto - só estava esperando estar a venda online) trouxe este gel.

Eu sou  contra o uso da lâmina pois é um plástico a mais no mundo, usava daquelas folhas de depilação mas também polui e não sei quais os efeitos nocivos dela numa região como a axila. Nas canelas eu encaro o depilador elétrico, que se você puder investir recomendo, o preço médio de um conjunto com 2 lâminas é R$6, dos mais baratinhos - um depilador elétrico bom, custa em média R$180, comprando 30 lâminas, já pagou o produto e deixou de jogar 60 cabos plásticos no lixo.
Ok eu queria conseguir usar o elétrico na axila que é a versão antiga deste, clica aqui - mas como não aguento a dor - vai na lâmina.

Water, Cocamidopropyl Betaine, *Aloe Barbadensis Leaf Juice (Suco da Folha de Babosa / Aloe Vera), Decyl Polyglucoside, Glycerin, Disodium Cocoyl Glutamate, **Sucrose Cocoate, Dehydroacetic Acid Benzyl Alcohol, Dehydroxanthan Gum, Fragrance, Xanthan Gum, Magnesium Aluminium Silicate, Citric Acid, *Penthaclethra Macroloba Seed Oil (Óleo de Pracaxi), Tocopherol, *Macadamia Integrifolia Sedd Oil (Óleo de Macadâmia), *Theobroma Grandiflorum Seed Butter (Manteiga de Cupuaçu).
*Ingredientes provenientes de agricultura orgânica. **Feitos com ingredientes orgânicos.
98,80% do total dos ingredientes são de origem natural.
13,62% do total dos ingredientes são provenientes de agricultura orgânica.
Cosmético natural e orgânico certificado pela ECOCERT


O que diz o fabricante:
O gel da linha Sapien Women da Surya é vegano e natural, feito com ingredientes orgânicos. Indicado para proteger a pele durante a depilação com lâmina, possui toque suave e alto deslize. Rico em ingredientes especiais da Amazônia, como manteiga de cupuaçu, óleo de pracaxi, que doam condicionamento e emoliência durante o procedimento da depilação. Contém ainda óleo de macadâmia, vitamina E e polímeros naturais que previnem o ressecamento e sensibilização da pele. Sua fórmula contêm suco de aloe vera (babosa) orgânico e glicerina vegetal que hidratam intensamente a pele.
Possui um cheirinho delicioso de coco e manga, com toque de framboesa e vanilla (baunilha).

Certificado Ecocert | Vegan

O que eu achei:
O cheiro é docinho, me remete a alegria, uma coisa vibrante, me ressalta coco e framboesa. Eu gosto mas pode ser que ourtas pessoas achem o cheiro enjoativo, porque é bem doce mesmo.
A textura é bem parecida com sabonete liquido.



A embalagem é bem simples, tampa flip com um buraquinho, só precisa de um certo cuidado pra não apertar demais a bisnaga e sair muito produto.
Rende bem na minha opinião, o equivalente a uma moeda de um cent, dá pra depilar uma canela e essa quantidade de um cent dá para as duas axilas e sobra - isso com a pele úmida, espalha muito fácil e fora do chuveiro (ok eu uso depilador elétrico mas tinha que testar né...) - sim, tem coisas que eu prefiro fazer fora pra economizar água, uso um borrifador. Pra formar a espuma cremosa branca, é necessário uma ligeira massagem. E faz a lâmina deslizar muito fácil.

No chuveiro com a pele encharcada a impressão é que se gasta mais - na verdade eu sou #aloka dos testes diversos e acabei descobrindo que se usar um borrifador pra umedecer a pele, depilando e depois passando uma toalha umedecida, a pele fica ótima, macia e hidratada - bom para dia da pressa ou quando você esqueceu de depilar por ter feito um frio de rachar e no dia seguinte saiu o sol derrete asfalto e você quer por uma regata - aqui em Sampa o clima é bipolar então acontece muito isso comigo rs...

Não acho que seja um cosmético fundamental pois dá pra fazer espuma com shampoo ou sabonete orgânico - mas pra quem curte itens específicos para determinados usos, é um bom produto e aconselho a compra somente se você faz uso constante de lâmina, pois após aberto ele tem validade de um ano, aguenta mais um pouco se por exemplo guardar no armário e não no box do chuveiro. Como tem água na fórmula é bom ter este cuidado com o produto.

A embalagem com 200ml custa R$39 - ok barato não é, mas como rende muito pode compensar. Tem na Beleza do Campo, clica aqui e pra quem mora em São Paulo, tem no Espaço Surya e na loja do shopping Ibirapuera
 

1 de julho de 2013

Bio Brazil Fair 2013 | Surya Brasil

O stand da Surya estava muito lindo, todo temático em bambu, com muitas coisas feitos lá mesmo na fábrica da Surya, como o piso de  pallet reaproveitado - a marca tem este conceito de reaproveitamento máximo, tanto que quando visitei a fábrica vi literalmente uma marcenaria justamente pra criar as peças, usadas na fábrica e agora pra montar o stand, que legal!
Tem uma foto do stand na fanpage, vide aqui.

