Páginas

18 de julho de 2016

Do sumiço e da aceitação das coisas


Estou voltando ao blog e para reinício, uma explicação para o que aconteceu, que pode ser uma luz pra você que está em processos, mesmo porque principalmente pra quem é Índigo as energias de transformação planetárias estão muito intensas...

+leia também: Aromaterapia | Bergamota  para facilitar a aceitação em pessoas Índigo

Quando comecei com este blog há mais de 5 anos, meu intuito era partilhar as informações que eu encontrava, porque naquela época não havia absolutamente nada aqui no Brasil -os sites das marcas não colocavam a composição que era a única certeza de comprar um produto orgânico de fato - comprei muita coisa na fé e muita coisa foi greenwash, propaganda enganosa
Graças à querida Heglaé do Mocinha Kawaii este mundo se abriu pra mim, e sou muito grata à ela, pois a partir dela pude conhecer outro blog que confio o Tantas Plantas da querida Michele, outra a quem devo muita gratidão.
Até que no começo do ano, as caixas com produtos enviados pra resenha aqui no blog pararam de me empolgar.
( um adendo deve ser feito: jamais escrevi pra nenhuma marca pedindo o envio, muito pelo contrário, estas pessoas confiaram no trabalho que venho feito aqui e principalmente no grupo do FB, clica aqui, orientando as pessoas quanto a uso e indicações. Álias até agradeço por isso pois eu não teria condições de comprar tantos produtos, embora muita coisa mostrada aqui comprei mesmo e gostei tanto que escrevi aqui. )

E no começo do ano, tive uma crise renal, uma pedra no rim, causada pelo excesso de medicação pra fibromialgia (sim, infelizmente eu preciso tomar principalmente quando estou em cursos / treinamento ou saio para comprar ingredientes pra fazer meus produtos de limpeza) e pelo excesso de queijo na transição para o vegetariano.
Mas como acredito que toda doença ou disfunção existe um componente emocional ou um emaranhado a ser resolvido, a pedra no rim continha uma energia a ser trabalhada em Constelação familiar, falei aqui o que é e onde faço.

Voltando às caixas com produtos, a não empolgação veio de uma distimia - uma das variantes de depressão com requintes de mau humor, aliadas à crises de dor homéricas da fibromialgia.
E foi o principal alerta: aquilo que eu gostava de fazer, já não empolgava, na verdade absolutamente tudo que gostava já não fazia mais sentido!
Então finalmente tomei a decisão de fazer um período sabático pois sim, como aromaerapeuta e terapeuta holística sabia que um quadro assim, há sempre um aprendizado por trás.

Mesmo com vontade de ficar enfiada na cama o dia inteiro devido ao desânimo, mau humor  e dor generalizada da fibro, continuei no grupo de Constelação familiar e autoconhecimento, porque sim - somente o autoconhecimento promove a transformação, portanto não havia espaço para outras coisas além de cuidar de mim e minha nerdice generalizada em estudar meios de cura, que álias estou estudando Florais agora porque usei em mim e tem dado resultados excelentes, álias, tudo que digo aqui no blog, eu testei e estudei por muito tempo, antes de soltar informação sem nenhum embasamento.

E juntamente com os processos do meu movimento em direção ao minimalismo, que venho contando nesta tag aqui. Que também entendi ser um processo, não adianta se livrar de tudo de uma vez pois as vezes você não está pronto pra abrir mão, muita coisa servia como âncora aqui no planeta Terra, principalmente se você é Índigo, com dosha Vata predominante e ainda te falta o elemento terra no mapa astral. Álias já fazem 3 anos que estou despachando coisas...

+leia também: Ayurveda | descubra as caracteristica doseu dosha predominante

Na verdade foi um processo bem complicado, nunca fiz uma desconstrução tão grande como essa...e sinto muito em te dizer mas trilhar o caminho do autoconhecimento e cura não é fácil, dói, incomoda - eu brinco lá no grupo que é como descascar cebolas rs...,você pega uma questão e vai descascando camada por camada: arde os olhos, chora, incomoda, cansa, dá preguiça...

 ...e há que se ter muita disposição e algum dinheiro, mesmo porque, não são muito baratos estes meios de cura. Funcionam?! Sim, mas há que se ter paciência para atuarem no organismo  - eu atualmente estou nos florais e aromaterapia pra apoiar meu processo de autoconhecimento.



E depois de algum tempo x alguns florais x vários óleos essenciais, finalmente encontrei meu dharma, que é ser terapeuta holística, minha coach da Constelação e minha falecida terapeuta floral já tinham dito do meu dom pra cura, só que há 5/6 anos atrás eu ri alto: cumassim?! Eu toda torta terapeutizar alguém?!
E se tivesse feito meu mapa astral, que também consta meu dom pra ser terapeuta, naquela época também não acreditaria. Portanto mais uma lição aqui: o  que sua terapeuta te diz pode não fazer sentido na hora, mas convém anotar, pois tem coisas que você só entende muito tempo depois! Até o perdão é um caminho a ser trilhado, você sabe que precisa mas ainda não consegue...

Atualmente saí da depressão distimica, tenho pelo menos 2000 coisas a menos em casa e pelo menos recuperei o ânimo pra vir aqui escrever...

+Leia também: Minhas leituras| A mágica da arrumação, - Marie Kondo


... e finalmente tive coragem pra assumir a fibromialgia aqui com todas as letras, me dei o direito de estar doente e tirar um tempo pra mim. Sou japa, tenho um nível de cobrança e rigidez de um samurai! Que com muito trabalho interno e ferramentas de cura aprendi a ser mais flexível...

Também fiz as pazes com a idéia de ter um gato, que também só foi possível depois destes vários anos de trabalho em autoconhecimento, olha que linda a Shanti:




Porquê estou me expondo tanto?! Porque a experiência e os processos de outras pessoas me ajudaram tanto, pode ser que venha um luz, um insight pra você... ... além de ter dom de terapeuta... que assim como foi dificil pra mim aceitar ser Índigo numa família extremamente racional e materialista, pode ser difícil pra você também... e sim, fibromialgia acontece muito em pessoas Índigo...

IMPORTANTE:  este blog não receita fórmulas de aromaterapia para fibromialgia e outros processos, é preciso avaliar todo o quadro para determinar quais óleos essenciais podem ser usados com segurança, para não agravar outros sintomas e não haver interações medicamentosas.
Caso queira uma consulta, entre em contato aqui.



nas compras no site da Aromalife! Clique e acesse!

 
Design by Free WordPress Themes | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes | free samples without surveys