Páginas

Mostrando postagens com marcador Receitas. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Receitas. Mostrar todas as postagens

6 de setembro de 2015

Receita | Palitos de cebola e salsa

Quando se tira o glúten, suas opções de compra no supermercado ficam bem limitadas, o que acaba forçando você a meter a mão na massa literalmente! Uma das coisas que eu sentia falta eram snacks para o lanchinho da tarde. Tentei fazer uma torta com essa massa- que seria o equivalente a uma massa folhada gluten free e lactose (se usar margarina ou guee) , só que foi muita massa e acabei inventando esses biscoitos, viva!





Ingredientes:
-1 batata grande cozida e amassada
- 100g de farinha de arroz e mais um pouco se preciso
(depende do tamanho da sua batata!)
- 40g de farinha de grão de bico
- 40g de amido de milho ou fécula de batata
-1 colher e meia de chá de sal rosa do himalaia moído ou marinho
- 1 colher de chá de goma xantana
- 1 ovo graúdo batido
125g de manteiga/ guee ou margarina derretida
- 1 xicara de café de salsa desidratada
- 50g de cebola desidratada

Modo de preparo:
- Numa tigela grande peneire as farinhas, o sal e a goma xantana, junte a margarina ou manteiga e amasse bem.
Adicione a batata e amasse mais um pouco, em seguida o ovo e amasse até que se forme uma massa pegajosa mas que desgrude das laterais da tigela. Adicione a cebola e a salsa e misture bem.
- Faça palitos e asse em forma untada com óleo por cerca de 50 minutos em fogo baixo ou até ficarem crocantes.

Pitacos adicionais da Yumi
- Nós estamos numa dieta de pouco sal, se gostar mais salgado, ajuste.

- Não usamos margarina por ser um industrializado com muita química, use guee se precisa de dieta lactose free.

- Optamos pela fécula de batata pois amido de milho no Brasil só tem transgênico.

-  Receita original do livro Receitas para toda a família: Opções saborosas e nutritivas sem glúten e sem laticínios aqui, gostei muito! Tem 90 receitas para todas as refeições: Café da manhã, almoço, jantar, sobremesas e delícias de forno, eu particularmente achei muito bom, porque acertar uma massa sem glúten é díficil viu?!

- Se não colocar cebola e salsa e deixar descansar numa tigela tampada na geladeira por 30min você faz a massa folhada glúten free! É uma massa muito leve e crocante!

24 de maio de 2015

Receita | Fermento em pó substituto do Royal

Tentar uma vida mais saudável , tirando o máximo de ingrediente potencialmente nocivos, tanto química quanto transgênicos dá um certo trabalho.
Pra quem gosta de fazer bolos e tortas com uma certa frequência, o fermento químico em pó era um problema, porque tem aquele T amarelo , advertindo ser trangênico, e neste caso o amido de milho!

Como não consigo parar de fazer bolos, a Fefa ensinou essa receita:
- 1 colher de sopa de bicarbonato de sódio
- 2 colheres de sopa de cremor de tártaro
- 2 colheres de sopa de fécula de batata ou polvilho doce.





Falando no cremor tártaro (que eu nem sabia da sua existência até a Fefa passar a receita rs...) : é um pó branco, sem sabor e sem odor, que você encontra facilmente em supermercados na sessão de temperos.
É um subproduto da produção de vinho, que fica no fundo do barril ao fim do processo,  retirado e moído para ser utilizado.

Senão  encontrar, como eu que rodei a cidade toda e nunca vi rs... tem nessa loja  online aqui, as leitoras já compraram lá, é confiável
Dá pra substituir com suco de limão, usando o dobro da quantidade de cremor, ou seja, para ½ colher de chá de cremor de tártaro, use 1 colher de chá de suco de limão.

Eu já fiz fermento usando 1 colher de chá  de bicarbonato e 2 colher de suco de limão, a acidez é necessária para o fermento agir, e pode ser um quebra galho na falta dele.

Pronto, acabou a sofrência do fermento ser transgênico!

5 de abril de 2015

Receita | Torta de cebola e palmito


Estou tentando cortar o glúten pois suspeita-se  que ele esteja ligado a dores e fadiga crônica,alterações no humor, gastrite que é o meu caso, entre outras coisas.
É um pouco complicado fazer esse transição, então estou fazendo gradualmente.