Mas como sei que vocês querem novidades - a marca lançou sua linha de cuidados femininos a Sapien Women!


Segundo a marca, é o complemento da linha masculina, a Sapiem man. São todos cruelty free e veganos, que é a proposta da marca sempre, com certificação Ecocert
Não tem como não chamar a atenção, é uma embalagem vibrante que remete a energia do sol na minha opnião. Curti!

Vamos aos produtos:
- Esfoliante corporal
- Hidratante corporal
- Gel para depilação
- Shampoo
- Condicionador
- Creme para pentear
- Esfoliante corporal

E tem mais, não é só a embalagem que remete a energia alegria - a fragância natural foi feita com notas de frutas como coco e manga, exótica! Todos que passavam no stand receberam sachês de dois produtos da linha feminina: o hidratante corporal junto com o facial scrub. Recebi alguns extras pra testar mesmo e conto pra vocês, também não resisti e trouxe um gel para depilação.

Pra quem estava sentindo falta de um leave in orgânico, agora temos uma linha capilar completa! Os preços vão de cerca de R$30 a R$ 50 - lembrando que este era o preço da feira, podem variar um pouco. Paulistanas podem adquirir no Espaço Surya e na loja do shopping Ibirapuera,compras de outros locais via telemarketing da empresa, quanto a lojistas não dá pra saber.

Tem também (mas não tem ao mesmo tempo rs...) os lipbalms veganos que estavam a venda na feira, digo isso porque o produto é importado e não se sabe quando chega um novo lote,lá estava a R$24:
- Chocolate e menta
- Chocolate
- Strawberry  & Buriti
- Açaí Berry



E a linha Amazônia Preciosa está de cara nova:


O atendimento foi excelente! Tive a atenção da farmacêutica da marca, que realmente está de parabéns pela concepção, só achei que deveriam disponibilizar testers dos lançamentos, porque eu realmente queria muito dar uma testada no leave in da marca.
Mas realmente fiquei bem feliz e empolgada com este lançamento pra mulherada!



 

14 de janeiro de 2013

Sorteio mimos Surya Brasil

Oi gente! Marido e eu estivemos em visita na fábrica da Surya Brasil, uma marca vegan, cruelty free e com bons produtos orgânicos certificados pela ECOCERT - e é muito bacana conhecer, se puder ir vale a pena!

Ao irmos  lá, além de tomar um café vegano delicioso, ganhamos  de mimo um livrinho e um pingente fofo com o logo da Surya. Pra deixar claro, isto foi dado para pessoa física Yumi e não para a blogueira do PBS, portanto não foi por conta do blog.

Como ganhamos dois, um meu e outro do marido não vemos necessidade de ficar com mais um, e acho que um livrinho assim é super bacana pra quem está nessa vibe do Projeto Beleza Saudável.

Por isso resolvi sortear aqui no blog. E tem tudo a ver com o blog as dicas do livrinho  ^_^
Mesmo eu (ainda) não sendo vegana, de vez em quando eu faço receitas assim porque são muito saudáveis e gostosas! Tem as dicas de beleza e receitas naturais e caseiras de produtos de limpeza.

OBSERVAÇÃO: A Surya não tem absolutamente nada a ver com o sorteio, a responsabilidade pelo mesmo é somente minha. Sou eu quem quero dar estes mimo.

O livrinho contém:
- 14 receitas veganas
- 3 receitas/dicas de beleza
- 4 receitas de produtos de limpeza

Bem feitinho e ilustrado com fotos bonitas, em papel reciclado- muito bacana!

Para participar é preciso:
- Seguir o blog
- Preencher corretamente o formulário, clique aqui.

Chances extras:
para cada chance extra que você utilizar, volte e preencha novamente o formulário no campo referente à chance que utilizou:
- (+1) Curtir a fan page do Projeto Beleza Saudável- clica aqui
- (+1) Seguir o twitter @Beleza_saudavel, clica aqui.
- (+1) Dar RT na frase:Quero o livrinho de receitas naturais da @Surya_Brasil que o blog @Beleza_saudavel está sorteando
atenção: o blog está com o botão direito desabilitado, para copiar a frase, pegue no formulário.

Ao todo são 4 chances para concorrer!

Importante:
- O sorteio é feito via Random.Org
- O resultado sai dia 30/01 aqui no blog e nas redes sociais
- A sorteada será comunicada por email e tem 48hrs para responder, caso não responda refaremos o sorteio
- O envio será via PAC e a caixa onde irão os prêmios é reaproveitada, assim poupa-se uma caixa e reutilizo uma que iria pra a reciclagem. Então antes de ir, vamos uá-la mais uma vez!

Boa sorte a todos!

   Observação:   
Caso você esteja acessando o blog via tablet ou celular, é necessário usar a 'visualização versão web' para que seu comentário seja postado via Disqus e assim respondido.


