Páginas

Mostrando postagens classificadas por relevância para a consulta sal da terra. Classificar por data Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens classificadas por relevância para a consulta sal da terra. Classificar por data Mostrar todas as postagens

9 de outubro de 2014

Dica da leitora | Pele oleosa/cravos - Sal da Terra

A dica de hoje é da leitora Bel, que já usou Avon e foi ao dermatologista mas nada resolveu. Então optou por alguns produtos da Sal da Terra, veja o que ela achou:




Sabonete Argila Preta (Lama Vulcânica) - Sal da Terra Saboaria Artesanal e Natural

Vim contar pra vocês um pouco da minha transição para produtos naturais, e falar de um produto que estou utilizando atualmente: o Sabonete Argila Preta (Lama Vulcânica), que utilizo em conjunto com a loção facial para pele oleosa, ambos da Sal da Terra Saboaria Artesanal e Natural.

foto by Bel



Eu tenho um problema na pele que é muito chato de cuidar, que é a oleosidade excessiva. Meus poros são dilatados e logo após lavar o rosto começa a sair a oleosidade deles (alguém aí se identifica?). Sem falar dos pontos pretos, principalmente no nariz, devido aos cravos.

Eu usava avon e não tava satisfeita, então na tentativa de dar um jeito nisso, fui a um dermatologista que me indicou um sabonete convencional (super caro), mais um gel secativo (mais caro ainda), e creme para manipular em farmácia, este para passar antes de dormir. Usei alguns meses, mas não fiquei satisfeita com o resultado. Quando os produtos estavam chegando ao fim, me neguei a comprar os mesmos já que não funcionaram bem e, além disso, eu não estava em condições de gastar muito. Então me bateu a ideia de procurar por produtos naturais (e aí você se pergunta, como que eu nunca tinha pensado nisso antes??). Descobri que produtos naturais são surpreendentemente, em grande parte, mais baratos que os produtos convencionais. Neste blog fala sobre isso, clica aqui sobre isso aqui

Depois de ver as resenhas de produtos no Lookaholic e no PBS , entrei em contato com a Aline, da Sal da Terra, que foi bem acessível e atenciosa. Contei pra ela sobre a minha pele e pedi recomendação de sabonetes, ela me indicou o de Neem ou de Lama Vulcânica (argila preta), o qual vou comentar pra vocês.

O que o fabricante diz: Também conhecida como Lama Negra ou Vulcânica, é a mais nobre de todas as argilas e muito utilizada para a desintoxicação da pele, principalmente as oleosas.


Composição: Óleos Saponificados de Palma, Palmiste, Oliva, Arroz e Mamona, Argila preta e Óleos Essenciais de: Cipreste, Gengibre e Sândalo. Peso: 130 g
Foto by Bel

Vegan | 100% natural

O que eu achei: Realmente me surpreendeu! O cheiro não é dos melhores, mas não é ruim, é até suave pelo menos para mim. A espuma é leve, mas se espalha e limpa muito bem. No segundo dia de uso, após a limpeza da pele (lavar com sabonete, secar e aplicar a loção), já notei uma grande diferença, pois os poros estavam bem menores, e a pele demorou mais que o normal para ficar com aquele aspecto de oleosidade visível. A argila preta age absorvendo a oleosidade da pele, purifica e desobstrui poros, e a loção facial equilibra a oleosidade e auxilia a fechar os poros, tem resenha aqui

Comecei a utilizar o sabonete e a loção faz algumas semanas, então em médio prazo posso dizer que noto uma diminuição dos cravos, eles não acabaram totalmente (o sabonete não faz milagres, rs), mas continuam em menor proporção que antes. Creio que a utilização desse produto seria muito mais eficiente aliada a sessões de limpeza de pele a cada mês ou a cada dois meses. Mas no momento estou sem condição pra isso.

Outra coisa que tenho notado, é que a eficiência desses produtos estão diminuindo na minha pele, e isso não é culpa ou má qualidade dos produtos, é da minha pele mesmo que parece se “acostumar” rápido com as coisas (alguém aí também passa por isso?). O que pretendo fazer então é comprar outros produtos e revezar o uso, por exemplo usar 15 dias a argila preta + loção e 15 dias outro sabonete com outro tônico. Essa foi uma ideia que tive agora e vou testar quando eu puder comprar outros produtos e aí conto pra vocês, ok?

No cabelo: utilizei apenas uma vez só pra testar. Adivinhem? Meu cabelo também é muito oleoso, eu achei que ele limpou bem, mas a espuma foi mais difícil de espalhar que na pele, o que dificultou um pouco. Também não sei se é adequado para usar todos os dias. Talvez uma vez por semana.

Quanto a composição:

Algumas dicas:

- Corte um pedaço do sabonete e deixe no banheiro, em uma saboneteira drenada (esses sabonetes derretem se ficarem úmidos), e o resto do sabonete deixe guardado numa embalagem fechada. Se você usar o sabonete só no rosto, ele vai durar muito, acredite! Como vocês podem ver na foto, o sabonete cortado que eu guardei e o fragmento do pedaço que eu cortei, que ainda nem acabou!

- Lave o rosto com água em temperatura ambiente, de preferencia gelada, caso você more em lugar quente. Ah, faltou comentar que eu moro em Santa Catarina, aqui não é o calor das áreas mais quentes do país, mas também faz calor, e esse ano quase nem deu dias frios de inverno, pra minha tristeza já que eu sinto muito calor.

- Passar a loção em um pedaço bem pequeno de algodão, assim você economiza os dois, já que o algodão absorve muito a loção, e a nossa intenção aqui é que ela vá para o seu rosto, e não ficar no próprio algodão, não é mesmo?

- Faça o processo de limpeza da pele duas vezes ao dia, pela manhã e pela noite. Se sua pele é muito oleosa, tem que fazer fielmente desse jeito, senão não vai sentir a mudança.

- Após passar a loção é legal passar um hidratante leve para pele oleosa.

O preço dessa belezinha é R$ 16,50 (quando eu comprei tava mais barato) e vc encontra aqui  . Já o tal sabonete que eu usava (aquele recomendado pelo dermato) custava em torno de 55 reais.. Quanta diferença!

E você, também tem alguma experiência positiva com produtos naturais para pele oleosa? Comente pra gente! Um grande abraço a todos!

Pitacos da Yumi
Gratidão Bel, ótima resenha, não tenho nada a acrescentar
Se quiser participar do dica da leitora, envie um email para o blog, clica aqui

21 de setembro de 2013

Sabonete Neem -Sal da Terra saboaria

Comprei há um bom tempo este sabonete da Sal da Terra - mas por ter recebido diversos produtos para testar, acabei guardando já que tem validade até 2015 (sim, eu não gosto de abrir produto só pra testar e fazer resenha). Mas foi bacana ter guardado pois acabei trazendo ele na mala, como disse na fanpage, ainda estou de férias rs...
No site da marca diz que pode ser usado no corpo todo.

desculpem mas só consegui fazer a foto quando cheguei...
Ingredientes: Óleo de Oliva, Óleo de Neem, Óleo de Amêndoas doces, Gel in natura e orgânico de Aloe e vera,  Óleos Essenciais de: Tea Tree (Melaleuca); Alecrim e Limão Siciliano.