Tortas e bolos são coisas que sempre faço para nosso lanche da tarde, eu em casa e marido no trabalho.
 Então testei inúmeras massas de torta até chegar nessa que nós preferimos, sabe aquela massa que se faz com biscoito maizena?! É bem parecida!





Ingredientes da massa:
-150g de farinha de arroz
- 100g de mix de farinhas de chia, linhaça e amaranto
- 50g de manteiga
- 1 ovo comum ou de chia
- meia colher de chá de sal

_______________________

  •  Em uma tigela acrescente as farinhas, a manteiga derretida e o ovo, misture bem.
  •  Numa assadeira redonda de cerca de 20cm de diâmetro com fundo removível, vá montando a massa: coloque um pouco, e aperte bem, nas laterais, vá colocando aos poucos e molde a uma altura de cerca de 3cm
  •  Reserve

Para o recheio:
- 1 cebola grande
- azeite para refogar
- meio vidro de palmito em cubos
- 1 copo de requeijão
- 2 ovos
- sal a gosto
- 50g de queijo ralado

_________________________

  • Pique a cebola em cubos de cerca de 1,5cm
  • Em uma frigideira, coloque azeite suficiente, refogue a cebola por cerca de 3min, acrescente o palmito, desligue o fogo e reserve
  • Em uma tigela média bata os 2 ovos, acrescente o requeijão e o refogado de cebola e palmito, misture bem
  • Coloque o recheio dentro da massa e ajeite
  • Ajuste a altura da massa com os dedos, achate até a altura do recheio
  • Polvilhe o queijo ralado
  • Asse em forno médio, pré aquecido por cerca de 20min ou até ficar dourada






Dicas extras:

- Testei com os dois tipo de ovo: comum e de chia, desta vez usei o de chia: 1 colher de sopa de chia + 4 colheres de sopa de água.
Preferi pra usar menos ovo.

- Mix de farinhas: Se não encontrar o mix pronto, bata os ingredientes no liquidificador até virar farinha, eu uso na proporção 1:1:1.
 Se não tiver todos estes ingredientes, use dois deles.

- Uso flor de sal ou sal rosa do himalaia pra agregar minerais.

- Não coloco sal no recheio pois o queijo ralado já tem bastante.


3 de novembro de 2014

Bolo integral com massala

Já tinha feito o recheio desse bolo, com base numa massa integral de pacotinho. Como não achava o produto e marido estava com vontade, fui tentar, e deu certo!
Aqui não é um blog especializado em culinária,  quando é uma criação minha faço a olho, vamos ver se vocês entendem, qualquer coisa pergunta ok?!

O interessante desse bolo, além de ter escolhido bem os ingredientes , é a kashmir massala - esta aqui (vende online, mas já tem em muitos empórios e mercearias), que eu amo e quis botar em tudo, kkkk -  ela não se mostra logo de cara, você precisa saborear o bolo calmamente, sente um ardidinho gostoso de pimenta do reino e no fim, o sabor dela fica na língua, é bem bacana a experiência! Além de ter agradado muitos no curso de Constelação Familiar.

Éum bolo muito nutritivo e rico em fibras, o intestino agradeceu! Ah as maçãs usei com casca para aproveitar as fibras.





Para a massa:
-  3 ovos
- 1 1/2 xicara farinha de trigo integral
- 1 1/2 leite de aveia
- 1/2 xic oleo vegetal de cozinha
- 1/2 xic açucar mascavo
- 1 xic oleaginosas (aprox 100g)
- 1 1/2 colher de sobremesa fermento em pó
- 2 col sopa kashmir massala
- 11/2 colher de cha de fermento em pó

Para o refogado de maçã

- 2 maças com casca picada em cubinhos
- água suficiente para cobrir o fundo da frigideira
- açucar mascavo até cobrir toda as maças ou a seu gosto
- 2 colheres sopa kashmir massala


Em uma frigideira média, coloque água suficiente no fundo de modo que você possa refogar todas as maças, polvilhe o ácuçar mascavo por cima delas, kashmir massala e refogue até ficarem cozidas, aproveita e sente o cheiro maravilhoso da massala perfumando toda a cozinha. Reserve

Como fazer a massa
:
- Pique as oleaginosas ou se preferir, triture no liquidificador ou mixer de modo que fique pedaços pequenos, reserve.
(eu tinha avelã e nozes, mas você pode usar castanha do pará, castanha de caju, use sua imaginação!)

- Separe clara da gema e bata as claras em neve, reserve.