27 de fevereiro de 2013

Condicionador Buriti Cabelos Tingidos e Danificados- Surya

Toda vez que vou a loja do shopping Ibirapuera fico com cara de '??????' - é sério nunca entendo os preços do sabonete líquido corpo ou mãos giraram em torno de R$140 (!!!!!), fica aqui minha indignação e o fato de não entender um preço desses.
Em compensação a linha capilar é bem digna e tem um custo plausível dentro do setor orgânico.


Aqua (Água Deionizada), Aloe Barbadensis Leaf Juice* (Suco de Folha de Babosa / Aloe Vera), Cetearyl Olivate, Sorbitan Olivate, Glyceryl Stearate, Orbignya Oleifera Seed Oil* (Óleo de Babaçu), Dehydroacetic Acid (e) Benzyl Alcohol, Mauritia Flexuosa Fruit Oil* (Óleo de Buriti), Glycerin, Dipterix Odorata Extract (Extrato de Cumaru), Citric Acid, Aniba Canelilla Essential Oil (Óleo Essencial de Preciosa).
* Ingredientes provenientes de agricultura orgânica.
98,7% do total dos ingredientes são de origem natural.
12,0% do total dos ingredientes são provenientes de agricultura orgânica

| Cosmético orgânico | Cruelty-free | Certificação Ecocert | Vegan

E é por isso que eu recomprei o condicionador da linha, porque meus cabelos tingidos com henna simplesmente se apaixonaram pelo produto! Acho que casaram com ele, porque caí na zona de conforto e não quis saber de outro rs...


O que diz o fabricante:
Indicado para cabelos tingidos e danificados, previne contra o ressecamento, proporcionando maciez e leveza aos fios. Além disso, preserva a coloração no cabelo por mais tempo, impedindo o desbotamento da cor.

O Buriti é uma planta originária do cerrado brasileiro com excelentes propriedades emolientes. Ele contém a maior quantidade de Vitamina A natural dentre todos os frutos e vegetais já descobertos. Também é rico em vitamina E, vitamina C e antioxidantes. Além disso, o buriti ainda possui propriedades naturais de proteção contra raios ultra violeta.

O que eu achei:
Pra mim tem um cheirinho adocicado levinho- que vem do cumaru (tenho o óleo aqui e vocês não tem noção da delícia que é!), nada enjoativo. Sua textura é muito leve, não lembra em nada os condicionadores convencionais mais consistentes, que você passa e fica uma camada besuntada. Lembra mais uma loção hidratante.
Gosto bastante da embalagem âmbar e com válvula pump muito mais prático!


A sensação que eu tenho quando aplico é de não ter passado nada - ok, parece doido demais mas é esse sensação, porque é muito leve mesmo! Para fazer funcionar melhor,  tenho que tirar praticamente toda o excesso de água, com uma toalha de mega absorção e secagem rápida- esta aqui,(sim, eu sou fresca e quase sempre estou com pressa, qualquer coisa que me ajude agradeço e muito!) porque se eu ficar torcendo meu metro de cabelo grosso e pesado demoro séculos, além de quebrar os fios... feito isso, como tenho cabelo comprido, preciso de quatro pumps do produto para cobrir bem toda a extensão- mas lembrando que meu cabelo é comprido, grosso e pesado.

Bem... é o primeiro caso que vejo um condicionador gastar mais do que o shampoo (que uso da mesma linha na segunda lavagem, tenha cabelos mistos e saiba o trabalho que é...), dá um pouco de trabalho, nada tão absurdo... mas o resultado compensa- mesmo assim eu amo! O cabelo fica macio e lindo de viver!
E lembrem-se que eu uso henna nos cabelos e isto ajuda a ressecar e bastante os meus fios que já são secos nas pontas, portanto mesmo sendo leve a hidratação é bem potente.

 O relatório preliminar no EWG deu nota 1 para o produto -clica aqui. O único ingrediente mais problemático, é um tarja laranja com nota 4: o Benzyl Alcohool, utilizados como solvente e conservante, no entanto preocupante somente em produtos utilizados ao redor dos lábios, vide aqui.

Pode ser encontrado no Espaço Surya, no shopping Ibirapuera (ambos em SP) ou em sites como o Beleza do Campo, clica aqui Delicatta Cosméticos, clica aqui entre outros- a embalagem vem com 300ml e custa cerca de R$38.

Update mar/15: tenho lido várias blogueiras veganas decepcionadas com o produto.
em mar/13 - data deste post,fez mais de um ano que passei da transição capilar, vide aqui, meu cabelo já não tinha resquicio de derivados de petroleo,silicone ou mesmo sendo agredido com sulfato, acompanhando alguns blogs, sei que veganas usam cosméticos convencionais, com todas as substâncias nocivas que o pessoal dos cosméticos orgânicos evita a todo custo.

E esta é a causa mais provavel do produto ter sido bom pra mim e não pra elas porque ingredientes naturais não conseguem penetrar na barreira impermeabilizante formada pelos derivados de petroleo e silicone, vide aqui.

