Páginas

Mostrando postagens com marcador Projeto menos lixo. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Projeto menos lixo. Mostrar todas as postagens

1 de setembro de 2018

Meu kit Zero Lixo

Desde que eu comecei o blog, também buscava alternativas pra não usar produtos de limpeza industriais com químicas potencialmente tóxicas e nocivas para nós, tenho algumas receitas AQUI.

Sobre a diminuição do lixo, aqui é um saquinho de lixo pequeno, 1 caixa de papelão de 50cm p/ lixo reciclável  por semana e 2 pacotes de areia pra gatos - essa da areia foi só porque um gatinho preto resolveu morar aqui haha, porque nossos outros 3 gatos vão fazer as cacas no matagal em frente ao condomínio, grazedels.

Como gostamos bastante de comer fora, principalmente pra mim que fico o dia todo trabalhando  em casa. de uma a 2x por semana estamos comendo fora, então é claro que teria meu kit menos lixo.




Eu comecei com um estojinho de plástico com Hashi, garfo e colher  que comprei na Daiso e já tinha comprado esse kit azul pro marido, que comprei no Wish aqui. Só que demorou 5 meses pra chegar rs...

Chegou beeeeeeeeem antes o kit de talheres de bambu no tecido salmão que ganhei de Natal de uma amiga da Paninhos, melhor presente ever! 




No Kit da Paninhos vem os talheres, o guardanapo e um canudo de bambu, mas minha amiga optou por um kit sem o canudo e completou com um de inox que pensando bem eu prefiro o de inox porque acho mais higiênico.
.m

Os hashis comprei na Liberdade, de bambu mesmo - e tem uma dica: quando você for comprar hashis, veja se tem ranhuras na parte que você pega a comida, um hashi todo liso é muito ruim de pegar.

Óbvio que, se eu tivesse conhecido essas opções nacionais não teria comprado no Wish, mas como a gente já tem, vamos mostrar:



Pra dizer a verdade, quando finalmente chegou - nós achamos o jogo muito bem feito e bonito, tem AQUI- lembra muito trabalho de utensilios em madeira das feiras de artesanato.

É interessante que a colher é bem funda - e se você procurar desses kits em lojas como Daiso ou Liberdade, é provável que só vá achar com colher e Hashi, porque os orientais comem carnes sempre picadinho e nunca em bifes ou filés. E sopas também fazem bastante parte do cardápio.
(E não, não abrirei espaço pra debate sobre compra em sites como Wish ou Ali, porque é impossivel jamais consumir algo vindo do país )

O guardanapo azul petróleo, comprei na Tok & Stock por  R$10 - geralmente esse é o preço praticado por lá, então se você precisa de um, fica aí a dica.

Aí vem os utensílios pra bebidas: A garrafinha verde comprei na Etna, eu não posso carregar tanto peso assim na rua, senão chego no compromisso morrendo de dor por conta da fibromialgia - por isso preferi uma pequena, BPA free, claro - tem AQUI





Esse copo da Menos 1 lixo foi um presskit da Cristal Muniz, no lançamento do livro dela, foi um presente muito bacana e claro, a cara da proposta dela! O mais engraçado é que sempre quando alguém mostrava ficava dizendo que um dia iria ter.... e tive! E eu amei esse tom de verde, tenho andado nessa vibe!

Uso esse copo agora, tem AQUI.
Eu tinha a primeira versão do Menos 1 lixo, de inox, tem ,  - mas eu acho ele barulhento demais rs...  deixei pro marido, embora nós sempre saímos juntos  e ele carrega uma garrafa de inox de 750ml

Essa necessaire de tecido, já tem uns 18 anos... sério! Eu nunca encontrei um bom uso, porque foi aquela compra de: "Ai que fofa!" (parei tá?! Não compro mais só porque achei bonito) - mas finalmente encontrei o uso perfeito, até pro chaveirinho fofo de um presskit da Cativa - combinou e ficou mais fácil de puxar o zíper.

Dentro do bolsinho eu levo num frasco de 30ml Shoyu Daimaru que é livre de glutamato monossódico, e é 100% natural, já viram os ingredientes dos shoyus mais famosos do mercado?! É de dar medo!
Além de não ingerir tranqueiras, levar teu próprio shoyu ajuda ainda mais na redução de lixo.