- Numa tigela grande bata as gemas, junte a farinha integral, o áçucar mascavo, adicione o óleo vegetal (pode ser de soja mesmo) e o leite de aveia,misture tudo.
(eu fiz com 1 xic de farinha integral + 1/4 de Trato Fit MãeTerra aqui e a aveia que sobrou do leite de aveia)

- Adicione as maçãs refogadas, as oleaginosas, massala e fermento em pó misture bem e por fim adicione as claras em neve.





- Em uma assadeira média, unte com manteiga  ou óleo vegetal e farinha se precisar (margarina não, aprendi no curso de Constelação Familiar que margarina por não estragar, não é de Deus...), eu usei uma forma muito  doida de silicone, fundo de vidro e lateral removível de silicone, essa aqui, maravilhosa, desenforma o bolo e o prato fica de suporte, como dá pra ver na primeira foto, então pulei essa etapa rs...
- Asse em forno médio por 25 a 30 min.

Pedacinho de avelã e nozes !

3 de maio de 2014

[Receita] Aspargos ao molho de gergelim

Agora que estou na correria, receitas práticas são meu ponto-chave para a sobrevivência rs...
Aspargos tem alto teor de fibras e feito desta forma, serve como a própria salada ou acompanhamento.
Como é uma receita 'a olho', escrevi da maneira mais fácil possível e para quem gosta de receitas com um toque oriental é bem fácil de fazer!



- 1 pacote de aspargos frescos

Cozinhe os aspargos no vapor para preservar os nutrientes ou dê uma ligeira escaldada em água fervente, o ponto é até ficar macio.
Reserve.

Para o molho de gergelim:
- 4 colheres de sopa de água fria
- 3 ou 4 colheres de sopa de shoyu
(depende do teor de sal da pessoa)
- 1 colher de óleo de gergelim torrado
(atenção que é o de uso culinário!)
Misture tudo e reserve

- 1 colher de sopa de sementes de gergelim preto torrado
Para isso, aqueça uma panela pequena e coloque o gergelim, dê ligeiras sacudidas na panela para que o gergelim torre por igual.
Quando o gergelim começar a pular na panela está no ponto.
(coisa de 1 ou 2 minutos)

Espere o gergelim esfriar, e acrescente ao molho.


Neste ponto varia, eu costumo colocar metade do molho sobre os aspargos e a outra metade sirvo numa tigela para que a própria pessoa se sirva de mais se quiser - mas também pode colocar todo o molho de uma vez na travessa.
E sim, é servido frio.

Serve de 2 a 4 pessoas, dependendo da fome e da quantidade de pratos extras.

11 de março de 2014

Receita | Banana frita com massala

Essa é a coisa mais fácil do mundo!
Bom para uma sobremesa rápida ou no meu caso, quando a larica por doce me ataca rs...


Você precisa de:
- Uma frigideira
- Óleo de coco
- uma banana
- Kashmir massala ou canela em pó
- Mel ou agave para adoçar

Modo de fazer:
- Frite a banana até ficar douradinha (uma marca marrom indica o tempo certo) que leva cerca de dois minutos
- Coloque num prato, polvilhe a massala e jogue um fio de mel ou agave pra adoçar

Mais fácil que isso não tem... o ponto alto aqui é o festival de cheiros: óleo de coco fritando é muito gostoso e só ele já mata um pouco a vontade de comer doce, a massala espalha seu perfume por toda a cozinha e fica uma locura de bom!
Essa é a Kashmir massala que tem canela, cardamomo, cravo, Kummel, Macis (que não sei exatamente o que seja mas são temperos indianos) e pimenta do reino, é interessante como fica docinha com um leve toque ardidinho.
Essa eu comprei no Maha Mantra,o restaurante orgânico e indiano que costumo frequentar mas tem o site, clica aqui.  Ou na Aromalife aqui
Agave orgânico eu compro na Natue, clica aqui

Claro que você pode facilitar e fritar com algum outro óleo, usar só a canela e não adoçar... mas daí você perde o festival de cheiros e sabores que só uma boa massala indiana pode ter...

Independente da forma que fizer, fica bom do mesmo jeito! Bom apetite!

