Páginas

Mostrando postagens com marcador Sustentabilidade. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Sustentabilidade. Mostrar todas as postagens

14 de junho de 2015

Coisas artesanais na Natural Tech

Falei aqui do que foi lançado na Bio Brazil Fair, agora quero contar as coisas bacanas que vi na Natural Tech, no subsolo da Bienal

Este post fala um pouco também do que tenho priorizado na hora da compra, se tenho opção, vou comprar direto do artesão, porque eu gosto de saber quem é a pessoa por trás da marca e gosto de ler a energia da pessoa, (sim, eu sou Indigo e tenho esse super poder, kkkk.) Acabo levando isso também para o cosmético orgânico industrializado, estando na Bio Fair você consegue saber quem é a chefia rs...
Porque é muito bacana você agradecer pessoalmente quem fez sua comida, sua roupa, seu cosmético!
E acho muito bacana, um evento desse porte trazer microemprendedores e artesãos! Porque é disso que estamos precisando! Mais humanização e naturalidade no consumo! Impossivel não consumir, já que precisamos que saibamos onde estamos colocando nosso dinheiro, certo?


  • Kerai

Além de lindinhos esses sapatos são feitos de garrafa pet + aproveitamento de sobras de tecidos da industria textil. Moda sustentável, produtos confeccionados com tecidos de origem reciclada e orgânica , além de camisetas, mochilas  e bonés.


Não resisti e acabei comprando essa sapatilha verde, achei bacana para um look mais casual.
Não tem loja virtual, até tinha mas como a produção é em pequenos lotes, preferiram usar o facebook como divulgação dos eventos onde expõe e também é possivel reservar e marcar a entrega pessoalmente em SP, vide fanpage aqui.


  • Lótus
Paramos neste stand na esperança de conseguir uma massala kashmir, tempero chave para meu bolo integral, falei aqui. Não tinha... mas encontramos esse Chai! Estava aborrecida porque o pessoal da Tribal Brasil não trabalha no sábado por crença religiosa e já estava com larica de tomar o chai deles, falei aqui, e eu sou aloka do Chai no outono/inverno, porque além de muito bom, aquece rs... pulei de alegria! Também trouxe massala pra feijão, pra quem não sabe o que é massala, é um mix de temperos indianos. Voltei contente pra casa!
Depois entrei no site e vi que tem massala pra doce, que deve servir pra substituir kashmir massala, além de guee e os cosméticos artesanais da Cheiro Vivo... site aqui.


  • Cheiro Vivo
Vocês não tem noção da alegria que foi encontrar uma saboaria artesanal 100% natural na Natural Tech, por lá sempre tem alguns cosméticos artesanais só que de base convencional, com sulfatos, corantes, derivados de petróleo, que não servem pra ideologia do blog. Aí encontro a Ananda que dividiu o stand com a Lótus.


E não sei que força misteriosa é essa que me atrai para a India, Yoga,  Coach que fica 4 meses por ano lá com o Prem Baba, stand de massala e guee e agora uma saboeira que também viaja pra India rs...
Delirei quando soube que o sândalo usado no óleo corporal é o album, o que foi oferecido pra Jesus e é sagrado na India, já que este é o que produz a melhor madeira e óleo essencial. E a Ananda traz direto da India, eu consigo sentir a força e a energia dele, tanto que quando a Terra Flor lançou na Bio Brazil fair aqui, tive vontade de fazer reverência , sério!
Claro que também consegui sentir a energia da Ananda, o carinho que tem nesse óleo corporal  o Zen, e o que dá pra dizer do que vi, dos shampoos sólidos, sabonetes  , manteigas, sais de banho e as composições, a gente bate o olho e sabe que é cold process, lê a formula toda linda, 100% vegetal, tudo aprovadissimo!
Leitora viu no meu FB é disse que adora os produtos dela! Então merece muito estar aqui no PBS!
Os produtos estão a venda no site da Lótus e na loja virtual aqui

--------------------------------


*Este post foi feito de livre arbitrio, sem remuneração por parte das marcas aqui citadas.


10 de abril de 2014

Falta d'agua em SP

Como sabem, os reservatórios da capital paulistana chegaram a niveis criticos com cerca de 14% da capacidade e falta agua nas torneiras hoje...




Não acho que a culpa seja só do governo que deixou de fazer obras pra aumentar a capacidade dos reservatório ou para conter o desperdicio nos vazamentos que acontecem as vezes, claro deveria ter feito - mas não o culpo exclusivamente.

Não culpo São Pedro muito menos pelo clima maluco que tem feito nos ultimos anos.

Mas posso culpar a vizinha que lava a garagem e o quintal 2x por semana, o vizinho que se diverte lavando carro com mangueira também...
Você que não fecha a torneira enquanto se ensaboa, escova os dentes...

Enquanto isso a gente aqui faz musculação erguendo os baldes que o tanque encheu de agua desviada da maquina e também ergue os baldes com a água do chuveiro onde colocamos uma bacia pra coletar essa água

Se hoje a capital está assim, o efeito estufa, o consumismo desenfreado, a vontade absurda de todo mundo querer carro - tudo isso contribui para a poluição e o efeito estufa, que é culpa das ações individuais de cada um também.

E mais ainda responsabilidade individual de cada um, que desperdiça água com essas atividades. Lembre-se que você é o único responsável pelas suas escolhas e é você quem arca com as consequências depois.

Enquanto isso minha pia está cheia de louça e aposto que a sua também - mas você vizinha que gastou nossa água lavando sua garagem não pode nem reclamar...
#prontofalei!