Enfim, eu sei que não é o kit mais perfeito se formos olhar pra ideologias neste contexto - mas é o que temos pra agora, está nos servindo bem.



18 de maio de 2015

Compras na Zona Cerealista SP

Se você pensa  em se alimentar da forma mais natural possível e com preços justos e se está em SP, você devia conhecer a zona Cerealista!
 Em SP é comum ter ruas especializadas, entre inúmeras outras, tem a rua das Noivas na Estação da Luz, a rua de materias e embalagens para cosméticos do lado do Poupa Tempo Sé e tem a rua das mercearias a granel a av Mercúrio, pra quem vai de metrô, desce na estação Dom Pedro II e vai andando ou se você quiser emendar o Mercado Municipal com a Z. Cerealista, dá três quadras de distância, fica bem  entre estes dois pontos de referência.
Se você pretende abastecer a despensa  vá de carrinho e sapatos confortáveis, porque se anda muito por lá.

Lá você encontra por exemplo: arroz 7 grãos numa média de R$8 o kg, praticamente o mesmo preço para 500g nos supermercados, daí você já tem ideia de preços. Além de todo tipo de farinha que você nem imaginava que existe  e coisas mais excêntricas, como favas de baunilha, sal rosa do himalaia (média de R$34 o kg) e também alguns produtos orgânicos, como os da Native, óleo de coco Dr Orgânico entre outros, não tem muita coisa porque não é o foco mas pelo menos uma prateleira você encontra destes produtos nas dezenas de lojas.

Pra quem está cortando o glúten, lá é o lugar ideal, pois se encontra fácil farinha de arroz, fécula de batata, farinha de grão de bico, farinha de trigo sarraceno, tem até o orgânico de quinoa + amaranto orgânico da Reserva Mundi, muito mais rico nutrionalmente e caro tanto quanto, R$20 o pacote 





E preços justos assim, é porque o forte é a venda a granel, você pode pedir a quantidade que quiser que eles vendem.
Quem acompanha as redes sociais do blog sabe que estou na fase minimalista e na redução de lixo.
Então fui lá toda contente levando meus próprios potes, quando ninguém mais faz isso, nunca vi...
na esperança de reduzir o descarte de saquinhos plásticos - consegui?! Mais ou menos...




Primeira dificuldade: você leva seus potes numa ecobag, certo?! Pois é,não pode entrar com sacola nem com seu carrinho, restando deixar na grade do carrinho de compras ou levar uma bandeja grande pra deixar os potes, eu não levei porque nunca tinha feito isso, ficou lá na grade do carrinho mesmo... sorte que eu sempre carrego meu spray antisseptico de alcool + OE DIY , falei aqui e sorte também que tinha guardanapos de tecido na bolsa, que agora carrego, mostrei no Instagran aqui, não foi prático nem comum ter feito isso mas foi o jeito.

Segunda dificuldade: obrigatoriamente todos os itens tem que ser pesados em sacos plásticos, então a atendente pesou no mesmo saco, um por um dos itens e despejou nos meus potes, gastou um saquinho , onde foi colado a etiqueta com o codigo de barras, consegui salvar dois saquinhos e numa única loja a Casa  de Saron, gosto muito, é bem completa , vide site aqui.

Nenhuma loja aceita que se pese direto no próprio pote, não tiram a tara, somam o peso do pote + o produto, todas vão nos saquinhos e quando você chega em casa tem um monte de plástico pra descartar...  a Saron ainda deu um jeito, nas demais eram todos saquinhos individuais, só restou fazer essa cara:


Ainda agradeço que uma loja consegue fazer dessa forma, porque dá desespero o tanto de saquinhos que sai de uma única compra. Já é uma esperança né?! Por fim, foi o´único local possível de levar seus potes!




Ah, e guardei a notícia mais bacana para o final rs...
Na Casa de Saron tem toda a linha Phytoterapica e mais em conta até que o próprio site da marca, paguei R$34 no creme para pés , enquanto no site está R$39,60, tem também creme dental Orgânica a R$14,40
Tem uma outra que esqueci o nome tem Phytoterapica e By Samia, o jeito é entrar em todas agora rs... mas é perto uma da outra, umas quatro lojas depois da Saron. Só presta atenção que By Samia vale os óleos essenciais , vegetais, argilas, óleos de banho ou massagem, os cosméticos tem alguma substância sintética que desagrada as consumidoras de cosméticos orgânicos.


