BELEZA SEM CIGARRO

[Diário] Parando de fumar semana 1. Clique na imagem para ler os post do diário.

Store Cosméticos e Cia

Encontre produtos 100% naturais e orgânicos: Cosméticos, maquiagem.


Cupom válido durante todo ano de 2017 - clique e acesse!
Mostrando postagens com marcador Auto ajuda. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Auto ajuda. Mostrar todas as postagens

6 de outubro de 2015

Ecobag | Outubro rosa

E cá estamos em outubro e a gente aqui do blog acredita em prevenção - mas daí você diz que os principais sites sobre o assunto consta que não é possível a prevenção, ok  mas você pode substituir seus vasilhames plásticos por alternativas sem Bisfenol-A, um conhecido desregulador endócrino. "sua composição química é  muito semelhante à do estrogênio. Assim, ele pode fazer o papel desse hormônio no organismo", afirma Elaine Frade Costa, endocrinologista da Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia do Estado de São Paulo (SBEM-SP). Pode desequilibrar o sistema endócrino, causando  puberdade precoce e câncer de mama.

A outra forma de prevenção é observar seus sentimentos, sim nós acreditamos que doenças são sempre holísticas e que de certa forma Orai e Vigiai (seus pensamentos e sua vida e não a vida alheia rs...) é certamente um remédio  super eficaz e o que é melhor: de graça!




Segundo Rudiger Dahlke, a mama simboliza a maternidade e a capacidade de nutrir.Quando algo de tão duro e maligno como o câncer de mama cresce de maneira tão palpável no lugar mais belo e macio que existe no corpo, provoca verdadeiro horror.
Aquilo atingiu a afetada no lugar mais sensivel, nas proximidades do coração, e ela guarda para si, não deixando que ninguém perceba o quanto está ferida e zangada - o corpo precisa mostrar o que está realmente acontecendo. Ela se aflige com algo muito mais do que admite, aperta em seu peito para ocultar o que  feriu e zangou. Ela não grita mas guarda no peito, onde pode encarnar e transformar o ultraje em câncer.

Toda a agressividade, energia destrutiva, avidez agora está desperta. Nódulos em si, são sempre um problema não solucionado - então a pergunta é: o que te feriu tanto e que te deixou tão aborrecida?!
O câncer é fundamentalmente um sinal de que não se trilha o próprio caminho e no caso deste, toda a problemática da maternidade (não necessariamente um bebê, pois assim sendo todas as que não tiveram filhos teriam câncer!) que é de cuidar e ser cuidado, alimentar e ser alimentado, prover e ser provido.

Cada caminho é único e é preciso realizá-lo . É preciso deixar claro que  não se está de acordo com tudo  e com todos  mas que tem a intenção de trilhar o próprio caminho e com isso é preciso abrir mão da suavidade, da flexibilidade, da capacidade de adaptação.

Resumindo: é preciso ter o amor próprio!

Entrando na Aromacologia...






...diferente do que se pensa... a rosa sendo o simbolo máximo do amor, acho que a fitinha e a campanha devia se chamar outubro laranja , pois dentro dos meus estudos quem mais tem a ver com toda a questão da psicossomática do câncer de mama é a bergamota!
Que é o óleo essencial do amor próprio, promove a auto estima, ameniza a auto-crítica e a negatividade que porventura possa atrapalhar trilhar o próprio caminho.


Também pode ser usado a anis estrelado, o óleo essencial do amor incondicional, que desperta a essência do feminino, promove a cura das relações através da doação e facilita a avaliação e compreensão das relações conflitantes. Pode ser muito útil para o entendimento daquilo que feriu tanto.

Cipreste também pode ser muito útil ao liberar mágoas antigas, culpas e tristezas. Além de conduzir ao silêncio interior e desabrochar a sabedoria e amadurecimento da personalidade, que com certeza ajuda na hora de trilhar o próprio caminho.

Outras dicas para modificar o padrão comportamental referente a este câncer- clica aqui.

Lembrando que estes são os óleos essenciais escolhidos por mim como aromaterapeuta ao analisar a temática do câncer de mama. O blog não fornece fórmulas, caso queira marque uma consulta online  aqui
O blog não se responsabiliza pelo uso incorreto ou indevido dos óleos essenciais.


17 de setembro de 2015

Leituras de setembro

Essa tag teve uma boa aceitação aqui por isso continuarei- que bom terem gostado!
Pra comemorar o equinócio de primavera, que foi ontem mas que foi um divisor de temperaturas por aqui, foi só ele ter vindo que trouxe o calor, e a gente ama o calor é bom que se diga...
... nada melhor que um livro todo lindo, florido e alegre.


  • Pensamentos do coração - Louise L. Hay
É o novo livro dela, e até paguei mais caro pra ter JÁ! - marido sabe que amo L. Hay e me deu de presente logo que chegou na livraria rs... Porque vocês se lembram que estava com uns incomodos internos e que quando não sei o que fazer eu leio?!

É excelente, porque se você não sabe como funciona a lei da atração e como suas emoções te fazem adoecer ou ter acidentes (sim, um acidente nunca é puro azar, isso não existe... é teu subconsciente te dando o recado.... que você não ouviu , daí o Universo deu um jeito de fazer você ver... da pior forma...), você pode ler todinho... que sim, eu acho importante ou procurar no índice a questão que incomoda...

.... ou a parte mais legal, quando você realmente não sabe o que está pegando, senta, respira fundo e pede pro Universo te trazer a resposta, daí abra o livro aleatoriamente...




O mais louco disso foi minha amiga sugerir bergamota tempos atrás, quando abri o livro aleatoriamente caiu bem aqui: aceitação.
E bergamota nos diz: "Eu sou diferente e eu gosto de mim. " - e isso não é pura aceitação?!
Então adotei a frase como meu mantra.
(se você não sabe, tudo aquilo que é repetido constantemente é uma oração ou um mantra, a repetição só serve pra fazer nossas cabeças duras aceitar e internalizar...)

Na Saraiva física está a R$45, no Submarino R$38,60 aqui





  • A magia - Rhonda Byrne

Este comprei via Kindle, porque livros que não preciso consultar sempre prefiro assim pra diminuir minha taxa de carbono e demanda de arvores e ocupar menos espaço na casa (leio cerca de 4 livros por mêss, pensa...).
Basicamente fala da gratidão,  como aplicar pra ter a vida que você sempre quis.
Antes que você ache besteira, Einstein e Newton eram gratos! Agradeciam a tudo e a todos...
Para os céticos é só pensar na lei da física:Toda ação provoca uma reação igual,l ogo ->


O inverno é a pior temporada de todas, faz frio, contrai os músculos, dói tudo, não consigo dormir, fico mau humorada, e era todo dia assim... Até que cansei.. e esbravejei...
Até acho bom que eu chegue no limite e não aguente mais, porque todas as vezes que aconteceu, acabei encontrando as respostas, e esse livro apareceu do nada pra mim, nos anúncios do Fb - e na verdade foi só mais um reflexo de usar as afirmações de L. Hay: Tudo que preciso saber vem a mim.