Por isso ao ler resenhas destes dois mundos, apesar de terem em comum o cruelty free, são mundos completamente distintos,que deve ser levado em conta na decisão de compra, principalmente cabelo, a parte mais trabalhosa da transição. È preciso ver se a moça passou pela transição capilar, aboliu derivados de petróleo e silicone para todo o sempre e quanto tempo isso faz.

No começo do blog, eu não tinha o hábito de dizer que meu cabelo estava virgem e há quanto tempo sem quimica, atualmente todas as resenhas capilares tem essa info.

Este foi comprado na loja física da Surya, no shopping Ibirapuera, tem também no Espaço Surya, vide aqui ambos em SP, tem online na Capym Store aqui


3 de novembro de 2015

Shampoo + condicionador Sapien Men - Surya

Férias é a época que lembro de testar amostras, a de hoje é para os homens: shampoo + condicionador Sapien Men da Surya. Recebemos no stand da marca durante a Bio Brazil Fair


Aqua (Water), Cocamidopropyl Betaine, Disodium Cocoyl Glutamate, Aloe Barbadensis Extract* (Extrato de Babosa / Aloe Vera), Decyl Glucoside, Glycerin (Glicerina Vegetal), Sucrose Cocoate*, Benzyl Alcohol (and) Dehydroacetic Acid, Hydrolized Amaranth Protein (Preteína Hidrolisada de Amaranto), Dehydroxanthan Gum, Xanthan Gum, Citric Acid, Cedrus Atlantica Oil (Óleo Essencial de Cedro), Citrus Aurantium Dulcis Oil (Óleo Essencial de Laranja) (and) Citrus Medica Limonum Peel Oil (Óleo Essencial de Limão Siciliano), Magnesium Aluminum Silicate, Dextrin (and) Malpighia Glabra Extract (Extrato de Acerola), Mentha Piperita Oil (Óleo Essencial de Menta / Hortelã).

Produto orgânico | certicação Ecocert | Cruelty-free | Vegan

O que diz o fabricante:
O Shampoo e Condicionador (2 em 1) Sapien Men da Surya é ideal para o homem que adora praticidade para o seu dia a dia, com dois benefícios em um só produto.

O shampoo promove uma limpeza eficaz sem deixar os cabelos ressecados. Ao mesmo tempo em que a ação do condicionador hidrata sem deixar o cabelo oleoso.

Possui uma exclusiva fórmula que combina ingredientes naturais e orgânicos. Com Óleo Essencial de Menta (Hortelã) que proporciona suave refrescância, extrato de Acerola e alta concentração de Aloe Vera (Babosa), que hidratam e amaciam os cabelos.
Contém ainda Óleos Essenciais de Cedro, Laranja e Limão Siciliano. E também Proteína Hidrolisada de Amaranto que nutre e protege os fios.

O que marido achou:
Como todo shampoo orgânico, faz uma espuma tímida mas eficaz. O cabelo dele é curto, com oleosidade e caspa.
A amostra foi suficiente para duas lavagens no mesmo banho, lembrando que o teste foi feito no RJ, que é um lugar quente.

Limpou bem mas marido notou que deixou o cabelo duro enquanto secava, totalmente diferente dos 2 em 1 do mercado. No entanto homens, não temam! Esse efeito é comum nos condicionadores orgânicos, até o meu cabelo fica assim. É meio estranho isso mas após seco, o cabelo ficou macio e brilhante.

Nós diriamos que é um 3 em 1 porque a espuma que o produto faz e vai escorrendo já limpa o corpo, só passar uma bucha e pronto, ganhou um sabonete também. Diria que é o produto perfeito pra levar em viagens.

O cheiro é amadeirado de leve, pelo cedro que ajuda na caspa + o hortelã pimenta que dá um toque refrescante.
Só lembrando que, marido só usa produto capilar orgânico desde 2012, incluindo gel de cabelo, o problema deste é o acumulo de silicones e derivados de petróleo.
Caso você homem, esteja entrando agora neste setor, é bom ler atentamente este post aqui

Não digo que é baratinho mas tem um bom custo x beneficio , está dentro da média dos produtos orgânicos. Se levado em conta que é um multifunção, são 3 produtos em 1 é um preço justo.
A embalagem com 300ml custa R$39,90 aqui
Acho uma boa dica pra dar de presente pro namorado ou marido.

4 de junho de 2014

Bio Brazil Fair 2014

Nessa hora que percebi que estou um bagaço, só sobrou o pó rs... normalmente entraria em tudo que é stand pra fuçar mesmo, comprar... mas estou sem energia e grana devido a mudança de casa.
Mas enfim, fui lá pra repor alguns dos meus cosméticos que estão acabando e lógico pra contar aqui as novidades. Senta que é um post grande rs...