21 de fevereiro de 2015

Ecotips | Sacos para verduras e legumes reutilizáveis

Com a mudança de casa, pudemos perceber o quanto as coisas que compramos vem muito embaladas, as vezes até em excesso! De compra em compra juntou dezenas de sacos plásticos de tudo que é tamanho e que provavelmente nunca acabariam se eu continuasse a pegar sacolas.

Claro que já tinha ecobags e evitavámos ao máximo pegar novas no supermercado, além delas, procuramos sempre ir onde disponibilizavam caixas de papelão,  que eu adoro pra colocar o lixo reciclável e levar na cooperativa.

Só que fazer feira no supermercado sempre gerava dezenas de saquinhos transparentes  ( claro que ir na feira orgânica é sempre melhor, mas viajar pra SP só pra fazer feira as vezes era inviavel e emite carbono, melhor mesmo sempre é comprar no mercado local e ainda não estamos podendo comer 100% orgânico), tentei reutilizar mas acabavam rasgando, e fiquei pensando em como reduzir estes...

... até que minhas preces foram ouvidas e alguém pensou nesse problema, apareceu esse DIY de saquinhos de tule reutilizaveis pra usar na feira, clica aqui.

Só que, eu não sei costurar, minha tia que sabe já não enxerga tão bem e a maquina de costura da minha mãe não está boa... e momys só tem passado uma semana em sampa city, sem tempo pra isso #comofas?!
Até que me veio a ideia de que é praticamente o material das washing bags,  tenho e salvou minha vida de desatres na hora de lavar... mas no Brasil, mesmo na 25 de março,estes saquinhos saem entre $10 a $20 e óbvio que vem da China...
Então fui pesquisar... no site mais odiado pelos ambientalistas e cruelty-free, cara U$1 por cada saquinho, ajuda muito! Pois você precisa de uns 10 no mínimo, aqui.
Pesando no quanto iria deixar de poluir  com saquinhos plásticos, acho que valeu a pensa porque nem loja hype como Tok&Stok e Etna escapa de ter coisas da China e hiper faturado é bom que se diga
Então não vi problema em dar esse dinheiro para o chinês que abriu a lojinha ali.
Se você está lendo isso num tablet, no cel ou no PC, já comprou da China, e se guardou suas compras na geladeira também... além disso, se você prefere marcas ecofriendly como Ecotools ou Everyday Minerals também é fabricado lá... por isso itens que sei que preciso, que não é mais um supérfluo pra poluir e onerar o ecossistema, compro sem culpa.
No mundo ideal, o certo é você mesma costurar ou pedir pra alguém fazer, massss...

E não, eu não estou podendo gastar mais de $100 em washing bags por aqui... e as danadinhas são muito bem feitas! Se sujar põe na máquina junto com panos de prato ou toalhas, assunto resolvido...



Enfim, as trocentas sacolinhas que vieram das compras que não tinha como escapar acabaram agora, foram seis meses de compras, em dezembro chegaram estes saquinhos e hoje vi que só tinha três em casa, que sim uso pra por no lixo do banheiro, da cozinha e um pra  lixeira externa/area de horta, então resolvi pegar três no mercado, faço as compras por semana mesmo...

É engraçado passar no caixa do supermercado, as moças sempre olham surpresas, o pessoal da feira orgânica achou interessante. E  mesmo aqueles mercados que colam a etiqueta com código de barras, dá pra colar numa boa até chegar no caixa.

E chega a dar desespero o tanto de plástico que as compras fazem, não só no saquinho mas uns 70% das coisas  são embaladas em plástico... então uma redução do que puder evitar é muito bem vindo a meu ver.
Reutilizar sempre vem antes de reciclar nunca é demais dizer...

Update: leitora disse que tem no Amzon! É um pouco mais caro mas se você não quer comprar direto da China é a melhor opção, clica aqui


Cupom válido durante todo ano de 2018- acesse!

 
Design by Free WordPress Themes | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes | free samples without surveys