Páginas

Mostrando postagens classificadas por relevância para a consulta ikove. Classificar por data Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens classificadas por relevância para a consulta ikove. Classificar por data Mostrar todas as postagens

24 de novembro de 2015

Depoimento da leitora | Lili conta como foi sua transição capilar

Recebi um coment muito fofo além de muito informativo, a leitora Lili conta como lidou com a transição capilar e seus produtos preferidos!

Olá Yumi!
Fazem uns três anos já que acompanho seu blog e gosto muito!
Hoje reli de novo seu post sobre a transição de shampoos e condicionadores  AQU Ie resolvi colocar a minha experiência.

E a grande sacada é: testar várias marcas e shampoos e métodos até você descobrir o ideal pra você. Testei alguns shampoos da Sal da Terra, da Cativa, da Ikove; testei os sabonetes em barra, usei com bicarbonato, sem bicarbonato, fiz pré lavagem com vinagre, fiz pós lavagem com vinagre; usei o seu métodos do borrifador AQUI ...enfim... confesso que cheguei a ficar estressada em alguns momentos, até descobrir o shampoo e condicionador ideal, e agora não mudo mais não! haha

Meu cabelo é fino e liso, sendo um pouco oleoso na raiz, mas normal nas pontas, nunca tive nenhum problema de ressecamento...
...mas ao usar os sabonetes em barra, de várias marcas, meu cabelo ficava mega vassoura!
Mas a questão não era ressecamento, o problema é que mesmo fazendo espuma, e dando aquele barulinho de limpo, sabe?, o meu cabelo não ficava muito limpo. Fica na verdade um resíduo, que mesmo enxaguando, não sai. Aí o cabelo tipo, pesa, fica esquisito.E no meu caso não é devido a transição, pois fazem quase três anos que uso shampoo e condicionador orgânico e hoje ainda, se uso só sabonete vegetal isso me acontece (acontece a mesma coisa com os shampoos da Sal da Terra também). 


Então, por ter ouvido falar bem do shampoo de acerola da Ikove e o de Copaíba da Cativa, eu testei e amei! São os shampoos que melhor limpam, o da Ikove inclusive, limpa até demais haha. Então agora intercalo sempre uma lavagem com sabonente vegetal e uma com o shampoo de Copaíba da Cativa. O de acerola da Ikove uso de vez enquando pra dar uma geral. E o meu condicionador preferido é o de pracaxi e andiroba da Cativa natureza.
E assim o meu cabelo está bonito, brilhante e saudável. Melhorou bastante a oleosidade que eu tinha na raiz antes e também a caspa.


Enfim, era pra ter sido só um comentário, mas virou um textão! Mas se você quiser compartilhar a minha experiência, fique à vontade. Admiro muito o seu blog e a suas mudanças por se tornar uma pessoa melhor pro planeta. Me serve de inspiração! Abraços,
Lili

-------------------
Gratidão Lili! Vai ajudar muito as moças que estão neste processo, também agradecemos pelo carinho com o blog...

Se você quiser mandar seu depoimento, acesse AQUI

29 de janeiro de 2012

Lipbalm Buriti - Florestas by Ikove

Vi esta latinha fofa pela primeira vez em uma farmácia homeopática e digo: o produto sempre fica em falta! Ele é muito bom e barato! Faz mais de ano que uso ele e desta vez comprei no site da Ikove.

A textura dele é meio que um gelzinho cremoso (ãh?!) e hidrata muito mesmo - ele é bem cremoso mesmo, o que o faz ser ótimo pra usar a noite antes de dormir e não acordar com a boca craquelada.






Eu cheguei a usar Bepantol na época do boom em blogs - mas vamos combinar: tem um gosto horrível! Fora que você passa química pura na boca e sem querer, engolir um remédio não é lá muito bacana né... este  quase não tem gosto,é  97% natural e o creminho dá conta muito bem e olha que minha boca é super ressecada. Fiz um relatório preliminar dos ingredientes no EWG (banco de dados cosmético) e deu nota 1 (0 pra super seguro a 10 para potencialmente perigoso).

Uso com pincel por questões de higiene mas se quiser pode passar com o dedo mesmo.

Composição:
Ricinus Communis (Óleo de castor), *cera alba (cera de abelha), carnauba copernicia cerifera wax, Ethylexyl palmitate (derivado de óleo de palma), Astrocaryum murumuru kernel butter (manteiga de murumuru), *Mauritia flexuosa fruit oil (óleo de buriti), Theobroma cacao aroma (aroma de fruto de cacau), Tocopheryl acetato (acetato de tocoferol - vitamina E), *Menta piperita

Custa R$18,00 e dá pra encontrar em algumas farmácias homeopáticas ou no site da Ikove - clique aqui

 

21 de junho de 2014

Que matéria é esta, revista Elle?

Neste mês, a mídia impressa colocou em pauta os cosméticos orgânicos.A única que foi digna de aplausos, foi a Prana Yoga journal, clica aqui.
Leitora do blog comentou sobre a reportagem na revista Elle, edição de junho e vou rebater algumas afirmações da matéria, agradeço muito a Saraiva mega store que permite os clientes lerem as revistas sem a necessidade de comprar.
clica que aumenta

A Anvisa realmente não considera um cosmético orgânico e nem tem legislação sobre o setor ainda, o que infelizmente gera margem pra ser criado greenwashing e não há lei que caiba processar uma empresa que o faça.

A tricologista em questão não é a mais indicada no assunto, em mensagem no twitter disse que  infelizmente não dá pra abrir mão do silicone em produtos capilares, clica aqui - quando eu e todas as leitores de blogs de cosméticos orgânicos, sabemos que dá pra ser feliz abolindo silicones e derivados de petróleo em cosméticos capilares (e em todos os outros).

A marca dela é um dos exemplos mais graves de greenwashing, tanto que contatei o IBD - a certificadora nacional, e eles me responderam que os produtos desta marca não são certificados por ele, como diz o rótulo, muito menos é possível um cosmético ser chamado de orgânico com derivado de petróleo na composição, um ingrediente proibido por todas as certificadoras orgânicas no Brasil e no mundo - clica aqu, e tem outa fórmula aqui.

Ainda rebatendo o que a tricologista diz, que não é possível fazer um cosmético 100% limpo, só posso lamentar e discordar fortemente. O hidróxido de sódio, mais conhecido como soda caustica e que entra no processo de fabricação cold process de sabonetes e shampoos em barra, reage com os óleos vegetais e se trransforma em espuma, quando usamos um sabonete feito desta forma podemos dizer que se trata de um produto 100% natural.
Ou ainda usar saponificante de derivado natural como Sodium cocoate, presente nos shampoos da marca orgânica americana, 100% Pure - vide aqui



Sobre o custo da produção, como comentou a idealizadora da Est - também discordo fortemente, marcas como Herbia, Ikove e Cativa Natureza, conseguem produzir produtos excelentes, concordo que são mais caros do que um produto dito somente natural mas perfeitamente 'pagavel' digamos assim, nada tão absurdo.Por R$34,90 é possível comprar produtos Ikove, com certificação pela Ecocert - ou seja, ainda é mais barato do que Kerastase, que usa silicones e derivados de petróleo e saem na faixa de R$50.

clica que aumenta
A marca Est é tida como produto natural, tem insumos naturais mas  tem sulfato e outros ingredientes sintéticos, vide uma fórmula de shampoo aqui -não poderia estar em uma matéria sobre cosméticos orgânicos.Expliquei as classificações e variedades dos cosméticos com fórmulas naturais, clica aqui.