Processo cold process | 100% natural | Vegan

Abaixo os principais componentes:
  • Óleo vegetel de neem: tem propriedades de desintoxicação que auxiliam tratamento dermatológicos  como acne, psoríase, eczema, caspa entre outros. Poderoso antiséptico, bactericida e antifungíco.
  • Óleo essencial de tea tree:Trata  furúnculos e espinhas. Útil para tratar pé de atleta e ajuda a combater a caspa.
  • Óleo essencial de alecrim: é adstringente e age em problemas do couro cabeludo, auxiliando contra caspa, fortalecendo os fios e também no crescimento.
  • Óleo essencial de limão siciliano: Revitalizante, remove células mortas. Purificante eficaz para peles e cabelos oleosos.
  • Gel de aloe vera: auxilia na formação de células novas.Contém 18 aminoácidos que ajudam a reconstruir tanto pele como cabelos.
O que eu achei:
Predomina o cheiro de tea tree com um toque refrescante dos demais óleos essenciais, todos com esta característica.
Ele é macio, não racha e tem um bom rendimento - cortei 1/3 dele e dois usando ele no banho, tanto no rosto, cabelo e até como sabonete intimo em uma semana ele chegou a 1/3 deste 1/3 rs... quer dizer rende bem.
Mas é bom lembrar que sabonetes cold process precisam permanecer em saboneteiras com escoamento senão ele derrete.

Apesar de ter um bom equilíbrio com óleo de amêndoas e gel de aloe vera, o que ajuda a não craquelar literalmente a pele do rosto por exemplo, eu o julgo mais indicado a peles e cabelos oleosos ou com alguma dermatite.

Repare no carimbo super delicado em arabescos, é muito lindo!


Testes feitos:
  • Pele do rosto:
Eu tenho pele mista e no inverno tenho tendência a ressecamento, como de noite fez um frio de rachar em Curitiba e em Foz o monte de cobertas deixou a pele mais oleosa ao acordar. Bacana que limpou bem e não ressecou, acredito que seja pelo óleo de amêndoas e o gel de aloe.

Marido tem a pele do rosto 'eu brilho' - limpou muito bem o rosto dele sem ressecar.

  • Cabelos:
Faz uma espuma cremosa e abundante, bom pra quem não se adaptou a outros surfactantes dos shampoos orgânicos. Marido que tem cabelos oleosos e com caspa amou como shampoo sólido e achou que limpou muito bem (e eu também achei quando vi o cabelo dele).
Inclusive achei que deu uma boa controlada na caspa, pois não vi 'floquinhos intrusos' nas roupas.

Eu como tenho a raíz ligeiramente oleosa, também achei que faz uma boa limpeza mas como tenho as pontas ressecadas porque fritei meu cabelo no chuveiro devido aos 11 graus ou menos nas cidades visitadas, tive que usar um shampoo mais hidratante nas pontas, no caso o Pracaxi e Andiroba, contei aqui e óbvio, condicionador também., contei aqui.

  • Corpo
Eu tenho somente o colo oleoso sabe-se lá por quê, achei bacana ajudou a controlar. No restante do corpo não foi legal pois tenho as canelas ressecadas, daí o que fiz foi deixar escorrer a espuma do shampoo e só usar o sabonete no colo e nas axilas.
Marido tem as costas e o colo oleoso com tendência a espinhas e o resto do corpo normal. Pra ele deu muito certo, não ressecou.

  • Como sabonete intimo:
Na emergência como uma viagem, é possível usar, desde que uma quantidade mínima mesmo mas digo muito mínima pois são OEs ardidos mas usado com parcimônia não prejudicam (eu não senti arder com pouco, da primeira vez usei muita espuma e aí ardeu bem) - caso você sinta ardência, não use na região. Como disse é somente num caso de emergência.

Conclusão:
Achei um sabonete perfeito para quem tem pele e cabelos oleosos, só ele mais um condicionador já basta (no caso do meu marido),se ele viajasse sozinho com certeza só o sabonete já fazia todo o serviço.
 E essa versatilidade de uso para um casal como nós fez dele minha escolha preferida para levar em viagens.

O sabonete custa R$15,80 com 130g , clica aqui. Lembrando que a Aline da Sal da Terra saboaria pede pra confirmar por email se tem em estoque, veja no site, clica aqui.

Importante: se você tem problemas de saúde, pressão alta, epilepsia, está grávida ou amamentando procure um aromaterapeuta ou naturopata antes do uso.

Atenção: se você está chegando agora ao mundo dos cosméticos orgânicos e 100% naturais, o shampoo não será tão eficiente de imediato pois é necessário retirar toda a camada de silicones e derivados de petróleo que os condicionadores, leave in, produtos finalizadores e tintura convencional deixaram, saiba mais sobre a transição capilar aqui.

24 de novembro de 2015

Depoimento da leitora | Lili conta como foi sua transição capilar

Recebi um coment muito fofo além de muito informativo, a leitora Lili conta como lidou com a transição capilar e seus produtos preferidos!

Olá Yumi!
Fazem uns três anos já que acompanho seu blog e gosto muito!
Hoje reli de novo seu post sobre a transição de shampoos e condicionadores  AQU Ie resolvi colocar a minha experiência.

E a grande sacada é: testar várias marcas e shampoos e métodos até você descobrir o ideal pra você. Testei alguns shampoos da Sal da Terra, da Cativa, da Ikove; testei os sabonetes em barra, usei com bicarbonato, sem bicarbonato, fiz pré lavagem com vinagre, fiz pós lavagem com vinagre; usei o seu métodos do borrifador AQUI ...enfim... confesso que cheguei a ficar estressada em alguns momentos, até descobrir o shampoo e condicionador ideal, e agora não mudo mais não! haha

Meu cabelo é fino e liso, sendo um pouco oleoso na raiz, mas normal nas pontas, nunca tive nenhum problema de ressecamento...
...mas ao usar os sabonetes em barra, de várias marcas, meu cabelo ficava mega vassoura!
Mas a questão não era ressecamento, o problema é que mesmo fazendo espuma, e dando aquele barulinho de limpo, sabe?, o meu cabelo não ficava muito limpo. Fica na verdade um resíduo, que mesmo enxaguando, não sai. Aí o cabelo tipo, pesa, fica esquisito.E no meu caso não é devido a transição, pois fazem quase três anos que uso shampoo e condicionador orgânico e hoje ainda, se uso só sabonete vegetal isso me acontece (acontece a mesma coisa com os shampoos da Sal da Terra também). 


Então, por ter ouvido falar bem do shampoo de acerola da Ikove e o de Copaíba da Cativa, eu testei e amei! São os shampoos que melhor limpam, o da Ikove inclusive, limpa até demais haha. Então agora intercalo sempre uma lavagem com sabonente vegetal e uma com o shampoo de Copaíba da Cativa. O de acerola da Ikove uso de vez enquando pra dar uma geral. E o meu condicionador preferido é o de pracaxi e andiroba da Cativa natureza.
E assim o meu cabelo está bonito, brilhante e saudável. Melhorou bastante a oleosidade que eu tinha na raiz antes e também a caspa.


Enfim, era pra ter sido só um comentário, mas virou um textão! Mas se você quiser compartilhar a minha experiência, fique à vontade. Admiro muito o seu blog e a suas mudanças por se tornar uma pessoa melhor pro planeta. Me serve de inspiração! Abraços,
Lili

-------------------
Gratidão Lili! Vai ajudar muito as moças que estão neste processo, também agradecemos pelo carinho com o blog...

Se você quiser mandar seu depoimento, acesse AQUI

20 de dezembro de 2013

Antisséptico Bucal - Sal da Terra

Há algum tempo atrás a Aline da Sal da Terra saboaria me enviou este produto pra teste, mas como estava usando outro e não gosto de ter 4576 produtos abertos, demorei pra testar... mas o teste não poderia ter sido numa hora mais oportuna.


Composição: Água destilada, Extratos Botânicos de Romã, Malva, Aroeira, Chá Verde, Xilitol, Aloe concentrada, Glicerina Vegetal,  Gomas Vegetais, Óleos Essenciais de Menta e Melaleuca e Sorbato de Potássio (conservante natural de grau alimentar obtido através do ácido sórbico proveniente de fontes vegetais).