Minha coach diz que é normal você esquecer quando está no meio do furacão. Por mais que já soubesse aplicar O Segredo pra conseguir as coisas que queria,eu esqueci tremendo de frio.
Pois bem, esse livro é pra você praticar os ensinamentos dele por 28 dias. Agradecer a coisa como se já tivesse recebido. Ponto... Pra tudo: relacionamento, dinheiro, saúde, sucesso, trabalho,bons resultados.

Muito doido?! Há 10 anos , quando cansei de relacionamentos que não deram em nada, apliquei isso, naquela época, li num livro da Seichô-no-Iê,
( o Segredo ainda não tinha sido lançado)


Pois é, eu escrevi exatamente as qualidades que gostaria num marido e ainda me dei ao luxo  de descrever o físico também.... pois saibam que meu marido é IGUALZINHO  aquilo que tinha escrito!

Então, se sua vida não está do jeito que você espera saiba que:
- Quanto mais você reclama mais motivos pra reclamar você vai ter,
- Quanto mais você agradece mais motivos para agradecer terá.


Na verdade, ficar agradecendo o dia todo traz outro benefício: não dá espaço pra reclamar da vida, porque você está ocupado pensando naquilo que quer/gosta e não no que odeia e reclama. Assim como adotar um mantra ou afirmação.
E se querem saber , até a Marie Kondo diz pra agradecer por tuas coisas, vide aqui

E claro, recomendo que leia, mesmo porque tá baratinho no Submarino R$11 aqui mais barato que pelo Kindle

Ah sim, e vai mais um conselho: é tentador achar 'digratis' na net qualquer livro , mas sabe o que eu faço?! Eu compro, porque é a minha forma de agradecer a quem me deu tantos bons ensinamentos, porque autores vivem disso né... eles também precisam comer #ficaadica

29 de junho de 2015

Leituras de julho


Vou compartilhar minhas leituras com vocês, leio muito livro de auto-ajuda entre outros interesses, porque além de me ajudar a ver onde posso melhorar também me ajuda no meu trabalho de psicoaromaterapia, pois não são só os óleos essenciais, o coaching , o acompanhamento do cliente também é parte do processo de cura.
E pasmem! Se vocês pensaram que minha vida é perfeitinha, porque sou aromaterapeuta, se enganaram... costumo dizer que sou 'a work in progress' e na verdade, ser terapeuta me faz ver com muito mais nitidez onde as coisas podem melhorar...

Estou em mais um daqueles momentos de incomodo interno, precisando rever muitas coisas, como a alimentação, tenho minha coach mas ela não faz todo o trabalho, diria que 80% do trabalho é meu, por isso quando não sei o que fazer... vou ler! Graças a L. Hay treinei minha caxola pra receber o que sempre preciso saber pra melhorar e livros acenam pra mim na livraria rs...

Enfim, eis aqui os livros escolhidos pra me acompanhar em julho:



  • Você pode curar sua vida - Louise Hay

Este me acompanha  mais de década e é um daqueles que não empresto:foi e é um dos pilares na minha jornada de autoconhecimento. Hay mastigou todas as teorias que já vi nO Segredo e até na Seichô-no-Iê e transformou numa linguagem facil e super acessivel
Consegui aplicar na prática o poder das afirmações e acreditem, já consigo a proeza de achar vaga no estacionamento em SP em cerca de 10 min além de sempre atrair o que preciso aprender.
Fala de todos os setores da vida: relacionamentos, finança, saúde entre outros. Também conta sua vida , como criou um câncer e como se curou dele, mudando o modo de pensar.

Já leio e releio há anos mas é impressionante como algo que você deixou passar batido porque não fazia sentido naquela época, agora reverbera e mexe.. as vezes até dói ou você tem vontade de tacar na parede!
Recomendo pra quem precisa dar uma virada na vida, por R$24,90 aqui.

  • A mágica da arrumação - Marie Kondo

Sugestão muito agradecida de uma leitora do blog! Já disse aqui que entrei num processo minimalista e mudei para uma casa com 1/4 de tamanho da anterior, como também disse que tenho muita coisa!
Faz um ano que estou louca tentando arrumar e na verdade esse livro me fez reler L. Hay porque graças às coisas pude perceber a falha - sim, segundo o livro as coisas também tem a função de autoconhecimento. Uma abordagem bem leve, um relato de como ela chegou a ser a maior personal organizer do Japão com fila de 3 meses de espera e que tem a ver com O Segredo, Seichô-no-Iê , Louise Hay porque todos falam de sermos gratos, a tudo... e vem cá?! Quem aí agradece a todas suas coisas?! Só agradeço aos óleos essenciais... fala da energia das coisas que usamos, da função daquilo que compramos mas já não serve... as vezes até um livro que você compra e não lê nos fala que não precisamos daquele ensinamento! Há relatos de pessoas que até emagreceram porque se livraram do excesso! E todas estão muito mais felizes!

Já li e estou relendo pra por em prática a arrumação!
Tem uma matéria sobre o livro aqui e você pode comprar por R$18,90 aqui*

  • Detox de 10 dias - JJ Smith
Li até a metade porque simplesmente não consegui por em prática - mas colocarei!
A autora relata sua experiência em ter se intoxicado pelas amalgamas dentárias, como afetou sua saúde e o modo de fazer o detox. Amei porque tem tudo a ver com o que o blog pensa - em como estamos intoxicados e a saúde a desejar por isso!
Já tinha feito um detox mas não só de sucos verdes e já senti uma boa diferença. Sinto que preciso de outro detox por estar com fadiga e alterações de humor, no meu caso, muito a ver com o glútem (ou retirada dele) mas é interessante porque diz como um corpo intoxicado tem apetite pra besteiras, há quem tenha perdido 6, 7 kg... mas este não é o objetivo, que fique bem claro, é uma consequência!
Postei aqui o questionário  para avaliação da necessidade do detox, clica aqui
Quando fizer conto aqui. Por R$17,90 aqui*.

  • A dieta da mente - Dr David Permutter
Esse foi um daqueles livros que acenaram pra mim enquanto procurava um titulo pra dar de presente... já tinham me dito que dor crônica e fadiga estão associadas ao glúten - preferi deixar pra quando tivesse tempo pra estudar sobre... e a hora chegou, tanto que já faz 3 meses sem glúten e uma luta pra aprender a cozinhar sem trigo, porque... ô coisa mais onipresente! Tem em tudo!