Por fim a revista traz alguns produtos, que eu e minhas leitoras discordam fortemente. Não estou desmerecendo nenhuma marca, apenas analisando a questão de ser orgânico ou não.

Vejam que os único produtos 100% naturais são da francesa Nuxe e da americana Josie Maran, na Sephora está vendendo e fui lá só pra espiar a fórmula - que são mais caros do que as opções de cosméticos orgânicos que temos por aqui | Davines e Alterna desconheço | Yves Rocher vi  a loja da marca e sei que tem sintéticos neles | Est ja comentei que se trata de produto natural, tem sintéticos inclusive sulfato e corantes | Bioextratus é produto convencional.

São produtos caros que não condizem com a realidade do mercado orgânico, foi um desserviço esta matéria, pois não levou em conta nenhuma das boas marcas orgânicas brasileiras, diria até uma falta de respeito ao trabalho duro dessas empresas. Além de induzir a consumidora ao erro, indicando produtos não orgânicos.

Agora minha pergunta que não quer calar- se chegaram a contatar a Surya para a matéria, por que não indicaram produtos da marca, orgânico de verdade e com preços melhores do que os citados na foto?
Eu tentei descobrir quem assinou a matéria e também o email da redação, na revista não tinha. Fiquei com vontade de rasgar a revista por causa dessa matéria, felizmente não sou leitora assídua.

Eu realmente não gosto de fazer críticas no blog mas esta matéria foi muito absurda, não pude deixar de rebater.
E se alguém ler alguma matéria que não concorda, envie pra mim, pra gente poder rebater. Não dá pra aceitar esse tipo de coisa num mercado sem regras claras, prejudica o movimento dos cosméticos orgânicos de verdade.

29 de maio de 2014

Tônico facial - Ikove

Este é meu tônico preferido para a noite. De manhã uso o pele oleosa da Cativa.
Ah mas por que dois tônicos? Explico, como tenho pele mista e ressecada, de manhã ela tende a oleosidade e de noite ao ressecamento.


Aqua (Water), *Aloe Barbadensis Leaf Juice (Suco da Folha de Babosa), *Euterpa Oleracea Tincture (Tintura de Açaí), *Salvia Officinalis Tincture (Tintura de Sálvia), *Chamomilla Recutita Tincture (Tintura de Camomila), *Lavandula Officinalis Tincture (Tintura de Lavanda), *Equisetum  Arvense Tincture (Tintura de Cavalinha), *Citrus Aurantium Dulcis Oil (Óleo Essencial de Laranja Doce), Lavandula Officinalis Oil (Óleo Essencial de Lavanda), *Citrus Reticulata Oil (Óleo Essencial de Mandarina).
*Ingrediente proveniente de agricultura orgânica.
100% do total dos ingredientes são de origem natural.
99,81% do total dos ingredientes vegetais são provenientes de agricultura orgânica.
54,30% do total dos ingredientes são provenientes de agricultura orgânica.
Cosmético natural e orgânico certificado pelo ECOCERT 



Certificação Ecocert | Produto orgânico | Vegan


O que diz o fabricante:
Formulado com extrato antioxidante de Açaí e outras plantas medicinais. Este refrescante e suave tônico facial pode ser usado após limpeza da pele ou a qualquer hora como adstringente. Indicado para pele normal a oleosa.
É totalmente sem corantes e fragrâncias artificiais. Livre de parabenos. Não possui ingrediente de origem animal e não testado em animais.

O que eu achei:
Logo que resolvi trocar meus cosméticos para orgânicos (cerca de 2 anos e meio), recebi de brinde uma amostra do tônico. A pele ficou bem mate mas sem ressecar, amei!
Mas quando comprei, minha pele conseguiu dar efeito rebote, ou seja, aumentou a oleosidade, então deixei um pouco de lado.
Foi quando chegou o outono/inverno e minha pele tendeu para o ressecamento e o tônico foi perfeito pra ela, estranho como todo dia ela é oleosa durante o dia mas resseca a noite...

Então recebi a info de uma leitora, dizendo que a Ikove reformulou muitos produtos, então só posso crer que o tônico foi reformulado, e que talvez as resenhas anteriores a esta se referem ao produto com a fórmula antiga.
Seu cheiro é floral com um toque ligeiramente cítrico - bem delicado, que com o passar do tempo o nariz se acostuma e nem percebe mais.

Em se tratando de segurança, é sensacional, só tem planta nele, uma das fórmulas mais naturais que já vi.
Eu uso três borrifadas uma em cada bochecha e outra na testa, espalhando com as mãos pelo restante do rosto.
Amo que os tônicos orgânicos tenham essa apresentação em spray, graças a isso, praticamente consegui abolir o algodão no tratamento do rosto! Estou há 3 anos com o mesmo pacote de algodão (!!!) , além de ser mais higiênica essa embalagem.
Dá uma refrescância bem suave e praticamente não arde. Sem repuxar nem aumentar a oleosidade - mas isto referente a minha pele ressecada, de manhã, aumenta um pouco a oleosidade.

Analisando a fórmula, ela não tem tantos ingredientes antioleosidade, somente os óleos essenciais de lavanda, mandarina e laranja doce, que se usa muito pouco numa fórmula (tanto que está no final)- o que faz também poder ser usado em peles mistas a oleosas, embora em mim, funcione melhor quando a pele resseca, ou seja, por conter uma quantidade muito grande de aloe vera, logo no início da fórmula, o que sem dúvida é o fator determinante para ter dado certo nas minhas areas ressecadas, já que aloe é pura hidratação, a camomila tem efeito calmante e ajuda a fechar os poros.
(pessoas de pele mista/oleosa - favor dizer se dá certo com vocês!)

Gosto muito deste produto a noite, tanto que já usei quatro frascos dele. Paguei R$37,05 na Beleza do Campo, clica aqui.

20 de agosto de 2013

O mito do shampoo sem sulfato e orgânico não limpar

Ando lendo muito por aí que shampoo sem sulfato não é eficiente, não limpa. Este post foi escrito em nov/12 no antigo Yummy Tips - mas acho que ainda é super atual e por isso ele está revisado aqui no PBS.

Primeiro, quero contar minha experiência: eu passei uns três meses só usando shampoo orgânico. Em uma estada fora de casa, esqueci a necessaire de cabelos... e acabei usando um shampoo do hotel mesmo, convencional. Coisa horrível! Óbvio que um shampoo de hotel, só tem um monte de sulfato e fragância - mas deixou meu cabelo todo duro, parecia um espantalho - tive que contornar fazendo um coque, o que não livrou do frizz terrível no topo da cabeça...

Passaram-se vários meses, e eis que recebi para teste o shampoo de morango da linha convencional da Surya, ou seja não orgânica - e tem o sulfato lá... cara! Alguém me diz o que foi aquilo! Cabelo duro de novo e com cheiro de danoninho ao cubo... por isso, nunca mais testo shampoo com sulfato pra resenhar... tive que fazer uma máscara pré shampoo com manteigas e óleos vegetais  para hidratar os fios...