O que diz o fabricante:
Formulado com Extratos de Vegetais que cuidam da saúde bucal, além de não conter álcool e ser livre de flúor.
  • Romã (Punica granatum) - Antisséptica, adstringente, capaz de estancar hemorragias e tão eficaz no combate  à placa bacteriana quanto a clorexidina;
  • Malva (Malva sylvestris) - Anti-inflamatória, antibacteriana, antifúngica e cicatrizante;
  • Aroeira (Schinus terebinthifolia) - Previne a formação do biofilme, a famosa placa bacteriana, além de combater fungos, como o causador do "sapinho", fungos do gênero Candida, é anti-inflamatória e anti-ulcerogênica;
  • Chá Verde (Camelia sinensis) - Inibe o crescimento da Streptococcus mutans, uma das bactérias causadoras da cárie, além de ter ação anti-inflamatória e antioxidante”
  • Aloe (Aloe vera) - É umectante, cicatrizante, anti-inflamatória, inibidora da dor, entre várias outras propriedades;
  • Óleo Essencial de Melaleuca (Melaleuca alternifolia) - A melaleuca possui diversas propriedades, entre elas a anti-fúngica, anti-bacteriana e anti-virótica;
  • Óleo Essencial de Menta (Mentha piperita) - O óleo essencial de menta combate o fungo causador do “sapinho”.  E o melhor é que a Menta não afeta o metabolismo das células epiteliais, agindo apenas no fungo, além de oferecer refrescância e hálito puro
  • Xilitol - Adoçante totalmente natural, encontrado em plantas, frutas como uva e morango e em vegetais como alface, cebola e cenoura .É produzido industrialmente de fontes celulósicas como casca de árvores entre outros, obtendo-se um produto idêntico ao açúcar. É tão doce quanto o açúcar, porém sem provocar cáries e inibindo-as. A capacidade do xilitol em reduzir a incidência de cárie dentária já foi demonstrada amplamente em numerosos campos de estudo, alguns realizados sob supervisão da WHO (World Health Organization)

O que eu achei:
A fórmula é muito boa, um nível ótimo de ingredientes naturais sem as químicas que abominamos. O sabor é muito próximo ao Listerine azul, pouca coisa mais suave.
A embalagem é comum e no interior da tampa tem graduação, além da tampa ser daquelas 'aperte e gire' - a prova de crianças.

Como sempre achei listerine super forte, uso 5ml diluido com 1/3 de água, o que não interferiu no desempenho.

Tive  alguns problemas e acabei compensando na fase oral segundo a psicologia - ocupando a boca, normalmente comendo... principalmente sorvete rs... o companheiro de muita mulher em fases difíceis- pois bem, normalmente eu teria placa e precisaria usar algo mais abrasivo para limpeza, no caso o pó de raspa de juá, contei aqui. Impressionante que usando o produto não necessitei de uma limpeza mais profunda todas as vezes, então senti que neste aspecto ajudou bem.

Mas a parte mais bacana foi no auxílio a cicatrização. Fiz um procedimento odontológico e levei pontos... o dentista ficou bem impresionado com a rápidez do processo.
É um bom produto, eficaz e cumpre o que promete. A única coisa que não gostei é que o rótulo vai descolando, não chega a ser um problema pois diferente de shampoos não entra em contato direto com água sempre....


A embalagem com 250ml custa R$28 e agora não é mais preciso enviar email, se o produto estiver na loja é só clicar em comprar, clica aqui.


14 de abril de 2014

Necessaire de viagem corpo e rosto

Fiquei muito feliz quando consegui reduzir minha necessaire de viagem, antes eram três, uma para o setor de banho, outra de rosto e outra para maquiagem. Finalmente consegui juntar a de banho com a de rosto em uma só, graças aos produtos naturais que são multifunção, só hidratante para rosto que não tem como, pois sinto a necessidade do filtro solar nos produtos diurnos.

Com certeza isso encrenca em viagens de avião mas como boa parte delas, acabamos indo de carro, tinha uma tendência ao exagero, admito... mas nessa minha nova fase minimalista e também preocupada com questões ambientais, sendo que quanto mais peso você leva no carro maior o consumo de combustível.


Hoje levo uma só e ainda sobrar espaço - coisa que nunca aconteceu com cosméticos convencionais, antes era os produtros especificos do marido mais os meus,  havia o sabonete do corpo, outro para o rosto e o intimo, o hidratante de corpo, outro para rosto e um terceiro de leave in. Fiquei especialmente feliz em saber que as miniaturas da Cativa funcionam nos meus cabelos, então segue minha lista atual:

- Sabonete Neem Sal da Terra:
Nós amamos esse sabonete, por ser um multifuncional incrivel, para nós que temos peles mistas e cabelos idem é um achado sensacional. Lavamos o cabelo, rosto, corpo e região intima.
Corto 1/3 do sabonete o que dá  cerca de 1 semana usando em tantas áreas e ainda para
 duas pessoas. Resenha aqui.

- Shampoo e condicionador miniatura do kit Cativa Buriti:
Como tenho cabelos mistos, lavo com o sabonete de neem, então sempre uso um shampoo com propriedades mais hidratantes nos fios, esse da linha de viagem da Cativa deu certo para meus fios pesados e grossos e não deixou resecar.

Já o condicionador dessa linha é bem ok para meus fios, e fiquei muito feliz de ter tamanho travel size.

- Condicionador Copaíba Cativa:
Esse é o queridinho do marido e como em time que está ganhando não se mexe,já que tivemos muito trabalho em encontrar produtos adequados. Tem fios mistos, com oleosidade na maioria do cabelo e tendência a caspa.

- Óleo corporal Pracaxi & Andiroba Cativa
Amo por hidratar bem as partes ressecadas como minha canela mas serve lindamente nos meus fios como leave in. Agora descobri um jeito de fazer o produto render até: passar nas áreas que necessitam de hidratação, em mim pescoço, braços e canelas. O que escorre com o enxague atinge as partes abaixo e tudo fica extra macio. Resenha aqui.

- Mix de óleos vegetais como demaquilante DIY:
Amo o conta gotas de 4,5ml é minusculo! Dentro tem óleo de sucupira que ajuda a retirar células mortas + arroz que é excelente para as áreas oleosas

- Hidrolato de lavanda Bioessência:
Amo hidrolatos mas quando penso em produttos multifunção, levo o de lavanda, pois age como tônico e também ajuda em picadas de mosquito e age como pós sol, além de ter efeito antiséptico em casos de machucado.

- Balsámo contorno dos olhos Sal da Terra
Multifuncional excelente, uso nos olhos, como bepantol vegetal nos lábio e, ajuda em queimaduras de sol. Resenha aqui.

- Tinted Moisturer 100% Pure
Hidrata, tem filtro solar e ainda oferece uma cor de base leve, amo! Reseha aqui

- Hyaluronic Acid Firming Serum Now Foods
Eu amo o serum de romã da Weleda mas mesmo lá fora é bem caro, tentei este como substitutro e quase chorei de emoção, faz o mesmo ou até melhor por U$12,73 na Iherb, clica aqui* - uso como hidratante da noite.

-Gel dental de chocolate e menta Natuflora
a embalagem pequena me fez ser o favorito para viagem, resenha aqui

Cada vez que venho falar da multifuncionalidade dos 100% naturais e orgânicos, fico impressionada com a versatilidade! Minha mala fica mais leve e ajudo a economizar combustível! Como não amar?

*contém link afiliado

11 de abril de 2015

Bálsamo labial manga - Sal da terra

Aêeeeeeeeeeee! Consegui uma câmera nova, já dá pra tirar foto... mas não significa que fique boa pois tenho que aprender  a mexer rs...


Composição: Manteigas de Manga e Karité, Óleos de Café Verde e Pracaxi e Vitamina E (tocoferol).