E... parei de ler... porque não tive estomago pra terminar, nem cabeça devido ao processo de rever as coisas... li o suficiente pra decidir tirar o glúten, pois além de fadiga, está ligado ao alzheimer e diabetes... meio terrorista mas os pacientes curados de até disturbios que nunca foram diagnosticados,definidos como 'loucos' foram sanados... pra inicio de conversa... as vezes você acha que está com barriga mas na verdade é literalmente uma barriga de trigo, que inflamou seus tecidos adiposos...
Mas claro, tá aqui porque quero ler tudo! Por R$26,90 aqui*.


E vocês já leram algum destes?! O que estão lendo de bom?! Aceito dicas!
*contém link afiliado




7 de junho de 2015

Pintando mandalas

Este livro de colorir foi irresistível pra mim, pegou uma das minhas vertentes espirituais, juntou hinduísmo com budismo e frases iluminadas, pronto - tive que levar pra casa rs.


Resisti muito a comprar um livro de colorir, mesmo porque mandalas podem ser baixadas de graça na net, e era o que fazia há muito tempo, pinto mandalas desde que descobri seu potencial terapêutico na minha jornada de cura e autoconhecimento, só tem dez anos isso rs... a diferença é que hoje pinto diariamente, seja mandala ou um cenário, tem me feito muito bem, depois conto!


O que é uma mandala?!
Mandala é uma palavra em sânscrito que pode significar 'circulo' , 'roda' ou 'totalidade'

No hinduismo, uma Mandala determina um espaço sagrado central desenhada ou pintada, figura como suporte para meditação. Na tradição budista tibetana, os lamas consideram as Mandalas como sendo uma imagem interior, representante da situação interior que, estando perturbada, busca auto cura espontaneamente.
 Reunião de tudo o que existe. Coloridas, geométricas ou cheias de desenhos sagrados ou básicos. Construídas com base em inúmeras cores, materiais, flores ou areia.

São centros de energia que visam equilibrar, purificar e transmutar o mundo externo e interno. Mágicas e enigmáticas atraem facilmente quem está num movimento de autoconhecimento e cura ou quem se atrai pelo hinduismo ou budismo.


Promovem um estado meditativo ou introspectivo e podem ser pintadas por crianças e até idosos idade. As Mandalas estimulam a mente e também concentração, quando se busca equilibrar as emoções, pensamentos e até os aspectos que se estendem ao campo físico humano. Assim é uma boa ferramenta para processos de cura.

Carl Gustav Jung  estudou as Mandalas e as viu como uma figura  relativa a integração e a plenitude psíquica, voltando ao esforço natural de auto cura. Deste modo, pintar Mandalas servem como seu espelho, vale como um registro, uma foto do seu estado emocional e da sua atuação, seu jeito de ser no mundo e da sua maneira de vivenciar suas experiências - quem aí não gostou ou quis desistir de pintar um desenho porque não estava do jeito que queria?!  Pois é, do que você não gosta em você?!


Os desenhos podem ser simples ou complexos, elementos da natureza ou divindades. O próprio processo de colorir a Mandala já nos traz um estado de meditação, a escolha das cores, do significado, como distribuir cada cor nos espaços e ao final a contemplação do trabalho depois de pronto.



Lápis aquarelável Faber Castell, Giz aquarelável Caran D'ache , Aquabrush Sakura


Mandalas já são utilizadas em alguns países, na pediatria, concluiu-se que o trabalho ajuda no momento de felicidade e relaxamento da criança internada. Terapeuticamente ajuda a alcançar o equilíbrio emocional, desenvolvimento intuitivo e paz interna. Através do centramento, da atenção focada em pintar, esquecemos por hora das dificuldades e problemas.
Sua pintura, ajuda também nos processo de crescimento pessoal e espiritual.

Em alguns povoados, mandalas são desenhadas na porta das casas para que olhando para sua beleza, as pessoas foquem no belo e no bom, evitando inveja ou más energias.

Já existem workshops voltados para a pintura de mandalas e eu intuitivamente usei os sprays do kit  equilibrio da SS aromaterapia, falei aqui, mais tarde descobri que a Solange, a aromaterapeuta responsável da SS ministra workshops em SP, vide aqui*.


Euzinha aqui com a mente Vata ligada no 380v, com síndrome da mente macaca, descobri minha forma preferida de meditar. Eu não consigo ficar muito tempo na meditação tradicional, já na pintura, consigo 30 minutos ou mais, uso o spray tranquilidade e vou... tem dias que não consigo mesmo, vou arrumar  uma baguncinha, levo o copo pra cozinha... nessas horas vou de óleo essencial: sândalo, cedro, jatamansi ou o que me apetecer, não existe uma regra, deixa a intuição te levar, nosso corpo é sábio e sempre mostra sinais, experimente!

Os benefícios trazidos pela pintura de mandala são:

- Ativação de energia positiva
- Cromoterapia
- Meditação ativa
- Equilíbrio espiritual
- Cultivo de serenidade
- Ajuda a desenvolver a auto estima pela expressão da criatividade
- Desenvolver outras formas de expressão
- Expandir o autoconhecimento e imaginação
- Descobrir aptidões
- Aprimora o raciocínio
- Efeito calmante: relaxamento físico e mental;
- Aumento da concentração; Direciona as ações, levando ao centramento
- Leva o contato com a própria essência, expandindo a consciência;
- Cultiva a paciência e a tolerar a frustação;
- Descobrir novas formas de ver o mundo exterior, assim promove uma melhoria nas relações interpessoais.
- Filtrante de mensagens agressivas que chegam, promove  respostas mais centradas e tranquilas.
- Trabalha o hemisfério direito do cérebro, o que é muito bom se sua mão dominante é destra.

Que tal pintar a mandala abaixo?!
Segue algumas dicas:
- Prepare um cantinho confortável com boa iluminação  e onde você possa estar só por algumas horas
- Se quiser use óleos essenciais para meditação em um queimador a vela para tornar a experiência mais agradável. Algumas sugestões: laranja, lemongrass, lavanda, mirra, sândalo, cedro ou algum aromaspray que goste.
- Ouça uma música se quiser

Aqui vão duas vertentes para trabalhar a pintura da Mandala:
1 -Siga o que seu sentir te diz, não racionalize, não explique. Pinte conforme sua intuição, olhe as cores e use a que mais te agradar.
- Se vier pensamentos, apenas perceba e nunca  brigue com eles, sinta o que veio à tona emocionalmente enquanto pintava um detalhe ou quando usou determinada cor.  Eu gosto de anotar para analisar junto com a pintura final da mandala.
Ao  final contemple a pintura , pode dar um nome à Mandala. Por exemplo o nome da emoção que te veio ou um mantra

 2- Você pode iniciar a pintura partindo de uma emoção, por exemplo Alegria
ou um mantra que pode ser hindu ou até uma afirmação, que na verdade é um mantra. Por exemplo:
"Om Sri Ganeshaya Namah"- que resgata o amor próprio. Gosto de escrever mantras porque a escrita tem uma força própria, então é bacana trabalhar as cores com o que te vier a respeito do tema. Para o amor próprio bergamota é linda pois também atua no chakra cardíaco, anis para  trabalhar amor incondicional.