Uma coisa que me impressionou muito foi a sensação de limpeza que o shampoo orgânico deixava - com eles a quantidade de dias sem lavar aumentou para dois, antes era dia sim dia não... e eu como dona de cabelos com oleosidade na raiz e até caspa, jamais pude ficar dois dias sem lavar. Obviamente em pleno verão preciso voltar a rotina de dia sim, dia não - mas com o clima mais ameno foi possível lavar a cada dois dias. Alguns faziam até barulhinho de limpo sabem como?! Esse da Ikove faz...  que foi um dos primeiros shampoos orgânicos que eu usei. Na época eu estava com oleosidade excessiva e muita caspa.




Pesquisando por aí - vi que sulfato tira não só a sujeira, como a oleosidade natural do cabelo e isso gera o efeito rebote: o couro cabeludo produz mais oleosidade pra compensar a agressivid , e tendo em vista meus resultados, só posso concluir que ao lavar o couro com uma substância tão detergente, a raiz responde com mais oleosidade pra compensar o excesso, dando efeito rebote... ou seja, tudo que você tira em excesso, seu organismo vai produzir mais daquilo, achando que está faltando (e esta é a razão de você, dona de pele mista/oleosa, não poder lavar o rosto mais que duas vezes por dia - pelo efeito rebote!).
E eu percebi isso, não só com essa da Ikove, mas também com Herbia e Surya Amazônia Preciosa- a linha orgânica.

A coceirinha que eu tinha no alto da cabeça também sumiu, e tenho certeza que era uma reação alérgica a sulfato.

Não fazem espuma?!
Mito- fazem sim... mas uma espuma muito tímida, quase transparente -  não lembra em nada aquela espuma "clara em neve" que o shampoo convencional faz, que além de agredir seu "ecossistema" capilar - também polui e colabora pra formar aquela espuma pavorosa que acumula no rio Tietê.

+ Acesse - se você quer mais espuma, tente misturar com este sabonete líquido neuto

A caspa... a primeira coisa que eu percebi quando comecei a usar shampoo sem sulfato foi a diminuição da produção de floquinhos brancos. Que devo ao fato de ter parado de agredir o couro cabeludo com detergente (você não leu errado, sulfatos e suas muitas variantes é usado para lavar graxa de chão de oficina!), que acelerava a descamação e dava coceira.

O que eu fiz?! Acrescentei na minha dose de shampoo, uma gota de óleo essencial de alecrim e outra de melaleuca.
Potente, eficaz e sai muito mais barato do que comprar shampoos caros como Kerastáse ou dermocosméticos como La Roche Possay que só funcionavam enquanto eu estava usando. Faz mais de ano que não turbino mais o shampoo com óleo essencial para caspa, pois o problema sumiu. A tática emergencial era pingar uma gota de cada OE na dose de shampoo e deixar agindo. Funcionou...

Ah, um adendo pra quem acha óleo essencial caro: se você pensar que se usa uma gota por vez e um frasco contém cerca de 200 gotas, é só fazer a conta quanto ao custo-benefício

+ Acesse: Marcas de confiança em aromaterapia

Atualmente os cabelos estão bem mais sedosos, com brilho e sem caspa. Saudável, brilhante e ainda tem henna nele.


Enfim, essa é a minha experiência com shampoo sem sulfato... meu cabelo está uns 200% melhor do que com shampoos convencionais...
Já teve uma experiência assim?! Em que o natural funcionou muito melhor que o convencional?! Conta pra gente...


Atenção: se você está chegando agora ao mundo dos cosméticos orgânicos e 100% naturais, o shampoo não será tão eficiente pois é necessário retirar toda a camada de silicones e derivados de petróleo que os condicionadores, leave in, produtos finalizadores e tintura convencional deixaram, saiba mais sobre a transição capilar aqui.
 

21 de junho de 2013

Creme para Pernas Cansadas - Ikove

Como estou trabalhando em home office (amo! não preciso sair de casa e enfrentar o trânsito dessa Sampa louca!) eu realmente precisava de um creme para as pernas - pois fico mais de 10 hrs no computador se deixar, se não estou trabalhando, respondo emails do blog, fanpage e etc...

Uma solução foi tirar um tempo e dançar Just Dance no Wii, ajuda a circulação rs... e a outra faz quatro meses que comprei e uso este creme da Ikove porque tem dia que as pernas gritam de inchadas...

 Composição: *Rosmarinus Officinalis Leaf Extract (Extrato de Alecrim), *Aloe Barbadensis Leaf Juice (Suco da Folha de Babosa / Aloe Vera), Aqua (Water), *Ilex Paraguariensis Leaf Extract (Extrato de Erva Mate), Cetyl Alcohol, *Orbignya Oleifera Seed Oil (Óleo de Babaçu), *Astrocaryum Murumuru Kernel Butter (Manteiga Murumuru), *Equisetum Arvense Extract (Extrato de Cavalinha), Cetearyl Olivate, Sorbitan Olivate, *Carapa Guaianensis Seed Oil (Óleo de Andiroba), *Calendula Officinalis Extract (Extrato de Calêndula), Aescullus Hippocastanum Extract (Extrato de Castanha da Índia), Centella Asiatica Extract (Extrato de Centella Asisática / Centelha), Copaifera Officinalis Resin (Bálsamo de Copaíba), *Rosmarinus Officinalis Oil (Óleo Essencial de Alecrim), *Mentha Piperita Oil (Óleo Essencial de Hortelã Pimenta / Menta), Potassium Sorbate. (Essential oil components: linalool, limonene).

Cruelty Free | Vegan | Certificação Ecocert

*Ingrediente proveniente de agricultura orgânica.
99,70% do total dos ingredientes são de origem natural.
97,20% do total dos ingredientes vegetais são provenientes de agricultura orgânica.
49,24% do total dos ingredientes são provenientes de agricultura orgânica.
Cosmético natural e orgânico certificado pelo ECOCERT



O que diz o fabricante:
Conforto e alívio para as pernas cansadas, em uma fórmula exclusiva que combina uma rede de ingredientes ativos biológicos. Contém óleo de Andiroba e manteiga de Murumuru que auxilia na hidratação da pele. A combinação de extratos vegetais de Castanha da Índia, Mate, Centella Asiática e Cavalinha estimulam a circulação, e aumentam a tonicidade e elasticidade da pele. Oferece resposta completa para o bem estar das pernas e culote, ideal para pessoas que permanecem muito tempo em pé, e também para quem viaja bastante, aliviando o cansaço das pernas e deixando na pele um delicioso aroma refrescante de Alecrim.
Auxilia na prevenção de varizes.


O que eu achei:
 Quanto a composição é perfeita, nada que desabone, tendo somente o Potassium Sorbate - um conservante alimentício, juntamente com os próprios óleos ajudam a conservar o produto. Tem validade de 12 meses após aberto- o que acho tempo suficiente para usar até o fim.

É uma loção de textura bem leve e o cheiro é herbal refrescante, mentolado - nesta forma de loção ajuda bastante pra fazer a massagem, tem absorção média justamente para isso.
Na questão hidratação, eu que tenho pernas bem ressecadas, não ajuda - talvez funcione melhor em quem tem a pele normal.
Fiquei realmente impressionada com a quantidade de plantas que ele tem, na questão de aliviar o inchaço ele vai muito bem, no verão é uma delícia de usar.