100% natural | Produto artesanal| Vegan
O que ele não tem:
Conservantes como parabenos,  corantes artificiais, fragância ou aroma artificial,derivados de pétroleo com óleo mineralo ou parafina, silicones
Sendo um produto artesanal, não foi testada em animais, ou seja cruelty free.
(saiba os maleficios destes ingredientes aqui)

O que diz o fabricante:
Lábios naturalmente hidratados e saudáveis. As manteigas de manga e karité possuem propriedades emolientes e regeneradoras, oferecem proteção aos lábios da desidratação causada pelo vento e frio e efeito protetor natural contra a radiação UV. O bálsamo labial também é composto por óleo de café verde que auxilia na proteção UV e com ação antioxidante; e óleo de pracaxi que promove uma hidratação ainda mais prolongada.


O que eu achei:
Sua cor é 100% natural, proveniente da mistura dos óleos vegetais, um amarelinho pálido. Ele é bem molinho mas não derrete no calor, fica bem molenga mesmo, a ponto do dedo afundar se não tomar cuidado. 100% natural de udo, não tem derivados de petróleo como parafina e óleo mineral... sim, você come petróleo usando daqueles lipbalms de farmácia, viu?
Tem um gosto muito leve de óleo, com o passar do tempo, você nem sente mais.

No calor, só de encostar o produto nos lábios, como ficou bem molinho parece que você passou óleo puro, daí é só espalhar com os dedos ou fazer aquele movimento de espalhar o batom mexendo os labios sabe?! Eu faço assim.

Deixa uma camadinha de óleo, fica aquela aparência de frango frito rs... eu até gosto porque as vezes eu durmo de boca aberta e acordo toda rachada,  nessa hora, forma uma barreira boa pra proteger de agressões externas como o frio, é bem potente e hidrata bem - antes de dormir eu carimbo em ângulo reto, em cada lábio.
Pra não deixar a sensação de frango frito, eu encosto o bastão em angulo de 45graus, daí é só movimentar os lábios entre eles próprios que os óleos se espalham. Hidrata sem melecar.

Vem numa embalagem de lipbalm comum, daqueles de rosquear a base pra sair mais produto, só não gire muito porque não tem  mecanismo retrátil como nos batons.
Gostei do produto, recompraria! Permite dosar a hidratação desejada.

Achei muito interessante ver um produto 100% a base de  manteigas e óleos vegetais, e não ter ceras naturais como a de abelhas ou candelila que ajudam a dar firmeza nesse tipo de produto.

Recebi da Sal da Terra, custa R$14,50 no site da marca aqui

28 de julho de 2014

Sabonete líquido oliva e aloe - Sal da Terra

Recebi faz um tempinho atrás o Olive Castile  soap da Sal da Terra, e já vou dizendo que amei, sabe por quê?! Porque dá pra brincar bastante com ele - já explico...

Composição: óleos saponificados de oliva, palmiste, extrato botânico de aloe vera
Produto artesanal  | 100% natural | Vegan

O que eu achei:
Pelo que conheço de sabão castile, é pra ter só o azeite de oliva - mas foi genial a Aline ter colocado aloe vera, azeite sozinho já sairia um produto bem hidratante, junto com aloe vera é puro luxo pra pele!

A embalagem é ambar - assim ajuda a conservar o produto, diminuindo o efeito oxidante da luz por exemplo, e pump que eu amo demais pois ajuda a dosar, evitando abrir embalagem, além de ser higiênico.

O cheiro, gente - é cheiro de óleo de cozinha, ponto, não tem muito o que fazer, de início pra mim pareceu um pouco enjoativo, depois você acostuma. E tem cor de óleo - amarelinho rs...


Bom para o corpo inteiro sem excessão, e a não adição de óleos essenciais facilita muito, uma vez que podem dar alergias se a pessoa for sucetível, mesmo que seja bem dificil acontecer. Então dá pra usar no rosto, no corpo, na região intima, pra lavar o cabelo... sem ressecar e é muito seguro pra usar até em bebês e indo até a velhice.
A textura é líquida, como os demais sabonetes e shampoos da marca.

Pra mim é bem interessante, pois estou fazendo o dia sem OE - usar produtos com nada de óleos essenciais, porque a grande maioria dos meus cosméticos os tem e ainda estudo, faço sinergias pra um tudo, desde pra mim mesma, pra produto de limpeza 100% natural, pra estudar... então é muito bom dar uma pausa de vez em quando.

E o mais legal - bases neutras de sabonete líquido ou shampoo pra prática de aromaterapia, só tem na versão convencional, com o nosso odioso sulfato. O bom disso é que você pode colocar o que der na telha: óleos essenciais, extratos glicólicos, outros óleos vegetais e criar sua fórmula personalizada, pronto acabou o sofrimento, já tem base neutra 100% natural disponível! Podemos comemorar!

A embalagem com 250ml sai a $19, se você for compor com outros ativos deve render bastante - procure na sessão de sabonetes liquidos -clica aqui.



19 de agosto de 2014

DIY | Limpa vidros e espelho caseiro

Já tinha falado que quando tivesse minha casa, não entraria produto de limpeza convencional, pois os componentes dele são tóxicos para as pessoas, poluentes e muitas das marcas fazem testes em animais.

Limpar os vidros aqui é uma tarefa que demandava algum tempo - mesmo porque tenho uma porta balcão e muitos móveis tem tampos de vidro, que fica lindo mas se estiver sujo... é triste...
Quando ainda não tinha essa receita eu usava meu limpador a vapor, que só vai água mas gasta energia, então quando não tenho que matar ácaros, uso essa receita que gostei muito:



- 3/4 xícara de água destilada
(vende na farmácia - mas usei filtrada mesmo, não tem problema)
-1 colher de chá de sabão Castela líquido
(eu usei o da Sal da Terra, é melhor mas se você não tiver usa qualquer um)
- meia xícara de vinagre
- meia xícara de álcool

opcional:
10-15 gotas de óleo essencial

Rende cerca de 400ml, depende do tamanho da sua xícara rs...

Se for usar óleos essencias, pingue as gotas no álcool pra diluir um pouco, senão é só colocar tudo num frasco borrifador e agitar.

Como tem água e não dou conta de usar tudo de uma vez, guardo na geladeira.

Meus apontamentos:
Quem vai retirar gordura do vidro/espelho são o sabão, junto com vinagre e álcool, tendo água como diluente e veículo.
Óleos essenciais praticamente estão ali pra te agradar, deixar um cheirinho bom, se você não tiver, não tem problema, agora se você quiser que eles trabalhem na fórmula, os melhores são os cítricos, os mais usados em produtros de limpeza, além destes são eucalipto e capim limão, e todos são baratos, cerca de $15 o frasco.

Se for usar, lembre-se que os óleos essenciais não se misturam à agua, ficarão boiando, então é preciso agitar.
Tenha em mente também que como estes OEs são extremamente voláteis em algum momento você vai precisar readicionar. E por mais que se coloque OEs quem predomina é o cheiro de vinagre.

Aqui usei capim limão com laranja

Custo:
Vidrex Veja 500ml - $10

Material:
Vinagre litro- $2,50
Alcool- $3,50

Sabonete Sal da Terra - $19
Frasco de óleo essencial - em média $15 citricos e eucalipto

Total considerado as frações: cerca de $1,50
+ borrifador: $2.50
------------------------------------- $4,00
(mas claro que você não precisa comprar borrifador toda vez né, só quando quebrar...)

O que eu achei:
Fuciona! Weeeeeee!
O espelho sujo de marca de dedão, pó, gordura das mãos etc etc...



Borrifei e limpei com um paninho de microfibra, esperei secar e dei acabamento com aqueles lencinhos de limpar óculos, amei! Fica um brinco rs...


Pronto! Vidros limpos sem uma gota de química!

26 de março de 2013

Sorteio combo bucha Luffa +sabonete Sal da terra

Pra mim a vida é um doar e receber constante... e graças aos céus, tudo que peço ao Universo sempre chega, cedo ou tarde- mas no momento exato da necessidade.