Nestas duas experiências, principalmente se utilizados óleos essenciais puros no difusor, podem vir insights ou provocar catarse, por exemplo vontade de chorar. Se quiser chorar chore, ão se reprima!
Anote o que surgir emocionalmente e também sua  observação sobre o desenho pronto, mesmo se não fizer sentido, anote, a resposta pode vir mais pra frente.
Já tem o hábito de pintar mandalas ou mesmo colorir outros livros?!

*A citação da marca SS aromaterapia foi de livre e espontânea vontade sem qualquer remuneração recebida.

6 de janeiro de 2014

Retomando a atividade física

Sei que foi um erro isto mas eu admito que não dava conta, os emaranhados emocionais eram tantos que o único ásana que fazia no automático era a pose 'o pensador de Rodin', eram tantas questões que ficava horas lendo, conversando com a coacher, com a terapeuta... Médicos me puxavam a orelha quanto a isto, por conta da dor crônica era uma prescrição médica fazer exercícios... mas ok, não tive o controle das coisas suficiente pra fazer isto no olho do furacão...

Nisso passou-se um ano, entrou uma depressão chorosa e aí que sumiu mesmo a vontade de fazer exercícios...  a postura do cadáver olhando para o teto na esperança de conseguir alguma ajuda do alto era a minha preferida...

... até que implodi em setembro... me entupindo de besteira, nada a ver com o foco do blog eu sei. Mas como já disse sou humana e cheguei na fase 'o pote de sorvete é meu melhor amigo'. Claro que isso me fez ganhar uns pneus, sou magra, Vata (saiba qual seu dosha aqui.).

Mas algo aconteceu quando passei um dia do feriado de natal chorando junto com a chuva no hotel fazenda em que me refugiei pra dar uma pausa na pose 'o pensador de Rodin' - rá... ledo engano quem disse que você pode fugir dos problemas viajando? E lá se foi um dia inteiro chorando...

Não sei como aconteceu exatamente - mas me lembrei das palavras da coacher antes de viajar: "já que vai para o meio do mato, entregue suas dores para a mãe natureza cuidar, ela é sabia..." Também me lembro que a prescrição da aromaterapeuta para aquele meu estado foi o óleo essencial de mirra...
"Busca espiritualidade, limpeza das feridas da vida, elevação. Conectar o céu e a terra, permite trabalhar em harmonia com toda fertilidade que a terra oferece"

Então eu pedi para o Universo, para a Mão Natureza tão sabia que fez parar a chuva, chamou um casal de araras pra me acordar daquela choradeira, enxugou as lágrimas, meio que sincronizado com a parada da chuva, abriu até um solzinho tímido...
Até que me peguei andando na grama descalça e até que uma vontade irrestível de fazer yoga me veio... na grama, olhando para as montanhas....

graças ao meu marido 'maníaco da câmera - tive a benção de ser flagrada neste instante....


Vou te dizer que teve um alívio instantâneo daquelas dores da alma que me fizeram chorar o dia todo, como se a natureza acolhesse tudo aquilo e tirasse com a mão...
Então as coisas ficaram mais claras e soube exatamente quais eram as dores que me fizeram chorar o dia inteiro.

E assim pude esclarecer cada parte dessa, inclusive um dos maiores emaranhados que venho tentando resolver há anos na família... de repente me senti como se depois da chuvarada, um arco-íris e passarinhos cantando junto ao som de Over the Rainbow aparecesse... e assim se fez a paz...
E posso te dizer com toda certeza que a prescrição da coacher de me conectar com a natureza e entregar a ela as dores mais o óleo essencial de mirra foram cruciais neste processo e mais ainda que a natureza cura!
(na verdade achei muito lindo, foi praticamente um milagre de Natal junto com o OE ofertado à menino Jesus... emocionante! Sou muito grata a toda essa egrégora da natureza, a terra, os OEs...)

Como estou contendo despesas, resolvi continuar a prática em casa com a ajuda do Wii , sim o videogame da Nintendo, rs...
Sei que funciona pois o Balance Board é tão preciso que consegue medir cada oscilação, cada tremida que o corpo dá...
Pois bem, depois da calmaria, um acontecimento conseguiu me tirar do centro,  hoje pude ver o quanto as emoções afetam o corpo... no início estava tudo chacoalhando, instável... o gráfico do wii ficou um rabisco doido parecendo criança aprontando na parede...

... aos poucos, ao começar a voltar para meu centro e focar no yoga, o corpo foi se estabilizando e a mente ficou mais serena...
Então, se você está precisando se centrar mais, recomendo bastante... são duas experiências que já dizem meus motivos pra persistir na yoga, esquecer que tenho dor crônica e fazer a qualquer custo... aprendi que o exercício pode aliviar o stress,me tirar do olho do furacão e ainda trazer clareza a mente...

E assim começa 2014... que tal começar uma rotina de exercícios também?

31 de dezembro de 2013

E um feliz 2014!

O ano de 2013 provavelmente foi um dos mais desafiadores em termos emocionais, Saturno reinando fez o lodo do fundo do aquário subir e não podia mais deixar de ver, a bagunça estava escancarada, clamando por uma faxina... (e aposto e ganho que foi assim pra muita gente...)
... houve momentos que quis fugir, momentos que chorei, me fechei na concha, compensei em tranqueiras, nada a ver com a proposta do blog - mas sou humana e me dou o direito de fazer isso, acho que o importante é notar, ter consciência de que 'opa, volta pro teu rumo, larga as tranqueiras...'

Mas mais importante em todo esse processo, é essa reflexão que recebi num cartão de natal e que com certeza serve pra todos nós:

clica que amplia

Fico feliz que muitas dessas reflexões foram minha realidade durante este ano... claro, não consegui alcançar toda a humanidade (e nem tenho essa pretensão...) e alguns ideais ficaram pendentes, porém sou grata por ter mais um ano pra continuar conquistando ...
...enfim, estou nesta jornada e a minha mensagem é: este é um trabalho continuo, que jamais deve deixar de ser feito...

Que em em 2014 você tenha humildade pra reconhecer os erros, forças para conquistar seus ideais, um coração amoroso o bastante para perdoar a si mesmo e ao próximo, paciência para esperar o tempo de Deus que é diferente do nosso... e saúde pra sustentar tudo isso...