E já escrevi um post sobre como economizar água aqui, então mesmo que você não esteja sofrendo com a seca, que tal partir pra isso? Se você está essa agua vinda da maquina e do chuveiro serve no mínimo pra dar descarga.

26 de janeiro de 2013

O principio da obsolecência planejada

No livro 'A História das Coisas' a autora Annie Leonard-( a mesma que fez o vídeo a história dos cosméticos) conta todo o caminho de como são feitas as Coisas, desde a extração de matéria prima, gastos com água, luz, até chegar na sua mão e até que um dia pifa - como sai muito mais barato e compensa comprar outra Coisa, a gente acaba comprando um novo.

Não deveria ser assim... por exemplo um noteboook, aqui se consome um a cada 3 anos... e são problemas simples como a placa de vídeo ou o cooler ... tentamos ver quanto saia consertar: R$1167 só as peças mais R$500 da manutenção- mais a espera de sei lá quantos meses - e veja bem era um Dell Vostro, projetado pra aguentar rodar progamas pesados de edição (nos seus ultimos meses tivemos que usar a TV como tela e um ventilador pequeno embaixo dele, affff DELL - vergonha de vocês!).

No fim, o jeito foi comprar outro mais moderrno e com mais capacidade de memória pra rodar programas e filmes, e vender a preço de banana o notebook com problema, e óbvio não compro mais DELL  (assim evitamos de jogar no lixo algo que pode ser aproveitado as peças).

A questão em si, é que é uma  %$#@%  sacanagem as empresas eletrônicas que se valem da obsolecência planejada:  programam o aparelho para ter vida útil saudável de uns dois anos- a partir daí, começa a dar problema e até que você não aguenta mais e quer comprar outro já que o preço do conserto não compensa.
É uma máfia pra fazer você comprar cada vez mais coisa, porque se você manda consertar, o fluxo de caixa das empresas diminui consideravelmente!

Felizmente algumas empresas ainda tem consciência e devem ser registradas, porque foi muito digno o atendimento da Oakley por exemplo.  Não é óculos barato no Brasil e nem nos EUA, na época paguei cerca de USD150 via EBay - toda vez que ia ao shopping e tinha o bonito na vitrine, ficava babando que nem cachorro em frente a máquina de frango da padaria rs rs... demorei três meses pra conseguir comprar, cerca de uns 3 anos e meio atrás.

Fala se não é pra morrer de amores?! É lindo demais!


Usei até meados de 2011 quando notei ranhuras, a lente dele ficou toda craquelada impossibilitando o uso porque atrapalhava a visão.
(NOTA IMPORTANTISSIMA: com óculos de sol não se brinca viu, pelamore não saia comprando um clone de marcas badaladas do camelô porque você corre o sério risco de ter uma catarata futuramente, já que um óculos fake, não tem proteção UV e vai dilatar sua pupila pra enxergar melhor diante da escuridão.)

Por isso  fiquei chorando aqui quando o bonito ficou encostado. Fui em óticas pra saber se tinha conserto e me informaram que a Oakley tem asistência técnica no Brasil. Weeeeeeeeeeeee! No site consta que todos os óculos da marca tem garantia permanente, sensacional - porque eu morri de amores por este óculos e acho que ainda usarei muito!

E o atendimento é fantástico - se o óculos está dentro da garantia de um ano o reparo sai de graça, senão você paga dependendo do problema.


O problema foi que: esse modelo específico  (Liv berry) em máscara é monolente, tinha que trocar inteiro.
Problema n. 2 pra trocar toda a lente custa R$170 a vista. E entre 2011 e até o final de 2012 estava com outras despesas extras pra empatar essa grana no conserto.

Pois bem... até que em novembro, conseguimos enviar para conserto... problema n.3 a lente dele teria que ser importada dos EUA, porque saiu de linha... até fazer o pedido, até chegar ... foram cerca de dois meses- nisso, deram a opção de pagar mais uns R$150 e pegar um outro a escolha, ou seja o preço de um óculos nos EUA.
Bati o pé... se falaram que tinha garantia permanente EU QUERO o reparo do meu xodó! Disseram que podia demorar até 3 meses - whatever, pouco importa- fiquei mais de ano com ele parado... se vira Oakley, prometeu tem que cumprir! E cumpriu!
O bonito chegou hoje aqui, perfeito!

Outra marca digna de nota é a Rayban - já troquei umas 5 vezes a lente de um óculos que eu tinha. Legal que tem assistência técnica em óticas comuns (e fiquei uns 7 anos usando o mesmo óculos só trocando a lente quando danificava...)
Parabéns pra essas empresas que oferecem a opção de conserto por um preço justo! Na época uma lente de RayBan saia a R$70 - bem mais barato do que comprar um outro...

Ok, daí vocês podem me dizer - "ah mas você emitiu carbono ao ter que mandar vir a lente"... então eu te pergunto, o que é pior?! Jogar no lixo um óculos que você ama, sendo que o conserto dele foi metade do preço pago por um novo?! Jogar no lixo uma coisa só pra aumentar a montanha de lixo que já tem por aqui?!

moral da história 1 - óculos vale a pena investir em um bom por conta da assistência técnica, que foge da regra da obsolência planejada, além da sua saúde ocular, óbvio.

moral da história 2 - antes de comprar verifique se a assistência técnica é eficiente e compensa comprar caso venha a dar defeito.

Se alguém tem um Oakley e tá chorando porque estragou, segue o site - clica aqui.



nas compras no site da Aromalife! Clique e acesse!

 
Design by Free WordPress Themes | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes | free samples without surveys