Cupom válido durante todo ano de 2017 - clique e acesse!

8 de dezembro de 2015

O que é Constelação familiar sistêmica ?!

Eu sempre falo de Constelação Familiar  aqui e nas redes sociais  mas nunca consegui explicar o que é exatamente, porque é uma coisa bem dificil de se fazer entender... só  estando num workshop pra saber a dimensão real.
(até que uma matéria na revista Bons Fluídos explicou lindamente, vai me ajudar a te explicar melhor- gratidão!) ...
Senta aí que o causo é longo rs... não dá pra falar em poucas linhas rs...

Sabe aquela situação que se repete sempre, as vezes por anos a fio?!  A gente cai  na mesma armadilha como se algo cutucasse aquele ponto dolorido,
As vivências que nos  trouxeram grande sofrimento mas  naquele momento não havia condições de lidar com aquilo, são esquecidas temporariamente - mas continuam no arquivo inconsciente.
Sempre que um acontecimento se parecer com esta memória, o conteúdo transborda, lembrando que aquilo continua vivo e atuante.

E isso continua e continua... até que a pessoa se toque que precisa trabalhar aquilo... e a melhor maneira de desatar um enrosco é iluminando  nossas sombras em alguma terapia.




A técnica criada por Bert Hellinger consiste em posicionar representantes  numa determinada configuração e assim tornar claro o enrosco, que chamamos de emaranhados - são estes que determinam nossas vidas.Com a constelação é possível desfazer estes nós.
Segundo Hellinger esses emaranhamentos acontecem por  transgredirmos três regras básicas dos relacionamentos humanos e assim bagunçamos as Ordens do amor:
(amor no sentido Universal e divino, não romântico viu?!)

- Pertencer: Todos os membros da família  tem o mesmo direito de pertencer
(ao invés de evitar convívio com aqueles que não combinam - as ovelhas negras, drogados, alcólatras e até filhos abortados tem direito de pertencer)

- Hierarquia: Existe uma hierarquia atemporal, pais sempre são maiores que os filhos, inclusive na velhice.

- Dar e receber: 
Há a necessidade do equilibrio entre o dar e o receber nas relações, com excessão da relação pais e filhos, quando os pais sempre dão e os filhos recebem.
(Vale pór ex para casal que deve receber e doar igualmente)

E sim, emaranhados assim acontecem em todas as famílias, se na sua não,pode ser que tenha sido na família dos teus avós.
Então devemos encarar estes emaranhados, trazer à luz  e reconfigurar conforme as Ordens do Amor- este  é o objetivo da Constelação.

Como funciona a terapia de Constelação familiar?!

Um terapeuta conduz a questão/história do cliente num workshop, onde várias pessoas interessadas estão presentes.

O cliente conta a questão e o terapeuta faz as perguntas que acha necessário e  assim pede para que
 escolha  entre os presentes aquele que irá representá-lo e outros para os familiares . O cliente posiciona os representantes e passa a observar  o que acontece.


Constelação familiar em grupo coordenada por Alex Possato

Os representantes se movem conforme a energia que o sistema do cliente trouxe e conforme os movimentos dos representantes, o terapeuta faz perguntas como: 'o que acontece aqui?'  - e respondem como se sentem: se querem fazer  outro movimento, se sentem dor em alguma parte do corpo, o que quer fazer com o outro representante (abraçar, xingar, bater...).

Minha melhor explicação de um trabalho de Constelação é que parece um teatro da sua família ali no centro da sala.

Na  primeira vez, você se pergunta  como o representante atua exatamente como o familiar do cliente, até fui acusada de contar para o grupo o emaranhado da amiga (não contei...viu?!), pois ficou de queixo caído ao ver que o representante falava e tinha os mesmos trejeitos do marido, que eu só conhecia de vista-   é impressionante!

E geralmente as pessoas não se conhecem fora dali ,às vezes entram um dos avós na Constelação do cliente...então é impossivel mesmo ter adivinhado rs...