E se precisar, peça ajuda... aceita ajuda de uma terapia por exemplo... somente olhando para nossas sombras, nossos defeitos e procurando corrigi-los, sendo pessoas melhores para nós mesmos, se cada um fizer isso , só assim o mundo será um lugar melhor... Leia mais livros de autoconhecimento, que inspiram...

 Muitas dessas conquistas foram frutos de um trabalho árduo, nada confortável e facinho.... em terapia, levando uns tabefes as vezes... mas acredito que Deus é tão bom e misericordioso que coloca ao nosso serviço estes anjos que te acompanham nessa jornada, os florais, a aromaterapia... que não me canso de agradecer: se consegui alguma coisa foi graças a ajuda deles... também me agradeço, pois mesmo sendo dificil, dolorido, ter tido vontade de ficar na concha, tive força pra prosseguir... e assim é o processo: sem teu esforço e vontade, nenhuma terapia, nenhum óleo essencial ou floral faz mágica, você precisa querer acima de tudo!

E esta é uma coisa que deveríamos fazer mais: nos tratar com mais gentileza, reconhecer seus esforços, as vezes é preciso um puxãozinho de orelha mas ficar se menosprezando a todo instante só piora as coisas, tenha sabedoria para se acolher e dar uma bronquinha de vez em quando... Se já tivessemos concluido todo o trabalho da nossa existência, já estariamos tocando harpa numa nuvem rs...

Deixo também uma música que transmite exatamente isso que estou tentando te dizer:




E que venha 2014! Estou pronta pra continuar a reflexão e as mudanças que ainda preciso fazer, como diz a música 'é por isso que estou começando comigo'... E que você também possa ser a mudança que deseja ver no mundo!

6 de dezembro de 2013

OE da semana: manjerona - o grande consolador

Estes últimos meses tem sido muito difícil pra mim, a influência de Saturno tem revirado o lodo do fundo do aquário e tem mostrado tudo que preciso passar a limpo...
Como se fosse pouco sofri o maior golpe emocional do ano inteiro - o afastamento de uma pessoa a quem considerava muito.
Antes de entrar no OE em questão quero deixar algumas palavras aqui:

"Às vezes perdemos as pessoas, porque escolhem nos deixar. Rejeição é uma das experiências mais dolorosas que passamos. A sensação de que você deu a alguém o seu coração e, em alguns casos, anos de seu tempo e sua atenção e sua energia e eles e decidiram que preferem seguir em frente sem você, pode ser devastador. 

Mas eis um ponto:  Se alguém não quer mais te ver, se não pôde reconhecer o presente que você é com toda a sua singularidade, então é bom que te libertou. Se eles fizeram isso de uma maneira horrível, que é parte de sua jornada, e um reflexo de onde eles estão em seu próprio desenvolvimento. Se alguém não é capaz de reconhecer a pessoa incrivel que você é, o melhor a fazer é libertar-se. "



Claro que isso nem sempre é fácil e de fato é muito dolorido, É mais devastador ainda quando você sentiu que foi usada e quando você não serve mais simplesmente é descartada... Como dito acima, o que resta a fazer é deixar ir, libertar-se...

Mas e o que se faz com a dor no coração que dói tanto que parece que lhe enfiaram uma faca? Se atracar num pote de Hageen Dasz e chorar as pitangas, além de ser extremamente calórico e junk food (embora delicioso)  ajuda momentaneamente, acredite, já fiz isso nestes dias que estive chorando e não deu certo...



Orar para encontrar conforto ajuda e muito mas ajuda também a encontrar uma luz... e essa luz foi a manjerona ( Origanum Majorana)... que encontrei o poder de conforto dele, quando chorei dias quando minha terapeuta floral, amiga e colega do grupo de auto conhecimento faleceu há três anos atrás... as vezes minha timeline do Fb parece uma bola de cristal e me mostra exatamente qual OE necessito naquele momento...

E desta vez- de novo, quando a dor do rompimento estava insuportável, perguntei para minha aromaterapeuta se poderia usar... e realmente a manjerona é tão magnífica neste aspecto que gosto de chamar de 'mãejerona' pelo conforto que dá e ajudar a diminuir gradativamente a dor emocional. Conforta, acalenta, consola...
Hoje estou bem,após três dias, a lembrança as vezes dói mas já não existe mais a dor dilacerante.
Sou muito grata a mãe natureza que nos dá tudo para nosso bem-estar físico e emocional.

IMPORTANTE: este post possui caráter informativo e não substititui a consulta com uma aromaterapeuta, manjerona não é indicado na gravidez nem para diabéticos.

29 de novembro de 2013

E você agradece?

Hoje convido para uma reflexão: todo mundo lembra do Thanks Giving - o dia de Ação de Graças por conta do Black Friday, que nos EUA fazem ofertas arrasadoras, tão arrasadoras que um atendentente de loja morreu há alguns anos,pisoteado pela multidão ensandecida querendo comprar...

Àlias o que é mesmo Ação de Graças?! Geralmente é um dia quando as pessoas usam seu tempo livre para estar com a família , fazendo grandes reuniões e jantares familiares. É também um dia em que muitas pessoas dedicam seu tempo para pensamentos religiosos , orações e missas -iniciou-se com  festivais em agradecimento às boas colheitas por ano, ou seja um dia para agradecer...

E colheita pode ter um sentido mais amplo, como sucesso no trabalho, as graças que a vida nos dá e um sem número de coisas a serem gratas - inclusive a própria vida, sua saúde e o bem estar dos seus queridos, pra mim isso não é pouco e apesar de não ser tradição o dia de Ação de Graças aqui no Brasil, que a imensa maioria só lembra por ser Black Friday nos EUA pois a edição brasileira é um fiasco.

Sendo adepta da Seichô, aprendi desde cedo a agradecer as coisas, as coisas que você recebeu e também pelas coisas que você deseja - ser grato por algo que ainda não recebeu é simplesmente usar a lei da atração para atrair o que você deseja para sua vida, veja:
- Que droga não consigo compar minha casa
- Sou extremamente grata pela minha nova casa

É simples esse conceito: você atrai aquilo que sua mente está sintonizado, se você reclama de tudo, atrairá mais coisas para reclamar, se você agradece as coisas que já tem e agradecer como se já tivesse recebido o que deseja, é como um imã poderoso, uma corrente super positiva... duvida?!
E se você acha que não tem motivos pra isso - e a água que você pode tomar sempre que quiser? O chuveiro encanado pra poder tomar banho e se refrescar? A comida que tem na mesa - muita gente não tem isso...