E realmente gosto de dar algo, gerando um círculo do bem! E neste blog tenho aprendido tanta coisa, troco tantas idéias bacanas que acho justo rolar um sorteio.

Bem, eu tinha comprado primeiro a bucha Pingo que contei aqui. Gostei tanto que voltei pra comprar a versão esfoliante e aproveitei pra comprar o combo que vem um sabonete Sal da Terra, que faz tudo com muito carinho e cuidado e eu e mais um monte de gente adepta do 100% natural amamos  a marca.
Este combo foi desenvolvida para utilização antes do depilar/barbear.



A composição da bucha:
Esponja Vegetal (Luffa cylindrica)
Cordão de Algodão


A composição do sabonete:
Óleos de palma, palmiste (orgânico e kosher), arroz, mamona e copaíba, mel, menta orgânica (folhas), óleos essenciais de menta (Mentha piperita) e eucalipto (Eucalyptus globulus) e pigmento óxido de ferro.
----------------------------------------------

Tudo de bom né?!
Enfim vamos as regras:
  • Seguir o blog
Ao fazer isto você tem direito a uma inscrição
  • Curtir a fanpage do blog - clica aqui
Esta é a chance extra, ao fazer isto  volte e preencha o formulário mais uma vez
  • Preencher o formulário corretamente, clica aqui.

- O sorteio será realizado via Ramdom.Org  e o resultado sai dia 13/04 aqui no blog e na fan page do PBS
- O envio será feito via PAC
- A caixa de envio do prêmio é reaproveitada, poupando papelão e reaproveitando antes de ir para a reciclagem
- As marcas dos produtos não estão envolvidas no sorteio, que está sendo patrocinado por mim.

Boa sorte a todas (os)!

   Observação:  
Caso você esteja acessando o blog via tablet ou celular, é necessário usar a 'visualização versão web' para que seu comentário seja postado via Disqus e assim respondido.


6 de junho de 2013

Sabonte intímo cravo e canela - Sal da Terra

Quando resolvi trocar meus cosméticos, a primeira coisa que troquei foram os de uso diário como sabonetes... e como é que ficou o sabonete intimo?! Foi uma batalha!
Felizmente a Sal da Terra tem uma versão, já estou no 2. frasco deste.

O que diz o fabricante:
Com óleos saponificados de: Palmiste (orgânico e Kosher), Arroz, Mamona e Melaleuca. Extratos naturais de: Barbatimão, Aroeira, Arnica e Bardana, Óleos Essenciais de Cravo, Canela e Ho Wood.




Cruelty Free | Vegan 

Porque funciona:
  • Extrato de Barbatimão:Utilizado medicinalmente nas úlceras, hemorragias e catarros vaginais.
  • Extrato de Aroeira: É utilizada em disfunções do trato urinário, contra cistites, uretrites, disfunções menstruais com excesso de sangramento e inflamações. É eficaz em micoses, candidíases
  • Extrato de Arnica: Age como analgésica, anti-inflamatória, antimicrobiana, cicatrizante.
  • Extrato de Bardana: É adstringente, antiinflamatória, anti-microbiana, anti-séptica, bactericida, cicatrizante, fungicida
  • Óleo Essencial de Melaleuca: O óleo de Melaleuca (Tea Tree Oil) é um potente agente anti-séptico, antifúngico e parasiticida natural, não tóxico e não irritante para os tecidos
  • Óleos essenciais de cravo e canela: Além de dar cheiro ao produto, também tem propriedades antisépticas
O que eu achei:
Achei até barato se comparado aos sabonetes intimos de farmácia, que custam em média R$19, normalmente os produtos naturais sempre são mais caros - a vantagem é que este é totalmente natural, do jeito que quero!
 

 A fragrância natural é bem presente e você sente mesmo o cheiro de cravo e canela, embora comparando com o primeiro frasco que comprei, o segundo está com cheiro mais suave.Nos primeiros usos senti um ardor de leve por conta dos óleos essenciais de cravo e canela que são um tanto 'ardidos' na pele, mas depois acostumei... tudo depende da quantidade de produto usado.

Ele é bem líquido mesmo mas sabendo dosar bem  tem um ótimo rendimento, até porque como tem OEs ardidos tive que aprender a 'segurar a mão'.
Por conta das queixas de clientes que não gostaram do cheiro ou não se adaptaram ao ardor dos OEs, a Aline recentemente  lançou a versão lavanda, que ela me enviou pra teste na minha última compra. Então tem esta opção também.

O produto tende a formar uma espécie de gosma na tampa flip com o passar do tempo, isso é comum em produtos 100% naturais ou orgânicos, não significa que esteja estragado. Caso aconteça com o seu, não tente apertar a embalagem para que desentupa, remova a gosma com palito de dente.

Update: A Aline informou que ela reduziu a quantidade de óleos essenciais, por isso o cheiro ficou mais suave e assim, quem for usar sentirá menos o ardor.

Vou te dizer que o corrimento chato que tinha sempre na TPM cessou completamente, antes usava 1 gt de melaleuca na porção de sabonete convencional, segurava as pontas assim - uso este desde o começo do ano. Ou seja, funciona!

A versão 120 ml por R$12 e 200ml por R$15,50 - clica aqui
 

1 de julho de 2014

Mestruação ecologicamente correta

Eu sofria muito, toda menstruação, ganhava assaduras e vira e mexe,corrimento, este coincidia nos dias do período menstrual.
Então a Heglaé, do Mocinha Kawaii, apresentou o Mooncup, clica aqui. Na época corri pra comprar o MissCup, atual Inciclo, aqui. Comprei o tamanho B para mulheres que não tiveram filhos.

foto: site Inciclo
Então tá, chegou a menstruação e eu tentei de todas as formas introduzir o coletor menstrual... em pé, sentada no vaso sanitário, deitada, suei horrores e nada dele entrar... então o  copinho foi esquecido. O corrimento se resolveu com sabonete intimo da Sal da Terra, falei aqui.


Enquanto isso, estava me contorcendo com a quantidade de lixo que produzia. Durante a vida fértil, que gira em torno de 40 anos, ou seja, 520 ciclos, você utiliza ao menos 10.000 absorventes que são transformados em puro lixo! E ainda demoram 100 anos pra se decompor. Fora que os absorventes comuns são obrigatoriamente testados em animais (?!?!?!)

Além disso, estava muito preocupada com a dioxina, um componente considerado  tóxico e está ligado ao câncer pela Environmental Protection Agency dos Estados Unidos.

Então, ficava me cobrando mentalmente pra começar a usar o coletor. Enquanto isso, comprei os ecoabsorventes. Covardemente, só usei nos dois últimos dias do meu ciclo , que é uma coisa intermitente mas microscópia, fica só um filete no absorvente - não fiz a prova de fogo, que é o primeiro dia.

E na verdade, foi meu plano, porque vai que o copinho vaza? E não queria nunca mais ficar assada, dar dinheiro pra industria de higiene cruel...



Uma das coisas que sempre falam é que dá o maior trabalho lavar, tem que usar agua sanitária e mimimi, blablablá - NÃO!
O tecido é super gostosinho, confortável mesmo de usar, parece aqueles cobertores de microfibra, do tipo fleece, sabem qual? Pra lavar, só precisa de água, deixo de molho na água quente, que serve do chuveiro, comprei um baldinho de 20cm de diametro e que cabe 1 litro e tem 20cm de altura e deixei morando no box.
Começo o banho, deixo de molho, no final, já saiu grande parte do sangue e eu só ensaboô com algum sabonete que tenha óleos bactericidas, e pronto... e na verdade, o sangue menstrual é muito rico, e é um ótimo fertilizante, como visto no caso da abóbora gigante, clica aqui. Quando minha horta estiver instalada tentarei!
Já viajei, coloquei o baldinho na mala, o sabonete, um mini varal pra 6 peças e fui... deu certo!

