Páginas

10 de fevereiro de 2014

Evite garrafas de plástico!

Tem rolado na internet vários textos e vídeos sobre a pouca vergonha que é usar a garrafa PET achando que ela é de  fácil reciclagem e por isso está tudo certo...



Acontece que o problema n. 1 da garrafa PET é que ela é feita de plástico, derivado de petróleo - recurso cada vez mais escasso e poluente.
O segundo problema é que por ser de plástico contém um elemento chamado bisfenol-A , quepode provocar doenças, tais como: alterações do sistema imunológico, aumento da próstata, diabetes, hiperatividade, infertilidade, obesidade, puberdade precoce e câncer da mama., saiba mais a respeito aqui.

O terceiro problema está na quantidade de lixo produzida pelas milhares de garrafas descartadas diariamente, que segundo o vídeo de Ann Leonard, da mesma série A história das coisas (que eu acho que todo mundo deveria ler o livro pra levar um tabefe e tomar consciência que também é responsável pela poluição com seus hábitos de consumo insanos...), essas garrafinhas enfileiradas já estão tão onipresentes na lixeira que se enfileiradas já dão 5 voltas ao mundo... e não se engane, só por ter sumido da sua vista não significa que sumiu da sua vida para sempre- plástico demora 400 anos pra se decompor.. ou seja, na sua quinta reencarnação a mesma garrafinha que você tomou hoje, deve ter sumido da face da terra.

A solução é muito simples mas por preguiça - sim pois eu acredito que fazer uso de coisas descartáveis seja preguiça de fazer sua parte, pois é muito simples encher sua garrafinha em casa e transportá-la na bolsa... se alguém aí ficar pensando que faz peso na bolsa e é mais fácil comprar uma garrafa na primeira padaria, vou tre chamar de preguiçosa e burra sem nenhum remorso... burra por ter gasto cerca de  R$3,50 em 500ml em uma coisa superfaturada -  e se você anda de carro aí é mais preguiça ainda! Os carros de hoje tem porta garrafas...

Pois se tiver a inteligência de fazer as contas, com 10 garrafinhas de água que você comprou na rua você pode adquirir um modelo BPA free, como é chamado o plástico livre de Bisfenol-A, como por exemplo essa da Coza, paguei exatemente R$35 com capacidade para 400ml  e que você pode recarregá-la ad infinitun.

E uso até em casa, como trabalho em home office, a minha fica ao lado do computador, o que me ajuda a manter a cota diária de água, então os R$35  ano passado já se pagou sozinho faz tempo, além do que com a garrafa evito pegar outro copo e assim economizo água na lavagem dele.




Tem esse modelo muito inteligente onde o líquido, fica acondicionado em vidro que é melhor ainda e tem uma camada de acrílico que protege de impactos, o único problema é que só encontrei numa loja na Liberdade há quase 2 anos, que não é da Coza, sem marca-  e não tenho certeza absoluta de que terá. Ela é mais pesada, cabem 600ml de líquido  - esta eu comprei quando estava me tratando com uma naturopata fazendo um detox punk hardcore e pra mim não fazia sentido beber o mix de chás que ela receitava numa garrafa comum pra me intoxicar de Bisfenol-A.

O bom é que mantive o hábito e pelo menos dois dias da semana faço uma garrafada dessa de chá detox e tomo ao longo do dia.



E se você precisa de mais argumentos veja este vídeo:



E se os argumentos que dei aqui, não foram suficientes - você já imaginou que sua garrafinha pode estar poluindo o quintal de um indiano, já que os demais países não comportam mais lixo e jogam no quintal alheio? Repense seus hábitos de consumo.


Cupom válido durante todo ano de 2018- acesse!

 
Design by Free WordPress Themes | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes | free samples without surveys