Há anos escrevo nestes diários de gratidão, na página de 'Gratidão Agora' as coisas que sou grata no dia de hoje e na página de 'Intenções de gratidão', por exemplo, se sou grata por onde moro agora- escrevi por anos a gratidão por ter onde morar, fiquei evocando a minha própria casa nas ' Intenções de gratidão' ainda, e assim aconteceu...
Mas claro que isso não é instantâneo né... as coisas acontecem quando estamos prontos, quando merecemos e no tempo que Deus julga adequado (depois falo mais a respeito) - mas o importante é praticar e internalizar isso dentro do coração.



Ah, uma diquinha básica, vira e mexe leio por aí que as coisas são caras, que 'não posso comprar', se você ficar falando isso sempre é como um mantra e é isso que se torna realidade, experimenta dizer: 'Sou muito grata por poder comprar essa make maravilhosa' por exemplo, experimenta ué, não dói...

Claro que você não precisa comprar O livro da gratidão dO Segredo, você pode fazer isso com um caderno comum, mas eu realmente gosto dele, se você não sabe como a Gratidão é poderosa ele descreve e ensina esse mecanismo maravilhoso e em todas as páginas tem uma frase de gratidão para mentalizar...  fora que eu acho ele muito lindo.
Obviamente você pode pesquisar sobre gratidão na net também e começar a praticar - este é um dos pilares, uma das premissas dO Segredo.
E óbvio, não sou zen, nem cheguei na iluminação completa, ainda dou meus mimimis... mas tento praticar o pensamento positivo.

Conheci numa loja física da Saraiva, depois sumiu de lá e encontrei no Submarino, varia em média de $30 a $40 - clica aqui e também no Amazon clica aqui

Ah e se você não acredita, agradeço que guarde seus pensamentos mimizentos para você... mas se você tem algo a agradecer, que tal por em prática?!

31 de março de 2013

Caminho das Indias | Sri Prem Baba

Atualmente não tenho uma religião que posso dizer que sigo e frequento, o que faço é trabalhar o auto-conhecimento e a espiritualidade.
Fui batizada católica, casei em uma cerimônia budista realizada por um oficiante  da Seichô-no-Iê (tá curiosa?! Leia lá no Yummy Tips - clica aqui), segui e sigo os ensinamentos da Seichô-no-Iê, tomo passe em centro espirita kardecista, tenho como guia espiritual nada menos que Kuan Yin (uma dos sete mestres ascencionados) e fui parar num curso de auto-conhecimento e Constelação familiar sistêmica, cuja coacher tem como guru o Prem Baba (inclusive ela está com ele lá na Índia em mais um retiro de auto conhecimento...). Logo, posso dizer que sou discipula indireta de Prem Baba.

Sim, sou eclética - e antes que digam que é errado fazer essa miscelânia, te digo que mais errado é julgar, e como o próprio Jesus diz na Bíblia:'Por que é que você olha o cisco que está no olho do seu irmão e não vê o pedaço de madeira que está no seu próprio olho'

Enfim, hoje é Páscoa e claro, todos lembram do sofrimento ,crucificação  e Ressureição de Cristo... mas acho que mais importante do que comer bacalhau e ganhar ovos de chocolate superfaturados é se lembrar de seus ensinamentos.


E de certa forma Janderson Fernandes de Oliveira, um paulistano -ensina a espiritualidade e a religação (religião em latim = religare) com a espiritualidade. Independente de ser Sidarta Gautama - mais conhecido como Buda, Jesus Cristo, Dalai Lama... ou mesmo Prem Baba, o mais importante é essa religação com a espiritualidade que todos estes homens iluminados passam para a humanidade.

Janderson com aproximadamente 14 anos de idade, começou a praticar Yoga e buscava técnicas de desenvolvimento dos poderes da mente.

Nessa época, ele ouviu pela primeira vez um bhajan (canção devocional em sânscrito) indiano em louvor à Sita e Ram. Aquelas palavras ecoaram profundamente até que uma voz interior lhe disse: “Quando você completar 33 anos vá para Rishikesh, na Índia.

Se formou em psicologia, passou por várias religiões desde o Catolicismo, o Evangelismo, o Budismo e o Kardecismo, entre muitas outras, até a Umbanda e o Candomblé.

Mais tarde, buscou autoconhecimento através das terapias de Buda , do mestre indiano Osho e acabou se transformando num facilitador desse trabalho. Em seguida, fundou o Corpo e Consciência – Centro de Terapias e Meditação, onde oferecia grupos de estudo do Pathwork , terapia primal, renascimento, sessões de terapia individual, etc.

Com tudo isso, Janderson se tornou um professor espiritual que orientava centenas de pessoas e tinha vários seguidores. Porém,  carregava a angústia causada pela consciência da hipocrisia de estar transmitindo um conhecimento emprestado. Como alguém que não se iluminou poderia falar sobre iluminação? Ele sabia que era apenas mais um cego guiando muitos outros cegos.

Seu sofrimento foi crescendo na medida em que suas tentativas de encontrar respostas eram frustradas, pois não tinha um mestre vivo para orientá-lo. Quando estava perto do ápice da sua crise existencial, recebeu, através da graça, um presente: A visão de um velho de longas barbas brancas, nos Himalayas que dizia assim: “Ao fazer 33 anos, venha para a Índia, para Rishikesh.” Imediatamente ele relembrou da mensagem que havia recebido quando era adolescente.

Nessa época, Janderson estava noivo. Então, decidiu casar-se e passar a lua de mel na Índia. Lá, fez turismo e visitou mestres iluminados, mas não sentiu absolutamente nada. No caminho em direção a Rishikesh, conta que foi envolto por uma luz clara que lhe trouxe uma canção e muita paz. Isso fez sentir que estava no caminho certo.

Passou por vários iluminados, mestres indianos e gurus.Conta que, durante uma profunda meditação na qual sentia estar indo de encontro a Jesus Cristo, ao abrir os olhos, viu um indiano de cabelos black power, vestindo uma túnica laranja. Ficou impressionado, pois não tinha nenhuma conexão com esse mestre até então.

 A partir desse dia, Prem Baba passou ter muitas visões com Sai Baba e compreendeu que se tratava de um chamado para visitá-lo. Então, ao chegar no ashram de Sai Baba , foi tomado por uma intensa experiência mística e conectou seu coração com o dele. Passou a visitá-lo todos os anos.
Em todas as suas visitas, Sai Baba o abençoava: em meio a dezenas de milhares de pessoas, ele parava na sua frente e acenava com a mão direita para abençoá-lo. Prem Baba o reverencia e agradece por ter recebido muita inspiração para a criação do método chamado “Caminho do Coração” e também do “ABC da Espiritualidade.