30 de abril de 2013

Chazinho para tosse e antigripal

Nessa São Paulo que parece ter ganho um inverno antecipado principalmente a noite, a tosse pegou maridom.
Ao invés de xarope pra tosse (sim, ele é farmaceutico mas abomina medicação) ele recorre ao chá indicado por mim:



Como fazer:
- Rale cerca de uma colher de café de gengibre
- Ferva com uma caneca com água mineral ou filtrada

Quando ferver adicione:
- 1 colher de sopa de folhas de guaco
- 1 colher de sopa de folhas de eucalipto

Desligue o fogo, tampe. Aguarde a infusão ficar pronta, adicione suco de meio limão e adoce com mel (veganas - substituam o mel que ainda assim funciona!).

Porque funciona:
Gengibre ralado: trata dores de garganta e tem propriedades analgésicas, além de ser  expectorante e desinfetante pulmonar
Guaco: Eficaz contra gripe, rouquidão, infecção na garganta, tem efeito broncodilatador e expectorante
Eucalipto: trata a tosse por conta da sua função expectorante, é indicado para tosse, gripe, bronquite e sinusite
Limão: com alta concentração de vitamina C, trata infecções pulmonares e também gripe
Mel: Clásico para tosse, ajuda a reduzir a inflamação e o inchaço na garganta



Tem um sabor bem peculiar - mas agradável: ressalta o gengibre, fica um fundo azedo do limão junto com o doce do mel.
O gosto das demais plantas fica imperceptível. Eu gosto bastante e é muito eficaz.
Tomado  3x por dia, ajuda a eliminar o catarro,  eliminar a rouquidão e claro, tudo vai depender do organismo, por aqui - em cerca de três dias os sintomas são atenuados.

UPDATE: leitora disse que na falta do eucalipto colocou hortelã e funcionou também, além de ter ficado ótimo! Hortelã é super benéfico para tratar tosses e resfriados!

Você pode querer ler:
DIY | Sinergia para micose

8 de janeiro de 2013

Suco vitalizante

Oi gente, hoje começo a postar algumas das receitas que tem feito parte da minha dieta detox porque muita gente tem pedido a respeito.

Os sucos vão de acordo com o que você desejar para o dia, não obrigatorimente dia X deve ser este ou dia Y aquele outro. E lembre-se, não é tomando um só suco que você vai obter resultados - os sucos ajudam bastante, mas para isso deve ser usado continuamente, juntamente com refeições saudáveis e equilibradas

Segue então o suco vitalizante:
- 2 maçãs descascadas e sem a semente
- 1 pera preparada idem a maçã
- suco de um limão
 - 5 rodelas de gengibre cru
- água a gosto para diluir

Bata tudo  no liquidificador e sirva imediatamente



Ele é um suco de sabor ligeiramente azedo e um pouco ardidinho pelo gengibre - eu que amo coisas apimentadfas, adoro!



Os responsáveis maiores para dar um turbo na dieta são o gengibre e o limão
- Gengibre: Ajuda a acelerar o metabolismo, aumenta o tônus do sistema digestivo, impedindo a formação de gases e consequentemente você fica mais leve, ajuda em casos de reumatismo, bom para tosses e excesso de catarro.

- Limão: agente desintoxicante, combate o ácido úrico, regenera tecidos inflamados das mucosas, tonificante do fígado e vesícilas 

Nota: ao manipular o gengibre  limão é importante lavar bem as mãos para não correr o risco de manchar a pele.

Você pode querer ler também:
Explicando a dieta detox 
 Resultados da dieta detox 
Sinergia Slim -By Samia 

   Observação:   
Caso você esteja acessando o blog via tablet ou celular, é necessário usar a 'visualização versão web' para que seu comentário seja postado via Disqus e assim respondido.



23 de dezembro de 2012

Livro grátis: As melhores receitas do Vista-se!

O Vista-se é o maior portal vegano do Brasil e acaba de lançar a 2. edição das melhores receitas já publicadas no site.
Eu não sou vegana mas tenho simpatia pela causa bem como respeito e admiração a quem é.


Pra quem já é - é uma dica ótima, pra quem não é pode aproveitar pre descobrir novos sabore e maneiras de preparar a comida. É excelente também para gente com intolerância a lactose e problemas de colesterol.



Para baixar o livro, acesse o link - clique aqui.

   Observação:   
Caso você esteja acessando o blog via tablet ou celular, é necessário usar a 'visualização versão web' para que seu comentário seja postado via Disqus e assim respondido.




nas compras no site da Aromalife! Clique e acesse!

 
Design by Free WordPress Themes | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes | free samples without surveys