Acrescentei 1 gota de OE de alecrim  mas isso sou eu né aloka do alecrim, então coloco num potinho de vidro o creme, junto com OEs vibracionais, e acrescento mais uma gota de alecrim. Assim trabalho o cansaço das pernas e algumas questões emocionais haha. Mas sim, ele funciona sem o extra do alecrim.
Achei legal pôr no potinho, porque quando viajo é bem mais prático de levar. Evitei de chegar com os pés inchados muitas vezes com ele.
Mas preste atenção! Se você tem pressão alta, taquicardia e insônia não turbine o creme com OE, e muito menos use OEs vibracionais sem a devida orientação!

Como tem copaíba e hortelã pimenta,e somente plantas, não vi problema de usar em outros músculos - acabei testando nos dias de digitação intensiva ou quando há tensão nas costas, ajuda bastante também, dá uma boa aliviada nas dores destes locais.
Do rendimento, não sei mensurar já que uso em várias partes do corpo

Por todos estes benefícios o preço acaba compensando, é um candidato a recompra!
A embalagem com 200ml custa R$54 no site da marca - clica aqui e tem também na Beleza do Campo - clica aqui.


Importante: se você tem problemas de saúde, está grávida ou amamentando, consulte o SAC da marca ou procure um aromaterapeuta ou naturopata antes do uso. Se estiver utilizando homeopatia seu uso é contraindicado pois menta corta o efeito.

 

1 de maio de 2013

Creme para os pés - Ikove

Agora que começou a temporada de frio aqui em Sampa, devido aos banhos escaldantes e até mesmo o uso de sapatos mais fechados, meus pés começaram a se ressentir.
Então decidi comprar este creme:

Rosmarinus Officinalis Leaf Extract (Extrato de Alecrim), Aqua (Water), *Aloe Barbadensis Leaf Juice (Suco da Folha de Babosa / Aloe Vera), Cetyl Alcohol, *Orbignya Oleifera Seed Oil (Óleo de Babaçu), *Astrocaryum Murumuru Kernel Butter (Manteiga de Murumuru), *Calendula Officinalis Flower Extract (Extrato de Calêndula), *Ilez Paraguariensis Leaf Extract (Extrato de Erva Mate), *Salvia Officinalis Extract (Extrato de Sálvia), Cetearyl Olivate, Sorbitan Olivate, *Bertholletia Excelsea Seed Oil (Óleo de Castanha do Pará / Castanha do Brasil), *Oryza Sativa Bran Extract (Extrato de farelo de Arroz), *Melaleuca Alternifolia Leaf Oil (Óleo Essencial de Tea Tree / Melaleuca), *Mentha Piperita Oil (Óleo Essencial de Hortelã Pimenta / Menta), Copaiferea Officinalis Resin (Bálsamo de Copaíba), Casearia Sylvestris Leaf Extract (Extrato de Guaçatonga), Symphytum Officinale Leaf Extract (Extrato de Confrei), Centella Asiatica Extract (Extrato de Centella Asiática / Centelha), Xanthan Gum, Potassium Sorbate, (Essential oil components: linalool, limonene).

*Ingrediente proveniente de agricultura orgânica.
99,85% do total dos ingredientes são de origem natural.
96,90% do total dos ingredientes vegetais são provenientes de agricultura orgânica.
40,74% do total dos ingredientes são provenientes de agricultura orgânica.


O que diz o fabricante:
Com Manteiga de Murumuru, Alecrim, Menta e Melaleuca Hidratação e alívio imediato em uma refrescante loção desenvolvida especialmente para os pés. Sua fórmula exclusiva combina o poder hidratante e regenerativo do óleo de oliva e da manteiga de murumuru, rica em ácidos graxos, com a ação do óleo essencial de Tea Tree. Seu uso constante deixa a pele macia, promovendo uma agradável sensação de frescor e conforto.

Certificação Ecocert | USDA | Vegan

O que eu achei:
A textura é muito leve, lembra mais uma loção, o cheiro é herbaceo mas predominante mentolado, suave - devido ao óleo essencial de hortelã pimenta e alecrim. Me surpreendeu também o rendimento, uma porção do tamanho de uma ervilha é o suficiente para um pé. Vai render muito!
Vem nessa bisnaga de alumínio, na minha opnião é uma forma melhor de aproveitar o produto - já que dá pra espremer até rs...


A maravilha, é que além de deixar os pés extremamente macios - devido a manteiga de Murumuru e óleo de castanha do pará, altamente hidratantes,além disso ele ajuda e muito eliminar aquela dorzinha chata no final do dia, aquele cansaço...

Tudo isso por conta dos ativos que ajudam na circulação e atuam contra a dor, o já citado alecrim, o óleo de copaíba com sua ação anti inflamatória, a centella asiática que atua na circulação (gente, falei os principais- senão a resenha iria ficar enorme!) e o óleo de hortelã pimenta que ajuda a relaxar. É o tipo de creme ótimo para passar após o banho e fazer uma bela massagem! Pés macios, sem cansaço e sem dor!

E junto com esse mundaréu de ativos tem também o óleo de tea tree, sálvia e o extrato de Guaçatonga que atuam como antibactericida. É bacana porque no inverno, quando você fica com os pés dentro da meia - você pode aplicar como um antiséptico e evitar o chulé rs...  Citei dentro de meia porque com sandália escorrega devido a hidratação proporcionada. Em mim ao menos, funciona! Mas lembrando que não tenho ressecamento extremo, não é pele normal mas também não é extra seco, há depoimento de quem usou e tem os pés extra ressecados,precisou de um produto mais potente.

Comprei no site da Ikove por R$32  embalagem com 100ml, clica aqui. Tem a venda também na Flor de Magnólia - clica aqui e também na Beleza do Campo, clica aqui.  (Só lembrando que leitoras do blog tem 8% de desconto com o código mostrado no banner na lateral.)

IMPORTANTE: Pessoas em tratamentos homeopáticos devem evitar este produto devido aos óleos essenciais canforados. Da mesma forma pessoas com algum problema de saúde, grávidas ou que estão amamentando devem consultar um naturopata ou um bom aromaterapeuta antes de usarem.

31 de março de 2012

Mint Julips Lip Scrub- Lush

Este aqui foi uma encomenda que fiz a uma amiga que foi pra Europa, eu morro de saudades da Lush aqui em Sampa, ainda mais agora que tenho dado preferencia a cosméticos naturais.
E eu me pergunto porque nenhuma marca nacional tem um esfoliante labial !? A única marca que tem é Mary Kay no kit lábios de seda, que já usei... Como se não fizesse falta! Pois sim, eu uso todo dia,antes de dormir e antes do batom, meus lábios as vezes craquelam literalmente por respirar pela boca inconscientemente (mas já já arrumo isso...) e outra coisa que esqueci de dizer é que desde que comecei a usar uma medicação notei secura na boca. Pois antes o Lipbalm da Ikove ajudava muito não acordava com a boca craquelada!

 Essa é a versão italiana, o Labbrividisco - mas como só o site britânico entrega aqui, coloquei o nome dele em inglês.
Bem, não tem muito segredo: é umedecer os lábios e esfregar uma quantidade mínima - mas bem mínima mesmo, ele rende muito!