Então lá fui eu tentar pela énesima vez tentar inserir o copinho, que tem a técnica de dobra, e que eu me atrapalhava toda.


Sim, a tensão atrapalha o processo, é como inserir um tampão, se  estiver tensa, a musculatura se contrai e lógico que não entra, cheirei lavanda, camomila, ylang ylang (não ao mesmo tempo hein...rs...) e fui...
Daí consegui! Aêeeeeeeeeeeeee! Ainda não estava perfeito, as vezes incomodava,o que significa que está mal colocado, o certo é esquecer que está lá...
Mas como tudo é treino e prática, depois que você pega a manha, fica facilimo de colocar!

Vou esclarecer algumas coisas:

Ah mas como faz pra trocar num banheiro público?!
Mulher, se atente, fiz um teste no meu primeiro dia, que as vezes precisava de três absorventes de tanto que tinha sangue. Usei o copinho por 10hrs seguidas (e ginecologistas recomendam até 12hr) , que é o tempo de ir, trabalhar e voltar. o copinho encheu e sobrou 4cm livre. Portanto dá pra encarar  dias de trabalho com ele sem precisar trocar.

No primeiro dia, ou pra quem tem fluxo intenso, recomendo usar o ecoabsorvente, embora o coletor seja projetado pra não vazar, ele pode vazar sim se estiver super cheio ou você se movimentou muito, então pra maior segurança o ecoabsorvente foi a solução, e se for só pra isso o médio serve.

Também já viajei, 8hrs de estrada, claro, coloquei o ecoabsorvente mas cheguei no destino sem uma única gota de sangue.

Mas pode fazer qualquer coisa,inclusive nadar?
Sime é maravilhoso, menos nojento inclusive, a cena do tampão com sangue e encharcado
Pode ir pra academia, caminhada, bater perna, ir a praia, nadar.

Como faz pra tirar?! Pra lavar?!
É só puxar pela haste com todo cuidado do mundo, eu como sou desatrada e já espirrei sangue pelo vaso sanitário,prefiro fazer no chuveiro, jogo no ralo, lavo o copinho, a perereca e recoloco, simples assim, e eu realmente prefiro ele úmido ou lubrificado com gel de aloe vera, achei mais fácil de colocar

Ah sim, eu recomendo sabão liquido Castela, a Sal da Terra tem o seu e o Dr Bronner's tem na versão Unscented, já vi  Oléo essencial derreter plástico e eu realmente não sei se o OE mesmo diluido, pode encurtar a vida útil do produto, feito de silicone que é de 10 anos .  A vedação da porta balcão de casa é de borracha e não ficou feliz quando usei detergente Biowash capim limão pra limpar o vidro, reagiu com, a borracha e fui vendo um liquido preto escorrendo - então por via das dúvidas, prefiro sabonete sem OE. E no final do ciclo, fevo por 5 minutos em panela de inox, aluminio não gente, libera tranqueira  e você não vai querer alumínio na sua amiga né?

Pra dormir?! Pode?!
Pode, e aí se descobre a delícia que é se livrar do absorvente,que sai do lugar, vira uma maçaroca, vaza. Esvazie o conteudo, recoloque e durma tranquila, ao acordar é só esvaziar e recolocar. Até esquece que  está menstruada, sério.

Fede?!
Não é pra feder, só se tiver um corrimento. O absorvente convencional fede pois o sangue em contato com o ar traz esse efeito desagradável,

Custo x benefício:
Eu usava uns 14 absorventes, ou sejapreciso de 2 pacotes que em média custa R$2,50 com 8, então dá pra considerar que minha menstruação comia R$3,50 todo mês em 1 ano gasto R$42, em 2 anos já paguei o produto, que com frete sai uns R$90. Considerando que você pode ficar com o mesmo por até 10 anos ou mais dependendo do PH da vagina, higienização e etc, no mínimo você ganhou uns 7 anos grátis de absorvente.

---------------------------------
E na verdade acabei descobrindo que exceto no primeiro dia, que vem uma cachoeira, os outros dias encheram menos da metade, e no absorvente parecia um uterocídio rs... de tanto sangue... mas não é, são os absorventes que são bem ineficazes, conseguem conter pouco por vez, e é bom tb pra falar no medico qual o volume de sangue, tipo- vai que de repente aumenta ou diminui.


Você pode ler tudinho sobre o produto no site da Inciclo que vende também, clica aqui. Pra comprar tanto o coletor da Inciclo que custa 75, quanto os ecoabsorventes, na Morada da Floresta é o ideal, clica aqui.

Pra mim, usar algo sem toxinas, limpo, que não polui, não testa em animais, que até esqueço que estou menstruada, não tem preço! Já uso faz dois anos e não quero outra vida!

14 de novembro de 2014

Sobre prazo de validade dos cosméticos orgânicos

Cosméticos orgânicos e 100% naturais tem um prazo de validade menor, se comparados aos convencionais.
Se deve a  ausencia de conservantes nocivos e polêmicos como os parabenos. Em substituição aos conservantes sintéticos, usa-se mel, sal , açucar, óleos essenciais, ácido citrico, tocoferol, entre tantos outros.
Ao longo de quase quatro anos usando cosméticos orgânicos/100% naturais, pude ver vários prazos de validade e o comportamento de alguns produtos


Existem cosméticos orgânicos cujo prazo de validade é mínima: 6 meses. Já vi nos frascos da Neal's Yard e 100% Pure, normalmente são loções ou cremes, entre eles, hidratantes faciais com filtro solar , base líquida e tudo que entra algum líquido na fórmula.





Produtos que contenham água requerem um conservante, nada vive e se desenvolve sem água, tenha isso em mente quando você comprar um produto que tenha água na composição, geralmente tem duração menor -até um ano.  Exemplo: hidratante lavanda Reserva Folio

Produtos que ao invés de água usam hidrolatos conseguem uma ação antimicrobiana maior, já que tem a água que usaram para extrair os óleos essenciais,esse produto final ganha as propriedades bactericidas dos óleos essenciais, a Cativa Natureza usa hidrolato ao invés de água e seus produtos chegam a 2 anos de validade.

Maquiagens compactas, sombras, blushes,  tem em média prazo de 1 ano, como a base em pó da 100% Pure abaixo:


Produtos estrangeiros vem com um simbolo de potinho aberto e o número de meses válido


Maquiagem em pó solto normalmente tem validade indeterminada, podem durar ad infinitun desde que usadas medidas preventivas como não usar pincel sujo e guardar em abrigo da luz e longe de umidade e calor excessivo. Teoricamente não estragam já que não contém derivados de organismos vivos, geralmente plantas.
Tenho um blush da Everyday Minerals que já vai para 3 anos e está ótimo, vide aqui.

Sabonetes artesanais tem duração de 6 meses a 2 anos, tudo depende da fórmula, mas no geral, o corpo do sabonete pode aguentar um pouco além da validade, somente os óleos essenciais que além de efeitos terapeuticos são responsáveis pelo cheiro vão evaporando ao longo do tempo.

Produtos que utilizam óleo vegetal + cera e óleos essenciais tem validade maior e podem ser usados muito mais do que o prazo de validade determinado no frasco.

Exemplo: Night night balm da Badger, que já tenho há um 1 ano e meio, vide aqui e os filtros solares também da Badger tanto em bastão quanto em bisnaga, vide aqui, prazo impresso no rótulo é 12 meses, já chegou a 1 ano e meio e está bom, o segredo?! Mantenha em geladeira! E não guarde o filtro solar no porta luvas do carro para não cozinhar seu filtro!

Aqui entram as manteigas artesanais, como a  manteiga perfumada da Ewé e o bálsamo de olhos Sal da Terra que tem prazo médio de até 2 anos.