"As pessoas vinham para o retiro espiritual ainda com muitas questões ligadas à criança ferida e eu tinha que transformar o retiro num trabalho de cura. Eu vi que os processos terapêuticos que estávamos oferecendo não estavam sendo suficientes. Faltava algo prático que ajudasse o buscador a lidar com os sentimentos reprimidos e auxiliasse na purificação e ajudasse no trabalho de ativação de consciência maior"
 Foi quando surgiu inspiração de fazer o ABC da Espiritualidade, uma das principais ferramentas d´O Caminho do Coração; um trabalho de purificação e transformação do ‘eu’ inferior”


A flor do dia- postada diariamente no Facebook, que é um trecho de um Satsang que significa proximidade estreita com a verdade
Foi durante um famoso festival hindu, o Mahashivaratri- em 2002, que Janderson se tornou Prem Baba e a sua busca se completou. Todos os anos, seus devotos fazem uma comemoração durante este dia.
Sri Prem Baba significa “encarnação do amor divino”.

Em 2010, foi construído o Yoga Hall, onde Prem Baba atualmente recebe centenas de pessoas diariamente para seus satsangs.

O sítio em Nazaré Paulista (São Paulo, Brasil), onde Prem Baba oferecia retiros espirituais entre outros trabalhos terapêuticos, transformou-se no Sachcha Mission Ashram.
Hoje Prem Baba vive em São Paulo, mas realiza seu trabalho em diversos lugares do mundo onde tem muitos devotos. Seus principais sanghas (grupos de estudantes) estão na Argentina, Hawai, Estados Unidos, Espanha, Holanda, entre outros.

------------------------------
Enfim, eu ainda devo estar no primário da espiritualidade, perto da minha coacher/sensei e há anos luz da iluminação de Prem Baba - mas estou neste caminho, e se hoje sou uma pessoa melhor do que era há dois anos atrás quando caí de páraquedas no curso de Constelação, foi graças a força espiritual e sabedoria que minha coacher tem e essa sabedoria veio de vários mestres (não muito diferente do Prem Baba)  mas com certeza a maior influência sem dúvida é do Sri Prem Baba.

É claro que ainda tenho meus defeitos, ainda preciso olhar para muitas coisas do meu sistema familiar, curar algumas dores de infância, se já estivesse em um alto grau  com certeza já estaria tocando harpa numa nuvem rs...este é um processo e cada um está em um degrau dessa escalada e não tem nada de errado nisso...

Mas sem dúvida, mesmo não sendo díscipula direta de Prem Baba, a Flor do dia me ajuda muito, tem vezes que a verdade contida ali reverbera tão forte em mim que fico pasma... até já cheguei a quebrar um copo de tão pasma que fiquei com a mensagem.
Tem dias que a Flor do dia diz exatamente aquilo que estava precisando ouvir/enxergar. Álias a flor do dia é a primeira coisa que vejo quando acordo e tomo um copo d'agua em jejum e abro o Facebook rs...

No site do Prem Baba tem os satsangs completos -clica aqui.
Se você se interessou e quer ler a Flor do dia, postada diarimente no Facebook, clica aqui.

Você pode querer ler:
Sobre Khrisna Das
Um homem chamado amor
(entrevista com Prem Baba no site Jornal de hoje)

   Observação:   
Caso você esteja acessando o blog via tablet ou celular, é necessário usar a 'visualização versão web' para que seu comentário seja postado via Disqus e assim respondido.

14 de março de 2013

Não acredite antes de refletir

Recebi esta mensagem e achei muito importante.

Não leve tudo que você lê na internet como verdade absoluta, aquilo que é veiculado em sites, fanpages, grupos de discussão, blogs...

Pesquise! Tem o google pra isso, se mídias brasileiras não tem informações completas, pesquise em sites estrangeiros, se não sabe escrever/ler em inglês tem o google tradutor pra isso.
Reflita se pra você aquilo soa como verdade

Não se deixe levar por tudo que você lê, como aqui é um blog, vamos tomar como exemplo aqui.Se é resenha de produto, procure outras resenhas, nem tudo que serviu pra mim, serve pra você, nem tudo que funciona de um jeito pra mim vai funcionar igual.



Seja uma pessoa que toma escolhas conscientes mas não porque o outro te disse pra fazer mas porque você refletiu antes.
Deixe de ser aquela pessoa que acredita em verdades absolutas -  a única certamente infálivel é a morte. O restante são inúmeras variáveis... seja de um cosmético, de um ingrediente, de uma resenha, de uma loja... e partindo para sua vida pessoal quantas coisas que você aceitou livremente sem questionar se aquilo ressoa no seu carater?!

 E mais importante - seja autoresponsável pelas SUAS escolhas, escolheu acreditar ok, depois não venha chiar!

Fica meu convite...

24 de dezembro de 2012

Feliz Natal!

Eu me diverti demais quando eu vi no hortifruti e pensei que essa seria a imagem para meu post de Natal haha...Além do que tem tudo a ver com a proposta do blog- beleza saudável!



A melância  é antioxidante, diurética, tem vitaminas A e B e tem alto índice de licopeno, o que faz dela a fruta perfeita para a estação já que no verão tendemos a reter líquidos! E tem propriedades depurativas - o que faz dela uma ótima opção para o day after das comilanças de fim de ano, ajuda a eliminar substâncias residuais, através da urina!

Então... esse é o meu desejo de Natal para vocês, uma noite feliz sem inchaços e excessos de substâncias que o corpo não precisa haha!

Mas tenho também outro desejo pra vocês- que a data seja um momento de reflexão... que você pense sobre o que não anda legal na sua vida...e assim como a melância manda embora o que não precisa, jogue fora o que não presta... seja um rancor, uma mágoa...perdoe... passe a limpo... tenho certeza que você se sentirá bem mais leve!

Fique apenas com aquilo que te faça bem!

Que o Natal possa renovar as coisas boas dentro de você, pois é o mais importante o interior, a essência e não uma coisa material embrulhada num pacote bonito que pseudo celebra o Natal...

bj grande a todos que acompanham, comentam , curtem ou apenas observam...

   Observação:   
Caso você esteja acessando o blog via tablet ou celular, é necessário usar a 'visualização versão web' para que seu comentário seja postado via Disqus e assim respondido.



16 de dezembro de 2012

Ser feliz é o real luxo

Laura Sinclair tinha escrito este texto para o Yummy Tips, que é meu também - mas acho que cabe perfeitramente aqui para inaugurar a tag de auto ajuda, que sim - ajuda muito quem consegue se reconhecer no reflexo do texto. E em época de Black Friday, 13. salário, consumismo desenfreado,  liquidação de verão... tantos nomes inventados para incentivar o consumismo, este texto cai muito bem.