O que diz o fabricante:
Atua como  esfoliante suave. O óleo de jojoba é maravilhosamente hidratante, mas leve o suficiente para não deixar gorduroso.

Composição do produto:
 açucar de mamona, Óleo de Jojoba orgânica, extrato de baunilha, óleo de Tagetes, óleo de menta, * limoneno, Sabor

 O que eu achei:
Sim, ele realmente funciona, deixa os lábios macios e hidratados, uma delícia! O gostinho é de menta com fundinho de baunilha o tal sabor- pelo que dá pra ver na fórmula  é artificial, uma pena pois o óleo de menta já daria um gostinho. Então passo ele e depois o lipbalm da Ikove -clica aqui.
Ah... meu frasco vive untado de óleo essencial de canela pra espantar as formigas rs rs (elas detestam o cheiro, saem correndo!), tentarei por o cravo em si perto pra ver se ajuda.

No EWG deu nota 3 - mas não entrou em conta que limonemo é subproduto de óleos essenciais (o que não significa que não tenha riscos, ele tem toxicidade - mas eu sempre acho que este é centenas de vezes menos perigoso do que um sintético) e claro que o sabor artificial deixou ele um tantinho mais perigoso.
Houve também um ativo que ele não identificou - o Tagetes: planta que dá nome a um floral (de minas) e é parente próximo da calendula, tanto que também é conhecida por calendula mexicana - por isso no meu relatório ficou calendula mesmo para o EWG reconhecer, mas não aumentou sua nota nem diminuiu.


Por fim, eu acho que até dá pra fazer a misturinha, substituindo o açúcar de mamona ou fazendo a misturinha básica de mel e açucar. Se alguém trouxer pra você até compensa, porque nem é um preço exorbitante considerando a duração do produto- mas pagar £15 de frete do site britânico acho que não rola.
Custa £4.95 - cerca de $15, no site da Lush UK

   Observação:   
Caso você esteja acessando o blog via tablet ou celular, é necessário usar a 'visualização versão web' para que seu comentário seja postado via Disqus e assim respondido.



20 de julho de 2015

Tem mas acabou - Julho

Com a correria da mudança, eu tinha produto que ficou esquecido no armário ou porque tinha que testar outro pra virar resenha ou por simplesmente não ter tempo de passar! Affff!
Gosto muito dessa tag porque acabo me forçando a usar um produto até o fim e também por ser a chance de falar novamente de algum.




  •  Condicionador Pracaxi e Andiroba - Cativa Natureza
É o mesmo da resenha aqui acreditem! Em termos de validade, aguentou mais de 2 anos e conservou suas propriedades. É um dos meus favoritos, bem potente e faz o que promete! Além de poder usar como leave in.


  • Sabonete líquido erva mate - Cativa natureza
Não fiz resenha pois a embalagem ficou indigna- é um ótimo multifunção, comprei faz um ano, copaiba, tea tree e lavanda fazem dele um sabonete intimo muito bom, porém estes mesmos ingredientes atendem peles mistas e oleosas e o hortelã deixa tudo refrescante! Amei tomar banho de mangueira com ele no verão escaldante daqui, pena que agora tá fazendo um frio congelante (sim as estações aqui são bem definidas!). Pelo fator multiuso recompraria e recomendo!
Vem bastante - 240ml por R$33 aqui

  • Creme para pernas cansadas - Ikove
Gosto muito! Resenha aqui. Sempre levo em viagens num frasco menor pra aliviar o cansaço dos pés e pernas  e também uso durante o dia, pois trabalho sentada. Este é o mesmo da resenha, não usava todo dia pois tenho épocas que quero trabalhar o emocional com os óleos essenciais, só estou dizendo isso porque ele aguenta bem mais que 12 meses pós aberto, comprei no inicio de 20013! Aprovado! Recompraria!
200ml por R$68 aqui


  • Shampoo sólido abacate e menta - Fefa Pimenta
É o 3. já rs... resenha aqui a gente aqui gosta muito, meus cabelos amam e marido adora o cheiro, em mim atende cabelos, corpo e área intima, rosto não pois como tem óleos muito hidratantes não rola.
130g  por R$15,20 rendem três pedaços, compre aqui

E vocês já usaram algum destes produtos?!


10 de junho de 2015

PBS News - boletim 1


Esta é a nova tag de notícias rapidinhas aqui no blog! Hoje temos três coisas a divulgar:

- A loja Beleza em cores, que trabalha com ótimas marcas orgânicas e naturais :Alva, Ikove, Surya, Cativa, Multivegetal, Bioart em parceria com o PBS, está oferecendo 5% de desconto para as leitoras! Para isso é só digitar a sigla do blog no campo de vale-desconto, na hora do checkout: PBS. Vai lá! Clica aqui






Hoje  começa a Bio Brazil Fair + natural tech
- Bio Fair é no terreo da bienal , o setor 1000% orgânico
- No subsolo fica a Natural tech, onde tem marcas tidas como naturais, exemplo Multivegetal que já esteve por lá

Hoje e quinta a entrada é para profissionais
Sexta e sábado aberto ao publico em geral

Pra você que mora em SP e arredores vale a pena a visita, se programa pra conhecer de perto cosméticos orgânicos da Cativa natureza, Alva, Surya,  e  os óleos essenciais da Terra Flor e Phytoterápica
 O PBS estará presente! Você pode acompanhar notícias rapidinhas na fanpage do blog aqui e no meu Instagram aqui





- E esta é pra quem vai na Bio Brazil Fair + Natural tech!
Cativa estará no seu stand muito lindo com descontos especiais para os visitantes! Aproveita pra conhecer o BB cream da marca que falei aqui




Gostaram das notícias?! Desconto é sempre bom né?!
A tag de hoje são divulgações livres de publieditorial.


1 de abril de 2015

Tem mas acabou | Março


Este mês acabaram mais produtos, alguns não fiz resenha pois não funcionaram comigo e outros porque achei muito caro e foi só ok, então farei só um resumo dele e fica a seu critério ok?





- Shampoo Lippia Alba Herbia nova fórmula R$39

Esse eu chorei porque a formula nova não funcionou comigo, mudou totalmente, era laranjinha translucido, agora ficou branco leitoso e não sei como, nem porque, nos meus cabelos de raíz oleosa e comprimento normal a seco não funcionou
Na loja on line da marca aqui

- Sabonete Neem & Aloe  Sal da Terra R$18,50
Este é um dos sabonetes que sempre tem em casa, compro vários, a fórmula dele funciona bem pra cabelos oleosos, região intima e rosto oleoso, resenha aqui , nosso multifunção preferido, é dele que levo em viagens pra não ocupar espaço e peso na necessaire.
Recompraria! No site da marca aqui

- Elixir de rosas Ewé R$26.10

Já estava no finzinho, esperando repor mas nunca consegui comprar rs... foi bem potente na pele cansada e não tratada com algum antiage do marido e em mim funciona lindamente.
Recompraria!
Precisa ver quando terá na loja Ewé aqui

-  Geranium & Thistle Rebalancing Day Cream Psi Skincare U$50,19
Recebi amostra nas compras e deixo guardado na geladeira (não altera nem estrega, fiquem tranquilas!), como estava de mudança, acabei usando no estado 'acampamento' da casa. É um creme meio denso, na hora você não põe fé, uns 15 min depois a pele fica muito boa, sequinha e digna, valeria fazer a resenha, mas achei muito - mas muito caro, claro, vale cada centavo, é otimo.