Segundo última pesquisa, o mercado nacional de orgânicos, roupas, alimentos e cosméticos, alcança 6% de consumidores, com tendência a crescer cada vez mais.
Vamos lá - o nome da marca é o link para a loja virtual:



Cativa Natureza


Eu gosto da grande maioria dos produtos da marca, poucos que usei não deram certo. A novidade é a agua hidratante de aloe vera, que eu chamei de água termal, mas é uma água termal turbinadissima! Meu cabelo que acordou elétrico hoje gostou dele, pode ser usado como tônico e já descobri que serve como spray de brilho/hidratação nos cabelos rs... Tem um cheiro parecido com a linha Buriti mas um pouco mais suave. Custa R$24.

O outro lançamento é a pasta regeneradora copaíba, que é indicada pra dermatites mas principalmente psoríase e até rosácea, me impressionei que o tamanho de uma ervilha hidrata muito bem as mãos.

E agora a marca terá amostras nas lojas, estes são sachês do hidratante pele oleosa, da manteiga de Buriti e do sabonete Buriti.



Surya Brasil

Estava com dois stands, uma do Espaço Surya - spa da marca, servindo lanches veganos (que é a filosofia da marca) e com outro de cosméticos. Neste ano lançaram shampoos para uso profissional, tanto no Espaço Surya e para salões que quiserem adotar a linha natural orgânica (estou orando por isso, pois morri de inveja das americanas o ver um salão John Master Organics). Também tive que parabenizar a química responsável por tirar as tranqueiras da máscara Color Fixation. Que álias, entrou justamente pra fazer uma faxina de tranqueiras hehe...



Herbia

A linha Lippia Alba foi repaginada, foi o shampoo (resenha aqui) que meu cabelo mais amou nesses três anos de orgânicos mas a cor laranjinha sumiu, está branquinho agora, (só vi quando cheguei em casa, preciso perguntar) e na Bio Fair passada, prometeram o condicionador dele e eis que finalmente! Não resisti e comprei, pois o cheiro é sensacional!
Repaginaram a linha de hidrolatos e óleos essenciais, que neste ano entram manjericão e cravo.

Mas o que realmente achei interessante foram os absorventes zero química nociva da Natracare, como dioxina (saiba mais aqui e eu parei de usar absorvente comum porque ficava toda assada!) e biodegradaveis. Me impressionou a finura do absorvente!

Os absorventes externos custam entre $15 e $18, dependendo do modelo, os internos a $18.90  e os de uso diário a $11.90.
Todos podem ser compostados, na terra, não na composteira de minhocas, pelamore!


Alva
Neste ano trouxeram mais pincéis Ecotools, com destaque para o case com 5 pincéis e o jogo travel size que postei aqui.
E a linha de maquiagem que está embalado em papel resistente, achei bacana pois me dá desespero o fato de estojinhos de make serem de dificil reciclagem, além disso os duos de sombra terão refil.

Weleda
Esqueci de tirar foto, mas a marca agora ganhou certificação do IBD o que dá dupla garantia de não testes em animais no Brasil.


Na Natural tech
Pra quem não sabe, no pavilhão inferior acontece a Natural tech - este ano teve um espaço para palestras, onde por exemplo hoje estavam falando sobre veganismo. Também encontrei Mandioqueijo, adorei - pois estou viciada em tapioca de queijo e o colesterol não gosta muito disso rs...
clica que aumenta


Na parte de cosméticos, encontrei a Biologicus, que já resenhei a espuma facial aqui, lembrando que a marca não é orgânica de fato mas tem fórmulas seguras que as consumidoras do setor aceitam usar, além de claro, não fazerem testes em animais, importantissimo isso pois no blog não entra resenha de cosmético com crueldade.

Lançamentos deste ano a linha Triodex, para queimaduras e picadas de inseto e para dores musculares. Gostei também do repelente, com fórmula bem ok, o cheiro de citronela predomina.
Em breve loja virtual.

Gostaram das novidades?

25 de maio de 2014

Produto natural/ Artesanal/ orgânico - você sabe a diferença?

Em tempos de greenwashing rolando solto, vamos ver se este post ajuda a descomplicar as coisas.
(também peço desculpas a leitora pela ausênia de resenhas - enquanto estiver no processo de mudança não estou conseguindo testar tudo do jeito que vocês gostam e merecem)
O que nós consumidoras de cosméticos orgânicos buscam, além de um nome  e certificação orgânica é a segurança da fórmula, ou seja não podem conter ingredientes tóxicos ou nocivos, como os citados na lista negra do blog, clica aqui e aqueles banidos pelas certificadoras: Ecocert, IBD, USDA, Soleil Association - além de sermos contra testes em animais.
Buscamos fórmulas com o maior número possível de ingredientes naturais - nisso não só as marcas orgânicas entram nas nossas escolhas, mas fórmulas limpas, como alguns produtos de marcas naturais e até artesanais, desde que sejam 100% naturais.


