Páginas

Mostrando postagens com marcador Anvisa. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Anvisa. Mostrar todas as postagens

5 de março de 2013

Abaixo assinado contra a proibição de álcool de cereais

Pois bem, domingo saiu uma postagem de uma aromaterapeuta indignada com a medida insana da Anvisa, vide aqui. (sugiro que leia o post pra saber o quanto esta medida afeta a vida das pessoas)  sobre a proibição da venda de álcool de cereais e também fabricar e vender  o álcool etílico de alta graduação, ou seja, acima de 54° GL. Empresas  que descumpram a proibição estão sujeitas a multas que podem variar de R$ 2 mil a R$ 1,5 milhão.

O álcool de cereais está em 70° GL, logo ele também entra na lista. " O que estamos retirando é aquele álcool de alta graduação que as pessoas acham ótimo de usar para churrasco", segundo depoimento dado ao site G1 - sim agora somos insanos e irresponsáveis a ponto de explodir ou incendiar nossa churasqueira, quantos acidentes foram vistos no churrasquinho de domingo em comparação à fabricas de fogos de artifício por exemplo?! Argumento bem fraco não?!


Voltando ao álcool de cereais... soube pela professora que a Casa das Essências não pode mais comercializar - está localizada  no quarteirão de lojas voltadas para confecção de cosméticos, na Praça da Sé em São Paulo, se esta que é uma das maiores ali na área não pode, imagino que toda a área também não- sob pena de multa.

É matéria prima essencial, veiculo para aromasprays terapeuticos e ambientais e até perfumes naturais são possíveis de serem criados com este álcool.
Nas aulas de aromaterapia uma das técnicas é aprender a fazer estes sprays, e como ficam agora esta parte da matéria?! Se aprende mas não se pode fazer?! Vão proibir as pessoas de aprenderem a produzir seus sprays de acordo com suas necessidades?!

Produtos de limpeza, com base alcoólica e algumas gotas de óleos essenciais são usados por pessoas que criaram alergia a quimica nociva dos produtos convencionais ou mesmo pessoas como eu, que querem fazer uso de soluções naturais e ecológicas para suas residências.E quem sabe da quantidade de química nociva que tem nos produtos de mercado, entende o que eu digo...

Eu faço desde sprays antisépticos e de limpeza com óleos essenciais, águas de passar roupa, aromasprays para energizar e perfumar a casa- e o que mais entristece: agora com essa medida não posso fazer sprays aromaterápicos para tratamento de ansiedade ou depressão (sim já segurei as pontas até da minha própria ansiedade com aromasprays), não posso fazer sprays ambientais personalizados para workshops e aulas de yoga.



Artesãos dependem desta matéria prima para confeccionar sprays, e muitos ganham a vida com a venda destes.
Indo um pouco mais além da aromaterapia - ervas são colocadas para maceração neste álcool, onde se produz extratos e tintura.

Profissionais da terapia alternativa como professores de yoga, massoterapeutas,terapeutas florais, reikianos, fisioterapeutas,  utilizam este álcool para a assepsia de ambiente e instrumentos de trabalho.

Ou seja, estão tirando nossa liberdade de escolha, ao proibir a fabricação e venda desta matéria prima, essencial a muitos profissionais. Estão nos tirando a liberdade de nos tratar de forma mais natural, de limpar a casa com produtos menos tóxicos e poluentes, totalmente naturais...

Como não consigo ver uma situação destas sem ao menos tentar reivindicar, junto com minha professora de aromaterapia - Beatriz Yoshimura, criamos um abaixo assinado.

Como o embargo tem efeito suspensivo, segundo o TRF-1, o prazo não vale até que Moreira Alves dê seu voto, também estamos nas mãos do desembargador Carlos Eduardo Moreira Alves, que encontra-se de férias até o dia 25 de março.

Fonte da matéria sobre a proibição e os nomes envolvidos:
Anvisa publica proibição de venda de álcool líquido com mais de 54º GL -
publicado no site G1 da Globo.com

Portanto temos cerca de vinte dias para enviarmos o maior núnero possível de assinaturas, pedindo a liberação do álcool de cereais para os profissionais, estudantes de aromaterapia, profissionais da terapia alternativa e artesãos terem seus instrumentos de trabalho, bem como pessoas comuns que utilizam o produto para suas receitas domésticas.

Se você, é alguma destas pessoas prejudicadas com a medida, por favor assinem a petição pública, foi feito com base na aromaterapia porque usamos os nossos nomes, mas se aplica a qualquer um que utiliza este material - clica aqui.
Divulguem se possível para alcançarmos o maior número de pessoas - e a você que já assinou, muito obrigada!

   Observação:   
Caso você esteja acessando o blog via tablet ou celular, é necessário usar a 'visualização versão web' para que seu comentário seja postado via Disqus e assim respondido.



nas compras no site da Aromalife! Clique e acesse!

 
Design by Free WordPress Themes | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes | free samples without surveys