A geladeira pode prolongar muito a vida do seu cosméticos, vale guardar óleo corporal, hidratantes diversos, filtros solares, só não vale guardar maquiagem em pó, pois pode pegar umidade.

Tem validades menores sim, e isso ajuda a brecar o consumismo por curiosidade ou colecionar produto, mas passado o prazo de validade não quer dizer que o produto morreu e não serve mais. Se observar consistência e cor diferente, odor desagradável, eficácia diminuida´ou alergias, descarte óbvio...

Aqui vale o bom senso.. se estiver igual e mantido em boas condições citadas para as makes continue usando, é desperdício jogar fora um produto que ainda funciona só por ter expirado o prazo. Exemplo disso é o filtro solar da Neal'Yard - prazo de validade de 6 meses, consegui usar por um ano.

Na grande maioria das vezes o prazo de validade está ali por burocracia e obrigação dos órgão regulamentadores como Anvisa e FDA.


5 de maio de 2014

Marcas de confiança em cosméticos orgânicos

(ou com fórmulas seguras ou 100%  naturais - post atualizado em 02/01/2018)

Uma das perguntas que mais aparecem nos comentário e emails são as marcas que realmente trazem uma fórmula segura.
Cosméticos orgânicos, aqueles que tem uma certificação tem um selo:


No Brasil, para empresas nacionais temos dois selos: o Orgânico Brasil e da certificadora IBD
Lá fora e aqui no Brasil, para produtos presentes em diversos países, o selo Ecocert é o mais conhecido, no entanto há os selos próprios das regiões, nos EUA, a certificadora é a USDA e na Europa o selo da Soil Association.
Todas as certificadoras possuem requisitos próprios mas em comum não são permitidos ingredientes que causem algum tipo de risco à saúde,  poluentes ambientais, que contenham ingredientes provenientes da morte de um animal ou que para a extração se utilize métodos cruéis, que provoquem o sofrimento dos mesmos e em nenhuma destas certificadoras - testes em animais são permitidos. Portanto todo produto que tenha um destes selos é garantido institucionalmente que são cruelty-free.

No entanto, há marcas que trabalham com um alto percentual de insumos orgânicos mas não tem o selo de orgânico, nestas entram empresas nacionais certificadas pelo IBD, que ainda não há lei regulamentadora para o setor de cosméticos orgânicos no Brasil e portanto não pode certificar.
Neste caso também entram produtos artesanais.

Para facilitar a vida dos consumidores de cosméticos orgânicos, neste post ficam as marcas que eu conheço e são de confiança, as artesanais e aquelas que não são orgânicas de fato - mas que as consumidoras aceitam usar pela fórmula segura. Só entram nesta lista marcas que avaliei atentamente a fórmula e seguem os padrões de ingredientes orgânicos/naturais e livres de ingredientes nocivos.
(com o tempo serão acrescidas outras marcas)

Marcas orgânicas encontradas no Brasil :
- Alva
- Almanati
- Arte dos aromas*
- Bee balm
- Bee Basic
- Bioart
- Cativa Natureza [V]
- Glory by nature [V]
- Herbia
- Ikove
- Reserva Folio
- Souvie
- Surya** [V]
- Prymeva

* Arte dos Aromas tem a linha natural com alguns ingredientes problemáticos e a linha orgânica certificada pelo Ecocert
** Surya tem a linha de frutas convencional, a linha Color Fixation que não é orgânica mas que pela segurança da fórmula é aceito pelas consumidoras de cosméticos orgânicos e as linhas Amazônia Preciosa, Sapien Man e Sapien Womam, orgânicos certificados pela Ecoccert

+Acesse: linha de frutas da Surya não é orgânico

Marcas não orgânicas  com fórmulas mais seguras:

- Biologicus
- Livealoe*
- Multivegetal
- Petal Fresh**
- Tisserand***
- Sallve
- Weleda****

Biologicus e Multivegetal são livres de ingredientes potencialmente nocivos mas alguns são polêmicos, então é questão de interpretação da fórmula e se você aceita usar os ingredientes.
* Livealoe a grande maioria tem fórmulas seguras, só preste atenção aos shampoos de embalagem preta
**Shampoos, condicionadores e hidrantes corporais
*** Tisserand - todos os óleos de massagem, de banho e roll ons tem ingredientes seguros, o restante são produtos convencionais.
**** Weleda, a excessão são os shampoos e condicionadores, todos tem sulfato e alguns ingredientes problemáticos, o restante da linha é  ok


 Saboarias e cosméticos artesanais 100% naturais
- Aidée | simples e natural*
- Ewé
- Fefa  Pimenta [V]
- Jaci Natural [V]
- Sachi
- Sal da terra saboaria
- Santo sabão
- 4 mãos saboaria

Todas estas marcas usam somente ingredientes 100% naturais e em alguns produtos há alguns ingredientes orgânicos.
* A Aidée tem vários produtos 100% naturais, porém alguns tem corante (ultramarines)

Marcas internacionais
- Accure
- Badger
- Balm balm
- Blissoma
- Devita
- Dr bonner
- 100% Pure
- Max green alchemy
- Neal's Yard


Maquiagem:

Nacional:

- Baims (n) [V]
- Bioart (n) [V]
- Cativa (n) [V]
- Dona orgânica (n)
- Organela
- Splendor [V]


Estrangeiras:
- Alva

- Alverde* (o)
- Alima Pure (m) [V]
- Everyday minerals (m)
- Honeybee gardens (o)
-
ILIA
- Jane Iredale
- Lily Lolo (m)
- The all natural face (a)
- Vapour Beauty (o)

* Alverde tem certificado orgânico alemão porém alguns ingredientes são sintéticos

(m) mineral
(o) orgânica
(a) artesanal
[V] Vegana

Qual escolher?
Depende muito, o fator custo do cosmético orgânico certificado pesa muito nesta hora e se este for o caso, as marcas artesanais e as não orgânicas com fórmulas mais seguras podem ser uma boa opção.

Quanto à fórmulas, todas trabalham com ingredientes aprovados pelas certificadoras mas como dito, cada certificadora permite ingredientes que outras podem não aprovar.
 Então saber interpretar uma fórmula é fundamental e também seu critério pessoal de aceitação, isto é se você aceita usar um ingrediente com nota 5 no EWG.
Para paramêtros eu utilizo dois bancos de dados o EWG e o Good Guide.

+Acesse: saiba quais marcas são só propaganda de natural e  ecofriendly

A questão dos cosméticos orgânicos envolve não só fórmulas mais seguras e livres de ingredientes nocivos à saúde- mas a questão cruelty-free e ainda não poluentes ambientais.
Se você optou pelo lado verde da força, parabéns! Seu corpo, o meio ambiente e os animais agradecem!


1 de abril de 2015

Tem mas acabou | Março


Este mês acabaram mais produtos, alguns não fiz resenha pois não funcionaram comigo e outros porque achei muito caro e foi só ok, então farei só um resumo dele e fica a seu critério ok?





- Shampoo Lippia Alba Herbia nova fórmula R$39

Esse eu chorei porque a formula nova não funcionou comigo, mudou totalmente, era laranjinha translucido, agora ficou branco leitoso e não sei como, nem porque, nos meus cabelos de raíz oleosa e comprimento normal a seco não funcionou
Na loja on line da marca aqui

- Sabonete Neem & Aloe  Sal da Terra R$18,50
Este é um dos sabonetes que sempre tem em casa, compro vários, a fórmula dele funciona bem pra cabelos oleosos, região intima e rosto oleoso, resenha aqui , nosso multifunção preferido, é dele que levo em viagens pra não ocupar espaço e peso na necessaire.
Recompraria! No site da marca aqui

- Elixir de rosas Ewé R$26.10

Já estava no finzinho, esperando repor mas nunca consegui comprar rs... foi bem potente na pele cansada e não tratada com algum antiage do marido e em mim funciona lindamente.
Recompraria!
Precisa ver quando terá na loja Ewé aqui

-  Geranium & Thistle Rebalancing Day Cream Psi Skincare U$50,19
Recebi amostra nas compras e deixo guardado na geladeira (não altera nem estrega, fiquem tranquilas!), como estava de mudança, acabei usando no estado 'acampamento' da casa. É um creme meio denso, na hora você não põe fé, uns 15 min depois a pele fica muito boa, sequinha e digna, valeria fazer a resenha, mas achei muito - mas muito caro, claro, vale cada centavo, é otimo.