O que é um greenwashing?
Greenwashing é o conceito de 'máscara verde', quando uma marca se utiliza de marketing alegando ser um produto orgânico, quando não é.
Mais grave é que no Brasil não há lei que caiba processar uma marca por Greenwashing, pois o mercado orgânico não é regulementado constitucionalmente, somente aquelas que se submetem a instituição privada IBD, não estatal portanto não é constitucional.
Tecnicamente, somente marcas que se apoderam do conceito orgânico, usando o 'orgânico' no rótulo podem ser chamados de greenwashing.
Aqui no Brasil, um dos casos mais graves é a Cris Dios, clica aqui, por usar ingredientes que não são permitidos pelas certificadoras (vide aqui) e até por usar o selo de certificação orgânica indevidamente e a Éh e Petal Fresh, vide aqui- tecnicamente os produtos contém alguns ingredientes orgânicos mas tem fórmula de cosmético natural.

Cosmético natural?! Como assim?!
Aí que confunde mais ainda a cabeça do consumidor, um produto pode ser chamado de natural e pode ter algum ingrediente orgânico, como as marcas acima, a linha de frutas da Surya e os naturais de nascença, como Natura, Body Store, Vyvedas linha regular, Livealoe, Granado, Panizza, Multivegetal, Feito Brasil, Est, Bioextratus.
Tecnicamente, cosméticos com apenas 5% de ingredientes naturais podem ser chamados assim.

No entanto algumas fórmulas dentro deste conceito, são aceitas pela consumidora de cosméticos orgânicos, como é o caso da máscara Color Fixation da Surya - clica aqui, e produtos Biologicus  e Multivegetal, que mais uma vez, não são orgânicos mas tem fórmulas seguras, sem potencial nocivo, com alto percentual de insumos naturais.



Cosmético artesanal 100% natural
Marcas artesanais que usam técnicas como o cold process e hot process, que utilizam respectivamente soda caustica e potassa para o processo de saponificação e que usam somente insumos naturais são aceitos pelos consumidores de cosméticos orgânicos.
Neste nicho, entram Sachi, Sal da Terra Saboaria,Santo sabão, Ewé, Fefa Pimenta.


Cosmético orgânico
É aquele regulamentado por certificadoras, como Ecocert ou IBD no Brasil e no exterior USDA, Solil Association. Não contém ingredientes tóxicos, nocivos (vide aqui e aqui) ou poluentes, ingredientes de origem animal que provoquem a morte ou crueldade como também não podem ser testados em animais. Sob este prisma ganham o selo das respectivas certificadoras.
Precisam ter 95% de ingredientes naturais e orgânicos.
Nesta lista, das marcas nacionaiss entram Ikove, Herbia, Reserva Folio, Alva, Cativa Natureza, Surya linha orgânica, Vyvedas linha orgânica, Arte dos aromas linha orgânica

E agora? Como escolho?
Fator fundamental para que você não caia em greenwahing na escolha de cosméticos seguros e mais naturais possíveis é a interpretação da fórmula. Escolher cosméticos que não tem ingredientes desta lista aqui, os que tem escore seguros nos bancos de dados EWG e Good Guide, cosméticos desta lista aqui do blog, bem como os citados neste blog, no Tantas Plantas da Michelle e Mocinha Kawaii da Heglaé, que são blogs honestos e que eu confio plenamente.

5 de maio de 2014

Marcas de confiança em cosméticos orgânicos

(ou com fórmulas seguras ou 100%  naturais - post atualizado em 02/01/2018)

Uma das perguntas que mais aparecem nos comentário e emails são as marcas que realmente trazem uma fórmula segura.
Cosméticos orgânicos, aqueles que tem uma certificação tem um selo:


No Brasil, para empresas nacionais temos dois selos: o Orgânico Brasil e da certificadora IBD
Lá fora e aqui no Brasil, para produtos presentes em diversos países, o selo Ecocert é o mais conhecido, no entanto há os selos próprios das regiões, nos EUA, a certificadora é a USDA e na Europa o selo da Soil Association.
Todas as certificadoras possuem requisitos próprios mas em comum não são permitidos ingredientes que causem algum tipo de risco à saúde,  poluentes ambientais, que contenham ingredientes provenientes da morte de um animal ou que para a extração se utilize métodos cruéis, que provoquem o sofrimento dos mesmos e em nenhuma destas certificadoras - testes em animais são permitidos. Portanto todo produto que tenha um destes selos é garantido institucionalmente que são cruelty-free.

No entanto, há marcas que trabalham com um alto percentual de insumos orgânicos mas não tem o selo de orgânico, nestas entram empresas nacionais certificadas pelo IBD, que ainda não há lei regulamentadora para o setor de cosméticos orgânicos no Brasil e portanto não pode certificar.
Neste caso também entram produtos artesanais.