As pessoas hoje estão presas em um emaranhado de informações e tem muitas regras a seguir, que acabam gerando paradoxos. Por exemplo, expor-se ao sol é arriscado, mas é considerado bonito ter a pele bronzeada. Vivemos contando calorias para ter o corpo saudável e esteticamente perfeito, entretanto privar-se de comer é privar-se de prazer. As regras são contraditórias,e quando as pessoas não seguem o instituído pela coletividade sentem culpa.
Há 40 anos íamos uma vez por ano ao médico quando muito, hoje uma pessoa chega a ir até dez consultas por ano, na tentativa de comprar saúde.
As compras! Antes as pessoas iam a missa, hoje elas vão ao shopping. Comprar, ir ao shopping e viajar, são as terapias modernas para depressão, tristeza, solidão.
Hoje temos muito mais liberdade para gerenciar nossa existência, escolhemos que profissão fazer, com quem casar,o que comprar, mas ficamos presos a regras da globalização econômica de eficacia,  produtividade, juventude e consumo. Todo esse complexo emocional, acaba nos levando a    tanta ansiedade, estresse, angustia e medo que mesmo conseguindo o que queremos não conseguimos nos sentir completos.


Meu celular não deve só fazer e receber ligações, deve permitir que eu ouça música, tire fotos, receba e-mails, jogue. Deve proporcionar vivencias, sensações, prazeres. Acabamos por nos tornar colecionadores de experiencias, por medo que a vida passe sem que tenhamos aproveitado o que a mídia nos incutiu como sendo ser a existência perfeita.
Mas será que existe uma forma de se libertar do cardume e ser mais feliz?
Existe sim, basta você utilizar a tríade do sentir, pensar e agir. Não haja somente por impulso, não se endivide comprando o que não precisa. Você pode comer o que tem vontade mas sem exageros.
Sua alma em paz reflete sua real beleza. Dois quilos a mais na balança não te deixará menos atraente.
Quer uma dica? Anote em um papel tudo que te incomoda, estressa, deprime, depois de algumas horas leia o que escreveu e pense a respeito. Você verá que muito destes sentimentos dizem mais a outras pessoas do que a você.
É tão bom dormir em paz, não importa se em um quarto de 4 ou 50 metros, passear com a família em harmonia, seja de Fusca ou de Mercedes, comer com saúde e prazer, seja  macarronada ou lagosta.
Não deixe que a ansiedade de viver o que você não possui, tire o prazer de desfrutar o que você tem.
Lembre-se você veio sozinho ao mundo, e assim retornará a Deus, se tiver que responder por atos será somente pelos seus.
Experimente viver pelos seus olhos, com certeza você será muito mais saudável e feliz!

----------------------------------

E você,do que precisa para ser feliz?!

   Observação:   
Caso você esteja acessando o blog via tablet ou celular, é necessário usar a 'visualização versão web' para que seu comentário seja postado via Disqus e assim respondido.

9 de maio de 2012

[Diário] OE da semana - Vetiver

Atenção - este é um post de conteúdo psicoemocional, por  isso duas coisas são importantes:
- Leia se você estiver interessada no que este óleo pode fazer
- Julgamentos não cabem por aqui, cada um tem sua jornada, ok?!

Eu ainda fico besta de ver como um óleo cai de paraquedas escrito meu nome! O primeiro foi manjerona, contei aqui.
Por conta deste post - clica aqui, agora me vem este - vetiver: bem amadeirado, bom pra dores de reumatismo (sim, eu tenho dor crônica, então ele cai na conta exata) e foi justamente por isso que comprei... ...e não sei por que ficou parado na caixa. Ajuda a desfazer bloqueios emocionais enraizados (!!!), sensação de não pertencimento. Muito útil em caso de esgotamento físico.

Uns cinco meses depois eu entendi: ele faz um aterramento ou seja ele conecta as pessoas à Terra, por ser extremamente enraizado- Ãh?! Como assim?! Bem pra entender direito isso, leia o aspecto psicológico de Vata... mas basicamente Vata (oi?!) desregulado tem a cabeça na Lua, Marte, Vênus ou qualquer outro lugar menos na Terra - e os pés muito menos...

Como assim?! Explica isso direito...
Tudo começou há uns quatro anos atrás quando estive numa terapeuta floral que tirou uma foto Kirlian, em uma pessoa equilibrada energeticamente seria mais ou menos assim:


Ok, só que a minha estava com um campo azul fraquíssimo da cintura pra cima, ou seja - toda minha energia estava concentrada ali, e da cintura pra baixo, nenhum feixe de luz sequer. Bem naquela época estava deprimida já que não é brinquedo lidar com uma doença que na época poucos médicos levavam a sério -. Enfim, só sei que acabei não ficando com essa terapeuta que utilizava uma ténica digamos agressiva pra uma pessoa fragilizada física e emocionalmente, os florais que ela compunha me faziam passar muito mal!

Voltando no tempo, espaço - no agora...
Cá estou no meu curso de auto conhecimento, derrubando uma série de crenças... até que me deparei com um ponto cego na minha jornada: minha falta de aterramento! Antes ouvia isso e pra mim #tantofazia - até que comecei a perceber muito meu corpo, o que cada dor significava e até a falta de contato com o chão - pode parecer muito esquisito isso mas eu não sinto minha pisada firme e forte no chão, eu praticamente ando com o calcanhar apenas e não com o pé todo, como seria normal e esperado...

Então fiquei com isso na cabeça, no início da semana bati de cara no poste, ou melhor no post lá de cima, até que na quinta passada fui na aula de yoga para autoconhecimento - e adivinha o que era?! "Como a conexão com a mãe terra nos impulsiona em busca dos nossos anseios. E qual era o exercicio?!"
Pisar bem firme no chão pra sentir essa conexão... Daí tudo fez sentido pra mim!
A foto Kirlian, o "não olhar" para o óleo de vetiver - pois pra mim tanto fazia estar por aqui, eu preferia estar morta certa época... pra que estar aterrada?!

E mesmo sem saber do conteúdo da aula de quinta, olha que engraçado as meias que fui:

Elas grudam no chão, rs rs... achei fascinante minha necessidade de aterramento estar tão grande que até o subconsciente ajudou na escolha das meias!
Só sei que voltei pra casa e fiz uma sinergia de Vetiver + Gengibre + Lavanda em óleo de gergelim (super recomendado para Vata). Não me apetece muito o cheiro do Vetiver nem do gengibre mas é o que estava precisando...

Lembrando que pra entender toda essa conexão foram anos de terapia e quilometros de leituras de auto ajuda, desde os best sellers como Louise Hay, Cristina Cairo até os clássicos das doenças psicossomáticas... E agora não tenho problema algum em expor isso, pois sei que pode ajudar outras pessoas.

Sugestões de leitura: 
 Você Pode Curar Sua Vida - Louise Hay
A doença como caminho -  Rudiger Dahlke, Thorwald Dethlefsen

Postagens Relacionadas