É um creme pra peles oleosas, fórmula bem natural, gerânio é equilibrante da pele, cheiro floral bem suave, bom pra quem não gosta do cheiro de cravo do produto da Cativa por ex. EPai é uma das marcas orgânicas top do Reino Unido.
Na Love Lula aqui

- Máscara cleópatra com lactobacilos probióticos Biológicus R$95,90
Recebi, gostei da textura, do efeito , mas achei que rendeu pouco (umas 10 aplicações) e também achei muito caro, a pele fica ótima e se você quiser comprar funciona bem. enfim... funciona é bom. A fórmula é bem natural, textura é muito boa, um creme bem leve que não escorre como  as máscaras de argila domésticas se você errar a mão. Seca como as máscaras de argila.
Na Matriz natural aqui.

- Tônico facial  Ikove R$41,90
É meu tônico da noite, já é meu 5. frasco, já repus rs... Não sei como, minha pele vai ressecando ao longo do dia e as bochechas ficam craqueladinhas, acho perfeito pela fórmula que colabora na hidratação. Resenha aqui.  Amo por ser spray, meu pacote de algodão já vai pra 4 anos por causa disso.
Recompro! Na Beleza do Campo aqui.


16 de junho de 2014

Enfim, uma matéria digna!

A minha queridissima, salve salve revista Prana Yoga Journal, simplesmente arrasou com uma matéria simples e acertando emj cheio:


Na página 19 da edição de maio/junho diz:
É Bio!
Os cosméticos orgânicos se caracterizam pela ausência de derivados de petróleo, substâncias tóxicas e por não serem testados em animais. O instituto Biodinâmico IBD os classifica de acordo com a quantidade de orgânicos - 100% orgânico; orgânico: no mínimo 95% com ingredientes orgânicos - de 50% a 95% natural e natural com 5% de ingredientes naturais.

Então indica marcas como Alva, Cativa, Ikove, Surya, Sal da Terra e Weleda- marcas já conhecidas e aprovadas pelas consumidoras de cosméticos orgânicos, lembrando que Weleda agora tem certificação do IBD.

Tem como não amar?
Em tempos de notícias circulando sobre 'seu cabelo pode ser prejudicado se você não lavar com shampoo industrializado da perfumaria', só posso aplaudir o editorial da revista Prana Yoga Journal, que conseguiu resumir  em uma página o que é um cosmético orgânico de verdade! Uma editora pequena, nem tão famosa assim, conseguiu dar de 10 a 0 em cima da editora Abril nessa matéria, na minha opnião.

Fico feliz por ser leitora assídua da revista há quatro anos, e fico mais feliz com as matérias super bem feitas de auto ajuda, espiritualidade, muito além do Yoga.
Site da revista, clica aqui.

Ah só uma observação: da Weleda só evite os shampoos, pois tem sulfato e algumas tranqueiras que a gente não aprova.

25 de maio de 2014

Produto natural/ Artesanal/ orgânico - você sabe a diferença?

Em tempos de greenwashing rolando solto, vamos ver se este post ajuda a descomplicar as coisas.
(também peço desculpas a leitora pela ausênia de resenhas - enquanto estiver no processo de mudança não estou conseguindo testar tudo do jeito que vocês gostam e merecem)
O que nós consumidoras de cosméticos orgânicos buscam, além de um nome  e certificação orgânica é a segurança da fórmula, ou seja não podem conter ingredientes tóxicos ou nocivos, como os citados na lista negra do blog, clica aqui e aqueles banidos pelas certificadoras: Ecocert, IBD, USDA, Soleil Association - além de sermos contra testes em animais.
Buscamos fórmulas com o maior número possível de ingredientes naturais - nisso não só as marcas orgânicas entram nas nossas escolhas, mas fórmulas limpas, como alguns produtos de marcas naturais e até artesanais, desde que sejam 100% naturais.


O que é um greenwashing?
Greenwashing é o conceito de 'máscara verde', quando uma marca se utiliza de marketing alegando ser um produto orgânico, quando não é.
Mais grave é que no Brasil não há lei que caiba processar uma marca por Greenwashing, pois o mercado orgânico não é regulementado constitucionalmente, somente aquelas que se submetem a instituição privada IBD, não estatal portanto não é constitucional.
Tecnicamente, somente marcas que se apoderam do conceito orgânico, usando o 'orgânico' no rótulo podem ser chamados de greenwashing.
Aqui no Brasil, um dos casos mais graves é a Cris Dios, clica aqui, por usar ingredientes que não são permitidos pelas certificadoras (vide aqui) e até por usar o selo de certificação orgânica indevidamente e a Éh e Petal Fresh, vide aqui- tecnicamente os produtos contém alguns ingredientes orgânicos mas tem fórmula de cosmético natural.

Cosmético natural?! Como assim?!
Aí que confunde mais ainda a cabeça do consumidor, um produto pode ser chamado de natural e pode ter algum ingrediente orgânico, como as marcas acima, a linha de frutas da Surya e os naturais de nascença, como Natura, Body Store, Vyvedas linha regular, Livealoe, Granado, Panizza, Multivegetal, Feito Brasil, Est, Bioextratus.
Tecnicamente, cosméticos com apenas 5% de ingredientes naturais podem ser chamados assim.

No entanto algumas fórmulas dentro deste conceito, são aceitas pela consumidora de cosméticos orgânicos, como é o caso da máscara Color Fixation da Surya - clica aqui, e produtos Biologicus  e Multivegetal, que mais uma vez, não são orgânicos mas tem fórmulas seguras, sem potencial nocivo, com alto percentual de insumos naturais.



Cosmético artesanal 100% natural
Marcas artesanais que usam técnicas como o cold process e hot process, que utilizam respectivamente soda caustica e potassa para o processo de saponificação e que usam somente insumos naturais são aceitos pelos consumidores de cosméticos orgânicos.
Neste nicho, entram Sachi, Sal da Terra Saboaria,Santo sabão, Ewé, Fefa Pimenta.


Cosmético orgânico
É aquele regulamentado por certificadoras, como Ecocert ou IBD no Brasil e no exterior USDA, Solil Association. Não contém ingredientes tóxicos, nocivos (vide aqui e aqui) ou poluentes, ingredientes de origem animal que provoquem a morte ou crueldade como também não podem ser testados em animais. Sob este prisma ganham o selo das respectivas certificadoras.
Precisam ter 95% de ingredientes naturais e orgânicos.
Nesta lista, das marcas nacionaiss entram Ikove, Herbia, Reserva Folio, Alva, Cativa Natureza, Surya linha orgânica, Vyvedas linha orgânica, Arte dos aromas linha orgânica

E agora? Como escolho?
Fator fundamental para que você não caia em greenwahing na escolha de cosméticos seguros e mais naturais possíveis é a interpretação da fórmula. Escolher cosméticos que não tem ingredientes desta lista aqui, os que tem escore seguros nos bancos de dados EWG e Good Guide, cosméticos desta lista aqui do blog, bem como os citados neste blog, no Tantas Plantas da Michelle e Mocinha Kawaii da Heglaé, que são blogs honestos e que eu confio plenamente.


nas compras no site da Aromalife! Clique e acesse!

 
Design by Free WordPress Themes | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes | free samples without surveys