Para facilitar a vida dos consumidores de cosméticos orgânicos, neste post ficam as marcas que eu conheço e são de confiança, as artesanais e aquelas que não são orgânicas de fato - mas que as consumidoras aceitam usar pela fórmula segura. Só entram nesta lista marcas que avaliei atentamente a fórmula e seguem os padrões de ingredientes orgânicos/naturais e livres de ingredientes nocivos.
(com o tempo serão acrescidas outras marcas)

Marcas orgânicas encontradas no Brasil :
- Alva
- Almanati
- Arte dos aromas*
- Bee balm
- Bioart
- Cativa Natureza [V]
- Glory by nature [V]
- Herbia
- Ikove
- Reserva Folio
- Souvie
- Surya** [V]
- Prymeva

* Arte dos Aromas tem a linha natural com alguns ingredientes problemáticos e a linha orgânica certificada pelo Ecocert
** Surya tem a linha de frutas convencional, a linha Color Fixation que não é orgânica mas que pela segurança da fórmula é aceito pelas consumidoras de cosméticos orgânicos e as linhas Amazônia Preciosa, Sapien Man e Sapien Womam, orgânicos certificados pela Ecoccert

+Acesse: linha de frutas da Surya não é orgânico

Marcas não orgânicas  com fórmulas mais seguras:

- Biologicus
- Livealoe*
- Multivegetal
- Petal Fresh**
- Tisserand***
- Weleda****

Biologicus e Multivegetal são livres de ingredientes potencialmente nocivos mas alguns são polêmicos, então é questão de interpretação da fórmula e se você aceita usar os ingredientes.
* Livealoe a grande maioria tem fórmulas seguras, só preste atenção aos shampoos de embalagem preta
**Shampoos, condicionadores e hidrantes corporais
*** Tisserand - todos os óleos de massagem, de banho e roll ons tem ingredientes seguros, o restante são produtos convencionais.
**** Weleda, a excessão são os shampoos e condicionadores, todos tem sulfato e alguns ingredientes problemáticos, o restante da linha é  ok


 Saboarias e cosméticos artesanais 100% naturais
- Aidée | simples e natural*
- Cheiro Vivo [V]
- Ewé
- Fefa  Pimenta [V]
- Jaci Natural [V]
- Sachi
- Sal da terra saboaria
- Santo sabão
- 4 mãos saboaria

Todas estas marcas usam somente ingredientes 100% naturais e em alguns produtos há alguns ingredientes orgânicos.
* A Aidée tem vários produtos 100% naturais, porém alguns tem corante (ultramarines)

Marcas internacionais
- Accure
- Badger
- Balm balm
- Blissoma
- Devita
- Dr bonner
- 100% Pure
- John masters organics
- Max green alchemy
- Neal's Yard


Maquiagem:

Nacional:

- Baims (n) [V]
- Bioart (n) [V]
- Cativa (n) [V]
- Dona orgânica (n)
- Organela
- Splendor [V]

Estrangeiras:
- Alva

- Alverde* (o)
- Alima Pure (m) [V]
- Everyday minerals (m)
- Honeybee gardens (o)
-
ILIA
- Jane Iredale
- Lily Lolo (m)
- The all natural face (a)
- Vapour Beauty (o)

* Alverde tem certificado orgânico alemão porém alguns ingredientes são sintéticos

(m) mineral
(o) orgânica
(a) artesanal
[V] Vegana

Qual escolher?
Depende muito, o fator custo do cosmético orgânico certificado pesa muito nesta hora e se este for o caso, as marcas artesanais e as não orgânicas com fórmulas mais seguras podem ser uma boa opção.

Quanto à fórmulas, todas trabalham com ingredientes aprovados pelas certificadoras mas como dito, cada certificadora permite ingredientes que outras podem não aprovar.
 Então saber interpretar uma fórmula é fundamental e também seu critério pessoal de aceitação, isto é se você aceita usar um ingrediente com nota 5 no EWG.
Para paramêtros eu utilizo dois bancos de dados o EWG e o Good Guide.

+Acesse: saiba quais marcas são só propaganda de natural e  ecofriendly

A questão dos cosméticos orgânicos envolve não só fórmulas mais seguras e livres de ingredientes nocivos à saúde- mas a questão cruelty-free e ainda não poluentes ambientais.
Se você optou pelo lado verde da força, parabéns! Seu corpo, o meio ambiente e os animais agradecem!

A parceira do blog, a loja Use Orgânico oferece um cupom de 5% de desc para as litoras do blog, digite YUMI  no checkout e boas compras! Clica AQUI para acessar o site.

8 de abril de 2013

Sabonete pele com acne - Santo sabão

Entrei numa verdadeira cruzada quando não consegui fazer marido abrir mão do odioso shampoo com sulfato, comprei até um shampoo orgânico bem caro de presente pra ele e lhufas- porque reclamou 'que não faz espuma' (nessa hora tive vontade de bater - como assim não faz espuma ?! Quem acabou usando fui eu), até que a Michelle disse que adora lavar os cabelos com sabonete da Sachi , porque cansei de comprar shampoo para o homem e não dar certo- e resolvi comprar esse sabonete da Santo sabão:

Saponificada Elaeis guineensis (óleo de Palma), Elaeis guineensis Kernel Oil (óleo de Palma), Helianthus annuus oil (óleo de Girassol), Ricinus communis oil (óleo de rícino) , Theobroma Grandiflorum (manteiga de cupuaçu), óleos essenciais: alecrim, tea tree e hortelã pimenta, linalol, tocoferol (vit E), mel orgânico, extrato de própolis.