É um creme pra peles oleosas, fórmula bem natural, gerânio é equilibrante da pele, cheiro floral bem suave, bom pra quem não gosta do cheiro de cravo do produto da Cativa por ex. EPai é uma das marcas orgânicas top do Reino Unido.
Na Love Lula aqui

- Máscara cleópatra com lactobacilos probióticos Biológicus R$95,90
Recebi, gostei da textura, do efeito , mas achei que rendeu pouco (umas 10 aplicações) e também achei muito caro, a pele fica ótima e se você quiser comprar funciona bem. enfim... funciona é bom. A fórmula é bem natural, textura é muito boa, um creme bem leve que não escorre como  as máscaras de argila domésticas se você errar a mão. Seca como as máscaras de argila.
Na Matriz natural aqui.

- Tônico facial  Ikove R$41,90
É meu tônico da noite, já é meu 5. frasco, já repus rs... Não sei como, minha pele vai ressecando ao longo do dia e as bochechas ficam craqueladinhas, acho perfeito pela fórmula que colabora na hidratação. Resenha aqui.  Amo por ser spray, meu pacote de algodão já vai pra 4 anos por causa disso.
Recompro! Na Beleza do Campo aqui.


27 de julho de 2014

Rotina de rosto/ inverno 2014

Com a queda de temperatura, o chuveiro vive no quente, muito quente, o aquecedor vira companheiro a noite...
... e com isso a pele se ressente, precisando de mais hidratação.Embora quisesse minimizar os produtos para cuidados faciais, graças à temperatura, preciso de mais alguns, pois os cuidados dia são bem diferentes da noite, que exige hidratação extra, já que resseca.
Minha pele é mista/ressecada - de manhã ela tende a ser mais para oleosa e de noite mais pra ressecada e estou na casa dos 30.

Trabalho em home-office, não preciso de make todo dia, geralmente uso mais aos fins de semana ou quando quero dar um up no visual.


Rotina Matinal 

Limpeza:
 Sabonete de argila verde Sachi
Conseguiu retirar o excesso de oleosidade mas sem ressecar e se for usado só no rosto dura eras! Também gosto de usar quando faço make.

Tonificação:
O tônico pele oleosa da Cativa Natureza é meu queridinho, desde o ano passado uso dele e já estou no 4. frasco.

Hidratação:
Se fico em casa o dia todo, uso o Hidratante pele oleosa da Cativa, se saio ou aplico o protetor solar de romã da 100% Pure em cima do hidratante ou  Tinted Moisturer também da Pure, que tem em torno de FPS 20 - dependende onde vou, que com uma camada fina não destoa tanto do meu tom de pele.

Água termal:
Já aboli o produto em si da minha vida, por ser mais caro, e se uso um produto nacional, ajudo a economia e emito menos carbono. Mas na falta de um termo melhor vai esse rs... Uso o hidrolato de gêranio da Bioessencia, que ajuda a regular os líquidos e este também tem hidrolato de tea tree como conservante, o que ajuda a conter oleosidade também. Borrifo ao decorrer do dia.

Rotina Noturna

Limpeza:
Gosto de produto mais suave nesta hora, pois a pele tende a ressecar, gosto da Espuma Cleopatra Biologicus ou se usei make ou a pele está muito suja o sabonete esfoliante pele oleosa da Cativa que apesar de ser esfoliante os grânulos são bem suaves.

Tonificação:
Na minha pele o tônico da Ikove tende a ser mais hidratante e gosto de usar a noite ou o hidrolato de gerânio da Bioessencia

Hidratação
Como já quero fazer preventivo de rugas e atenuar meu bigode chinês uso o serum Hyaluronic Acid Now Foods, que hidratata muito sem deixar nada oleoso e nas partes mais ressecadas como bochecha e na área dos olhos e pescoço uso o Elixir de rosas da Ewé, que ao longo da noite apele vai absorvendo tudo e de manhã deixa tudo lindo.


15 de julho de 2014

Rotina de Cuidados - inverno 2014

Chega o inverno e minha pele vira o samba do crioulo doido, é mista, mas com as glândulas sebáceas que se controlam um pouco mais na casa dos 30, os banhos escaldantes e o aquecedor ligado , ela se torna ressecada, repuxa mesmo nas bochechas.

A muito contragosto (afinal mais produtos, mais dinheiro!), tenho usado duas linhas de cuidados: de manhã a rotina pra pele mista/oleosa e a noite cuidados antiage e com maior poder de hidratação pois ao longo do dia vai ressecando até ficar insuportável. E até achar uma combinação adequada levou um tempo.



O que estiver grifado é o link da resenha

Manhã:
Amo e já recomprei, há quem não goste por ter esfoliantes naturais (viu?! da pra fazer esfoliante sem microesferas e com preço justo!) e pra quem não crê que pode ser usado todo dia, o segredo está no peso da mão , é só não usar mão de esfregar roupa no tanque, pesada e com força...

Em time que está ganhando não se mexe, tanto que já é meu 4. frasco! Produto ótimo e com preço justo!

Muito amor! Deixa a pele sequinha e ajuda a conter a oleosidade mesmo, uso quando sei que ficarei em casa. Pra mim também funciona como primer.


Muito amor também! Como o creme acima, este também deixa a pele sequinha, dá uma tonalizada  e tem FPS, uso em saídas rápidas.



Noite:

  • Herbalism - Lush

Esse produto é sensacional, uma gororoba herbal macia, funciona como esfoliante se você pesar a mão ou limpador diário, morri de amores! Limpeza suave mas efetiva, uso até como demaquilante dependendo do que passei. Gosto tanto que tem dia que vou dormir sem passar mais nada, a pele fica ótima! Logo tem resenha. Veja video, aqui.

Outro que não abro mão, 3. frasco já. Pra mim ele tem, função mais hidratante então serve muito a noite


Deixa a pele sequinha aveludada, uma delícia! Tanto que ele dá de dez a zero em todos os primers que usei!

Cuidados extras:

  • Hidrolato de gerânio - Bioessência
Amo por ter como conservante hidrolato de tea tree, que controla oleosidade, e gerânio é um perfeito equilibrante de secreções sebáceas e hidratante, borrifo ao longo do dia em substituição a agua termal.

Como é em óleo, uso nas bochechas ressecadas que ficam super ok, no bigode chinês e na região dos olhos como cuidado intensivo antiage.

----------------------------------
Pronto! Pele perfeita dia e noite, dá um trabalhinho mas essa combinação foi a mais perfeita da minha vida de usuária de cosméticos!

16 de junho de 2014

Enfim, uma matéria digna!

A minha queridissima, salve salve revista Prana Yoga Journal, simplesmente arrasou com uma matéria simples e acertando emj cheio:


Na página 19 da edição de maio/junho diz:
É Bio!
Os cosméticos orgânicos se caracterizam pela ausência de derivados de petróleo, substâncias tóxicas e por não serem testados em animais. O instituto Biodinâmico IBD os classifica de acordo com a quantidade de orgânicos - 100% orgânico; orgânico: no mínimo 95% com ingredientes orgânicos - de 50% a 95% natural e natural com 5% de ingredientes naturais.