De acordo com Hellinguer , um acontecimento na vida de uma pessoa afeta todos daquela família (somos todos Um!).  As dificuldades, assim como os talentos se refletem  no outro.
Por exemplo - você ter fracassado nos negócios assim como seu avô. Por amor a ele você também fracassou - é como assumir o fardo por ele.
Tendemos a fazer pactos com nossos antepassados, a gente se identifica com as mesmas dores, tentamos pagar por elas - daí vem os comportamentos destrutivos. Bem como tentar compensar as culpas.
Exemplo disso é um filho se responsabilizar pela tristeza da mãe e se cobra a resposta, quando não cabe a ele.
Estes casos  acima estão fora de ordem, existe um emaranhado... então durante a constelação, o terapeuta pede para que o cliente repita frases de correção ou cura:
Ao fazer esta entrega o sistema se equilibra.
Existem também casos de papéis invertidos na relação pais x filhos, é até comum, quem nunca viu uma filha cuidar e orientar a mãe (oi?! rs...), há uma desordem na hierarquia. Quando isso aparece na constelação, o terapeuta pede para o cliente sentar  para que fique menor que a mãe  e tomar seu devido lugar  na família.

Após as frases, a sensação de leveza e harmonia é surpreendente, e o cliente é chamado para tomar seu lugar na constelação para sentir o sistema harmonizado e incorporar a energia de cura
A grande maioria dos trabalhos acaba com o cliente muito  aliviado e contente, com uma sensação de gratidão mesmo, sabe?!


Há casos em que o pai não recebeu da própria mãe o que ele gostaria, assim colocou a filha no lugar dela.
A filha por sua vez acabou fazendo por ele e dando tudo o que ele não teve. Ao constelar, a filha pôde assumir seu papel na hierarquia e criou consciência de que não deveria mais atender as solicitações do pai.
Assim a vida se apresentou mais leve e este papel foi desaparecendo aos poucos.

Importante dizer que não é instântaneo  nem mágico- é preciso deixar o sistema agir, o que acontece dentro de  um mês ou vários. Segundo Hellinger, o sistema continua agindo por até três anos.  Assim como processar as informações levantadas no trabalho, caso queira constelar outra questão , é bom aguardar cerca de um mês.

Ao se mostrar as dificuldades dos familiares e antepassados e entender que só agiram assim pois não sabiam fazer diferente ou não receberam o suficiente, começamos a sentir piedade e a partir disso a aceitação dos fatos.
Assim podemos resgatar e fazer as pazes com o sistema familiar.

Em um workshop - você pode constelar a questão ou participar do grupo, se colocando à disposição do sistema, como representante se quiser.
É um trabalho lindo porque as questões dos clientes acabam reverberando e mesmo que você só participe - atuando  ou só observando, também se beneficia da cura proporcionada.
(Porque a questão do outro pode ter a ver com um avô, tio... vai saber...)
Mais uma vez, somos todos Um. É mais comum do que se imagina, nos quatro anos que estou no curso, um sempre pegava carona na fala do outro e assim todos se beneficiavam do trabalho.
(obs: a formação de terapeuta de Constelação é em um ano , é que o grupo gostou tanto do trabalho que pedimos extensões rs...)



Existe o trabalho individual, geralmente feito com bonecos Playmobil. Já fiz mas eu prefiro o workshop porque tem mais emoção kkkk, é intenso, bombástico, pois dá pra ver a encenação do sistema familiar.

O que pode ser  trabalhado através da Constelação?!

Qualquer assunto que você não consiga resolver com o tempo, o que se arrasta por anos a fio:
- relacionamentos familiares : pais x filhos, problemas entre irmãos
- relacionamentos conjugais
- instabilidade emocional : por exemplo compulsões
- doenças diversas, crônicas
- dificuldades financeiras
- problemas no trabalho



Caso queira saber mais sobre Constelação familiar  recomendo a leitura do livro Ordens do amor de Bert Hellinger.  Mostra o  caminho do autoconhecimento, onde a compreensão libertadora e saneadora nasce da observação das complexidades do sistema familiar. A partir desse momento, torna-se claro que muitas crises e enfermidade começam a desenvolver-se nos casos em que a pessoa ama sem conhecer as Ordens do Amor. O conhecimento dessas ordens converte-se, portanto, no ponto de partida para a solução e a cura.
Por R$43 no Submarino, clica aqui

Onde encontrar terapeutas/ facilitadores de Constelação familiar

Conheço muito bem e indico o trabalho da Prem Sadhvi
 - fanpage aqui e blog com o calendário de workshops aqui.

Também recomendo o trabalho do Alex Possato:
- fanpage aqui e blog que recomendo a leitura se você está em busca de autoconhecimento , clica aqui.

Ambos em SP- capital.
Para outras cidades, por favor se você conhece algum terapeuta, me diga para poder indicar aos leitores.

Caso queira ler outro ótimo texto com relatos de mudanças positivas através da Constelação - clica aqui

fontes: Revista Bons Fluidos | Apostila do curso de Constelação | Experiências durantes os anos de treinamento