Cruelty Free | Vegan 


Este sabonete faz parte do catálogo permanente, ou seja não vai sumir do mapa rs... (e amém por isso!). Vem protegido por celofane. Álias acho muito bacana as embalagens da Beth, todas vintage e cada um tem uma embalagem diferente.

O que achei: 
O cheiro é herbáceo refrescante. Sua cor não chega a ser totalmente preto mas um cinza bem escuro. Ele é mais duro comparado a outros sabonetes e talvez por isso seja mais sequinho.
 
Pelos ingredientes, julguei ser um ótimo shampoo sólido - e não é que fui muito feliz?!
Marido e eu temos o couro cabeludo oleoso... eu sabia que tal combinação funciona muito bem em peles e cabelosos oleosos e por isso comprei - mas como sempre gosto de explicar porque tal produto funciona,embora esteja  bem explicado no site da marca, vamos lá:
  • OE de alecrim: domina praticamente as composições para cabelos oleosos e em alguns produtos para este tipo de pele, excelente tônico, antioleosidade e atua na queda de cabelo.
  • OE de tea tree: célebre antiacneico e antibactericida beneficia muito tanto pele e cabelos oleosos
  • OE de hortelã pimenta: ajuda a remover cravos e é eficaz no tratamento da oleosidade na pele e no cabelo
  • Carvão de bambu: Agente antioleosidade e purificante
  • mel e própolis: ambos são ricos em propriedades antiinflamatórias,  antibactericida e cicatrizante natural.
  • óleo de copaíba: antibactericida e antiinflamatório, ajuda no tratamento de acnes, espinhas infectadas, erupções cutâneas avermelhadas e no equilíbrio da oleosidade da pele e do couro cabeludo.
  • óleo de rícino: ajuda a retirar as toxinas do couro cabeludo 
+ Acesse:  óleos essenciais para peles mistas e oleosas


clica que aumenta

- Como sabonete facial:
É excelente, limpa muito bem sem ressecar, importante dizer que sou balzaquiana, tenho a pele mista e com tendência ao ressecamento nas bochechas e deixa uma sensação de frescor devido aos OEs da fórmula. Não pude testar sua ação antiacneica porque não tenho o problema.

- Como shampoo sólido:
OK, você deve no mínimo estar estranhando um sabonete ser usado como shampoo, no entanto nos EUA tem muitas marcas e a Lush tem os seus - e pela composição ele não deve nada para eles.

Se você nunca usou é bem simples: molhe bem os cabelos e aplique a barra em movimentos circulares, faça uma boa massagem e enxague. Simples assim.

Marido adorou justamente por essa sensação de refrescância! Faz espuma abundante e limpa muito bem o couro cabeludo oleoso e o OE de tea tree + alecrim junto com o mel e própolis ajudam bastante na caspa. Não deixa a sensação de grude que já senti em outros sabonetes usando desta forma.

  • No  marido:  tem os fios oleosos também, usando só o sabonete como shampoo mais condicionador, resolve muito bem! YAY! Shampoo com sulfato nunca mais entrou no box!
  • Em mim:  embora usando uma vez só não tenha resecado, ao usar frequentemente, as pontas ressecaram, mesmo usando o shampoo e condicionador para cabelos tingidos da Surya no comprimento (sim eu uso henna para colorir os cabelos).  Só que eu adoro o efeito no couro cabeludo, limpa muito mas muito bem- e não é que os produtos da Surya não funcionem, pelo contrário. Somente quando entrei com este sabonete é que tive uma necessidade maior de hidratação nas pontas, mesmo usando óleos vegetais como leave in e mesmo usando o sabonete só no couro, a espuma dele é tão abundante que só no enxague, ele desce para os fios ressecando - então estou contornando usando alguma manteiga vegetal ou a máscara de hidratação da Surya, uma vez por semana.

E assim como as demais saboarias Cold  Process, a Santo sabão só usa matérias primas naturais, não testadas em animais - e também varia os sabonetes disponíveis no site.

Por fim, ele é um ótimo sabonete facial para quem tem pele mista/oleosa e muito bom pra quem tem cabelos oleosos!
Este sabonete vem com 50g e custa R$8,00. O site é bem organizado, bonito e rico em informações. Aceita Pag Seguro - para comprar, clica aqui.

IMPORTANTE: Quem usa homeopatia deve evitar OEs canforados como hortelã pimenta e alecrim por suspeita de cortar o efeito do remédio.
Da mesma forma se você tem algum problema de saúde, está grávida ou amamentando consulte um bom aromaterapeuta ou naturopata antes de usar.



+ Acesse: O círculo vicioso dos cosméticos capilares


nas compras no site da Aromalife! Clique e acesse!

 
Design by Free WordPress Themes | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes | free samples without surveys