Então indica marcas como Alva, Cativa, Ikove, Surya, Sal da Terra e Weleda- marcas já conhecidas e aprovadas pelas consumidoras de cosméticos orgânicos, lembrando que Weleda agora tem certificação do IBD.

Tem como não amar?
Em tempos de notícias circulando sobre 'seu cabelo pode ser prejudicado se você não lavar com shampoo industrializado da perfumaria', só posso aplaudir o editorial da revista Prana Yoga Journal, que conseguiu resumir  em uma página o que é um cosmético orgânico de verdade! Uma editora pequena, nem tão famosa assim, conseguiu dar de 10 a 0 em cima da editora Abril nessa matéria, na minha opnião.

Fico feliz por ser leitora assídua da revista há quatro anos, e fico mais feliz com as matérias super bem feitas de auto ajuda, espiritualidade, muito além do Yoga.
Site da revista, clica aqui.

Ah só uma observação: da Weleda só evite os shampoos, pois tem sulfato e algumas tranqueiras que a gente não aprova.

11 de junho de 2014

Hyaluronic Acid Firming serum - Now Foods

Apesar de usar bons produtos para conter oleosidade e manter a hidratação, eu realmente queria algo que fizesse controle efetivo nas marcas de expressão.
Então ao ver esse produto muito bem cotado e por um preço amigo no Iherb resolvi apostar... e fiquei muito feliz!



ácido hialurônico Água (aqua), suco de aloe barbadensis folha *, glicerina, goma xantana, aroma natural, hialuronato de sódio (ácido hialurônico), camellia sinensis (chá verde) extrato da folha, extrato de algas, colágeno solúvel, hinoquitiol natural.
* CertificadoOrganico

O que diz o fabricante:
Naturalmente Reduz a aparência de linhas finas
Paraben livre
Rehidratar
Glúten free
Estado: Para todos os tipos de pele. Pele desenvolvimento de linhas finas ao redor dos olhos, testa e boca, com uma perda de elasticidade.

Sobre o ácido hialurônico:
O ácido hialurónico é uma substância que se encontra naturalmente no corpo humano. Classificada como um polissacarídeo (um tipo de molécula de hidrato de carbono), ácido hialurónico ocorre em concentrações elevadas no tecido conjuntivo e em fluidos oculares. Age atuando como uma almofada e lubrificante nas articulações e outros tecidos.
É um ingrediente ativo de vários cremes antiage no mercado convencional. Preenchendo rugas e marcas de expressão.

O que eu achei:
É um gel aquoso transparante, com um leve cheiro herbal que não deve incomodar narizes mais sensiveis.
A embalagem é boa, vem com um plástico lacre e nada mais, eliminou-se papel desnecessário, o que acho ótimo -  e na forma de pump que é meu preferido por evitar contato com o produto e também a oxidação.



Tem uma absorção surpreendentemente rápida, tanto que para melhor proveito, uso à noite o tônico da Ikove, pois com umidade ele desliza muito melhor.
Um pump é o suficiente, como uso só a noite, acredito eu que vá durar uns 4 meses, com um mês de uso continuo só desceu 1/4 de produto.

Mas a coisa mais surpreendente é que ele deixa a pele super hiper macia, quase como de bebê e não mela, nada, nadica de nada!Na minha pele mista/ressecada, deixa uma textura mate surpreendente, efeito de primer mesmo, tanto que gosto de usar com essa função. Na verdade, achei que o efeito matificante + super hidratação até melhor do que o meu ex queridinho, o serum de romã da Weleda.
E esse efeito mate é estavel também no calor, usei por uma semana  em março e consegui este efeito também.
A única coisa que sei que dá efeito mate é o chá verde...

E se quiser usar algo mais potente, tudo bem, não reagiu dando alergia, pelo menos não na minha pele... bom na verdade todos os seruns são indicados para se usar antes do creme de costume, turbinando o efeito do creme hidratante ou antissinais.

Quanto a prevenção de rugas, não tenho como falar tanto pois estou na casa dos 30, quanto a marcas de expressão, devido a um defeito na arcada dentária, tenho bigode chinês, que foi a verdadeira motivação pela compra.
Posso dizer que houve uma melhora significativa no aspecto, preencheu um pouco o sulco e atenuou a marca. Gostei! Na verdade amei, pois por U$12.73 é menos da metade do sérum Weleda, virou meu queridinho!
Comprei na Iherb - clica aqui

25 de maio de 2014

Produto natural/ Artesanal/ orgânico - você sabe a diferença?

Em tempos de greenwashing rolando solto, vamos ver se este post ajuda a descomplicar as coisas.
(também peço desculpas a leitora pela ausênia de resenhas - enquanto estiver no processo de mudança não estou conseguindo testar tudo do jeito que vocês gostam e merecem)
O que nós consumidoras de cosméticos orgânicos buscam, além de um nome  e certificação orgânica é a segurança da fórmula, ou seja não podem conter ingredientes tóxicos ou nocivos, como os citados na lista negra do blog, clica aqui e aqueles banidos pelas certificadoras: Ecocert, IBD, USDA, Soleil Association - além de sermos contra testes em animais.
Buscamos fórmulas com o maior número possível de ingredientes naturais - nisso não só as marcas orgânicas entram nas nossas escolhas, mas fórmulas limpas, como alguns produtos de marcas naturais e até artesanais, desde que sejam 100% naturais.


O que é um greenwashing?
Greenwashing é o conceito de 'máscara verde', quando uma marca se utiliza de marketing alegando ser um produto orgânico, quando não é.
Mais grave é que no Brasil não há lei que caiba processar uma marca por Greenwashing, pois o mercado orgânico não é regulementado constitucionalmente, somente aquelas que se submetem a instituição privada IBD, não estatal portanto não é constitucional.
Tecnicamente, somente marcas que se apoderam do conceito orgânico, usando o 'orgânico' no rótulo podem ser chamados de greenwashing.
Aqui no Brasil, um dos casos mais graves é a Cris Dios, clica aqui, por usar ingredientes que não são permitidos pelas certificadoras (vide aqui) e até por usar o selo de certificação orgânica indevidamente e a Éh e Petal Fresh, vide aqui- tecnicamente os produtos contém alguns ingredientes orgânicos mas tem fórmula de cosmético natural.

Cosmético natural?! Como assim?!
Aí que confunde mais ainda a cabeça do consumidor, um produto pode ser chamado de natural e pode ter algum ingrediente orgânico, como as marcas acima, a linha de frutas da Surya e os naturais de nascença, como Natura, Body Store, Vyvedas linha regular, Livealoe, Granado, Panizza, Multivegetal, Feito Brasil, Est, Bioextratus.
Tecnicamente, cosméticos com apenas 5% de ingredientes naturais podem ser chamados assim.

No entanto algumas fórmulas dentro deste conceito, são aceitas pela consumidora de cosméticos orgânicos, como é o caso da máscara Color Fixation da Surya - clica aqui, e produtos Biologicus  e Multivegetal, que mais uma vez, não são orgânicos mas tem fórmulas seguras, sem potencial nocivo, com alto percentual de insumos naturais.



