Páginas

Mostrando postagens com marcador Fadiga adrenal. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Fadiga adrenal. Mostrar todas as postagens

10 de outubro de 2017

Uma Constelação sobre fadiga adrenal e o não fazer

Ontem coloquei minha fadiga adrenal no campo da Constelação. Já falei AQUI, o que é - mas resumindo: é como se o corpo funcionasse como um celular com apenas 5% da carga, e em vez da gente parar de usar pra recarregar por inteiro,damos pequenas cargas sempre que encontramos uma tomada, no nosso caso, à base de café ou coca-cola, várias vezes ao dia Também foi colocado a dor muscular que a fadiga adrenal acaba se mostrando como sintoma... A dor se mostrava como uma Yumi enfaixada, assim que o representante tirou as faixas... se estendeu no chão, adorando estar ali apenas curtindo.

algo assim...


Nessa hr a coach instruiu pra ocupar meu lugar nessa dinâmica.

Eu disse que estava delicioso ficar ali relaxando mas que eu tinha que sair dali pra fazer inúmeras coisas...
A coach disse: tua medicação pra fadiga adrenal é justamente isso: não faça!
Eu perguntei: mas como assim - pode ficar sem fazer nada?! Pode ficar no Dolce far niente?!
- Sim, pode... você precisa criar espaço interno... - e como se cria espaço interno?!
Meditando e relaxando... e no meu caso... a profilaxia é ralaxando e tomando sol pra recarregar as baterias! (e produzir vit D que anda bem baixa por aqui...) Foi nesse ponto que a culpa por não estar atendendo full time, não estar estudando absurdamente e compulsivamente sobre a dinâmica familiar da família narcisisista, não estar respondendo a todas as questões que as pessoas colocam nos grupos e que provavelmente sei a resposta, não estar deixando a casa impecável, não ter mais ideias do que eu TENHO QUE FAZER pra me curar disso, fez simplesmente: Puf! E outra... essa vida não era a minha... era a esperada pelo meu sistema familiar, ou seja era uma mentira!
O que acontece é que meu corpo está tão sobrecarregado com tantos abusos, minha mente está tão farta desses anos que parece que está entupido! E com esse entupimento, meus fusíveis das supra-renais entraram em curto! E o termo mais conhecido disso é Burnout. Meu corpo tem cerca de 50 sintomas de fadiga adrenal segundo o Dr Lam, um médico americano que hoje considero o papa da fadiga adrenal. Tem no site dele AQUI Aí que o bicho pega pra mim especialmente vindo de uma família japa com rigidez de samurai - como assim, não fazer?! Tá doida?! Você tem que ser ótima dona de casa, ótima terapeuta, ótima blogueira, ótima amiga, ótima esposa, ótima familiar e ainda ótima aluna de autoconhecimento!
Além de ser minha própria terapeuta floral e aromaterapeuta. E outra: minha mãe foi criada somente tendo valor pelo nível de produtividade, especialmente laborativa e assim tendo valor pelas coisas materiais que conseguiu... E foi essa a mensagem que meu sistema tem no hardware: produza o máximo que você puder pra ter algum valor na sociedade!

Quer ver um parâmetro absurdo e surreal do nível de exigência da minha mãe - na cabeça dela meu blog só teria algum valor se eu tiver algo como 100.000 leitoras. Então todo o trabalho duro de mostrar pras pessoas que há cosméticos livres de crueldade e não poluentes não é válido
(há 6 anos atrás só haviam 3 blogs bons no assunto: o da Heglaé e o da Michele e o meu).
Também não é válido toda semana alguém vir me contar que algum post na temática narcisista ajudou essa leitora. Toda essa crença interna, já aliada a uma extrema depressão por conta da dinâmica familiar narcisista me fizeram abandonar o blog por completo por 6 meses...
E aí entra a aceitação do que realmente EU SOU e não o que números e cifras se expressam por mim, do bem que eu fiz a 4500 seguidoras é o que posso fazer neste momento. Agora que é o aprendizado mais punk hardcore que preciso mergulhar: o não fazer! (Tem um texto ótimo sobre isso AQUI até porque eu fiquei com cara de ?!?!?! como se faz isso ?!).

Além do citado no texto, meu desafio está em querer parar de estudar compulsivamente pra chegar no resultado esperado: a cura da fadiga adrenal.
Ano passado, eu estava tanto no papel de 'consertador' e 'fazedor', bem típico de bodes expiatórios de família narcisista: querer consertar todo meu sistema familiar através de Constelação, que estava tendo uma mente em colapso, meu personagem nesse tema estava tendo tremores. Nesse dia... eu simplesmente me libertei desse personagem... Foi só sair desse papel que os tremores cessaram... A partir daí começou a fluir mais minhas questões pessoais. como por exemplo essa da Fadiga adrenal. Bem... se você está nessa situação absurda de ter sobrecarregado teu corpo e mente com tantos TENHO QUE... espero que tenha te ajudado de alguma forma! A minha prescrição terapeutica está em tomar sol e fazer mindfulness - o que realmente acredito que sirva pra qualquer uma que esteja neste quadro!


Cupom válido durante todo ano de 2018- acesse!

 
Design by Free WordPress Themes | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes | free samples without surveys