Cosmético artesanal 100% natural
Marcas artesanais que usam técnicas como o cold process e hot process, que utilizam respectivamente soda caustica e potassa para o processo de saponificação e que usam somente insumos naturais são aceitos pelos consumidores de cosméticos orgânicos.
Neste nicho, entram Sachi, Sal da Terra Saboaria,Santo sabão, Ewé, Fefa Pimenta.


Cosmético orgânico
É aquele regulamentado por certificadoras, como Ecocert ou IBD no Brasil e no exterior USDA, Solil Association. Não contém ingredientes tóxicos, nocivos (vide aqui e aqui) ou poluentes, ingredientes de origem animal que provoquem a morte ou crueldade como também não podem ser testados em animais. Sob este prisma ganham o selo das respectivas certificadoras.
Precisam ter 95% de ingredientes naturais e orgânicos.
Nesta lista, das marcas nacionaiss entram Ikove, Herbia, Reserva Folio, Alva, Cativa Natureza, Surya linha orgânica, Vyvedas linha orgânica, Arte dos aromas linha orgânica

E agora? Como escolho?
Fator fundamental para que você não caia em greenwahing na escolha de cosméticos seguros e mais naturais possíveis é a interpretação da fórmula. Escolher cosméticos que não tem ingredientes desta lista aqui, os que tem escore seguros nos bancos de dados EWG e Good Guide, cosméticos desta lista aqui do blog, bem como os citados neste blog, no Tantas Plantas da Michelle e Mocinha Kawaii da Heglaé, que são blogs honestos e que eu confio plenamente.

5 de maio de 2014

Marcas de confiança em cosméticos orgânicos

(ou com fórmulas seguras ou 100%  naturais - post atualizado em 02/01/2018)

Uma das perguntas que mais aparecem nos comentário e emails são as marcas que realmente trazem uma fórmula segura.
Cosméticos orgânicos, aqueles que tem uma certificação tem um selo:


No Brasil, para empresas nacionais temos dois selos: o Orgânico Brasil e da certificadora IBD
Lá fora e aqui no Brasil, para produtos presentes em diversos países, o selo Ecocert é o mais conhecido, no entanto há os selos próprios das regiões, nos EUA, a certificadora é a USDA e na Europa o selo da Soil Association.
Todas as certificadoras possuem requisitos próprios mas em comum não são permitidos ingredientes que causem algum tipo de risco à saúde,  poluentes ambientais, que contenham ingredientes provenientes da morte de um animal ou que para a extração se utilize métodos cruéis, que provoquem o sofrimento dos mesmos e em nenhuma destas certificadoras - testes em animais são permitidos. Portanto todo produto que tenha um destes selos é garantido institucionalmente que são cruelty-free.

No entanto, há marcas que trabalham com um alto percentual de insumos orgânicos mas não tem o selo de orgânico, nestas entram empresas nacionais certificadas pelo IBD, que ainda não há lei regulamentadora para o setor de cosméticos orgânicos no Brasil e portanto não pode certificar.
Neste caso também entram produtos artesanais.

Para facilitar a vida dos consumidores de cosméticos orgânicos, neste post ficam as marcas que eu conheço e são de confiança, as artesanais e aquelas que não são orgânicas de fato - mas que as consumidoras aceitam usar pela fórmula segura. Só entram nesta lista marcas que avaliei atentamente a fórmula e seguem os padrões de ingredientes orgânicos/naturais e livres de ingredientes nocivos.
(com o tempo serão acrescidas outras marcas)

Marcas orgânicas encontradas no Brasil :
- Alva
- Almanati
- Arte dos aromas*
- Bee balm
- Bee Basic
- Bioart
- Cativa Natureza [V]
- Glory by nature [V]
- Herbia
- Ikove
- Reserva Folio
- Souvie
- Surya** [V]
- Prymeva

* Arte dos Aromas tem a linha natural com alguns ingredientes problemáticos e a linha orgânica certificada pelo Ecocert
** Surya tem a linha de frutas convencional, a linha Color Fixation que não é orgânica mas que pela segurança da fórmula é aceito pelas consumidoras de cosméticos orgânicos e as linhas Amazônia Preciosa, Sapien Man e Sapien Womam, orgânicos certificados pela Ecoccert

+Acesse: linha de frutas da Surya não é orgânico

Marcas não orgânicas  com fórmulas mais seguras:

- Biologicus
- Livealoe*
- Multivegetal
- Petal Fresh**
- Tisserand***
- Sallve
- Weleda****

Biologicus e Multivegetal são livres de ingredientes potencialmente nocivos mas alguns são polêmicos, então é questão de interpretação da fórmula e se você aceita usar os ingredientes.
* Livealoe a grande maioria tem fórmulas seguras, só preste atenção aos shampoos de embalagem preta
**Shampoos, condicionadores e hidrantes corporais
*** Tisserand - todos os óleos de massagem, de banho e roll ons tem ingredientes seguros, o restante são produtos convencionais.
**** Weleda, a excessão são os shampoos e condicionadores, todos tem sulfato e alguns ingredientes problemáticos, o restante da linha é  ok


 Saboarias e cosméticos artesanais 100% naturais
- Aidée | simples e natural*
- Ewé
- Fefa  Pimenta [V]
- Jaci Natural [V]
- Sachi
- Sal da terra saboaria
- Santo sabão
- 4 mãos saboaria

Todas estas marcas usam somente ingredientes 100% naturais e em alguns produtos há alguns ingredientes orgânicos.
* A Aidée tem vários produtos 100% naturais, porém alguns tem corante (ultramarines)

Marcas internacionais
- Accure
- Badger
- Balm balm
- Blissoma
- Devita
- Dr bonner
- 100% Pure
- Max green alchemy
- Neal's Yard


Maquiagem:

Nacional:

- Baims (n) [V]
- Bioart (n) [V]
- Cativa (n) [V]
- Dona orgânica (n)
- Organela
- Splendor [V]


Estrangeiras:
- Alva

- Alverde* (o)
- Alima Pure (m) [V]
- Everyday minerals (m)
- Honeybee gardens (o)
-
ILIA
- Jane Iredale
- Lily Lolo (m)
- The all natural face (a)
- Vapour Beauty (o)

* Alverde tem certificado orgânico alemão porém alguns ingredientes são sintéticos

(m) mineral
(o) orgânica
(a) artesanal
[V] Vegana

Qual escolher?
Depende muito, o fator custo do cosmético orgânico certificado pesa muito nesta hora e se este for o caso, as marcas artesanais e as não orgânicas com fórmulas mais seguras podem ser uma boa opção.

Quanto à fórmulas, todas trabalham com ingredientes aprovados pelas certificadoras mas como dito, cada certificadora permite ingredientes que outras podem não aprovar.
 Então saber interpretar uma fórmula é fundamental e também seu critério pessoal de aceitação, isto é se você aceita usar um ingrediente com nota 5 no EWG.
Para paramêtros eu utilizo dois bancos de dados o EWG e o Good Guide.

+Acesse: saiba quais marcas são só propaganda de natural e  ecofriendly

A questão dos cosméticos orgânicos envolve não só fórmulas mais seguras e livres de ingredientes nocivos à saúde- mas a questão cruelty-free e ainda não poluentes ambientais.
Se você optou pelo lado verde da força, parabéns! Seu corpo, o meio ambiente e os animais agradecem!



nas compras no site da Aromalife! Clique e acesse!

 
Design by Free WordPress Themes | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes | free samples without surveys