Páginas

15 de outubro de 2013

Linha Turismo - Curta Curitiba

Ok , estou um mês atrasada, mas digo que estou atoladíssima e resolvendo assuntos pessoais, para fazer correndo e mal feito, prefiro não fazer, por isso demoro (e só pra constar isso vale pra resenhas de produtos também) .
Quando dizem que  é cidade de primeiro mundo acreditem! (a arquitetura no centro me lembrou muito Montevidéu,estilo europeu...) . Fora ser a cidade modelo do país - e que graças ao meu cunhado, pude realizar o sonho de conhecer a cidade com hospedagem grátis rs...

Os habitantes de lá dizem que só não faz frio e chuva no verão, portanto em qualquer outra época pode levar roupa de calor, de frio, de super frio e guarda-chuva rs... pois quando esfria, esfria mesmo  (peguei 7 graus certa noite brrrrrrrrrrrrr...)
Não há sujeira, não há muvuca no centro como acontece em SP ou Rio por exemplo... e senta aí que tem bastante coisa pra contar e mostrar rs...

Os pontos turísticos que visitei são super preservados, organizados e limpos! E existe uma forte divulgação  e valorização do turismo na cidade. Turista é muito bem tratado .
Antes de viajar, procuramos no google o que era interessante ver, daí encontramos a linha turismo- que faz parte do projeto de incentivo ao turismo Curta Curitiba, que dá um verdadeiro show de serviço público que funciona!

Praça Tiradente/centro -Em que outra cidade é possível foto estilo 'Beatles' sem alguém querer avançar o sinal?!

E que ônibus decente (tem até porta copos!), que por sinal lembra tanto o modelo quanto a pontualidade britânica dele - a cada 30 mim, sai um ônibus da Praça Tiradentes.
A tarifa é de R$27 por pessoa e crianças até 5 anos não pagam. Veja mais detalhes aqui.

E essa foto foi a que mais impressionou quem viu no Instagran ou na minha timeline, ok era domingo (15/09) e baixa temporada mas nunca que em SP ou no Rio daria pra fazer uma foto dessas sem arriscar a vida do meu marido e cunhado rs...



Mas voltando ao bus - com o valor de R$27 você tem direito a 5 tickets de embarque , que te dá direito a passar em 4 pontos turísticos, porque o último você precisa guardar pra voltar pra Praça Tiradentes (se você deixou seu carro lá por exemplo).


clica que aumenta
Ao todo são 24 pontos turísticos onde o ônibus passa. Claro que com uma única tarifa você não consegue ver tudo de uma vez, mas é possível guardar alguns bilhetes para usar em outro dia.
Caso você só tenha um dia pra fazer este roteiro, sugiro que acorde cedo - vai das 9hrs e senão me engano o último ônibus é as 19:39hrs para voltar a Praça Tiradentes - mas isso você pode se informar com os cobradores dos ônibus.

O que acho ideal é seguir a numeração do itinerário, pois mesmo que você não desça no ponto pelo menos dá pra tirar uma foto - e bacana também é que a cada parada há uma gravação com o resumo do que é a atração em português, inglês e espanhol.

Algumas dicas:
- Leve uma garrafa com água 
- Use roupas e sapatos confortáveis pois você vai andar muito
- Snacks como barrinhas de cereais não pesam na bolsa e ajudam a matar a fome (nem todo lugar vende alimentos)
- Se estiver sol um chapéu é útil principalmente se quiser ir no 2. andar do ônibus.
- Um gel ou spray antiséptico é bem útil, tem receita aqui.
- Procure no google o horário de funcionamento e se no dia que você irá a atração abre, evita decepções rs...
- E principalmente, leve dinheiro em espécie pois alguns pontos paga-se entrada.

Vou mostrar alguns pontos que o ônibus passa, não todos visitei com ele - e pra facilitar a vida, o nome do local é o link da página oficia.

O Jardim Botânico foi inaugurado em 1991, com  245 mil m². Os jardins geométricos e a estufa de três abóbadas tornaram-se um dos principais cartões postais de Curitiba.
A estufa abriga plantas características da floresta atlântica do Brasil. Sua arquitetura, em estrutura metálica e estilo art-noveau, foi inspirada em um palácio de cristal que existiu em Londres, no século 19.
Tem sanitário e lanchonete. Bom pra tomar um sorvete e aproveitar a natureza!


O ônibus passa por lá mas se você pretende fazer compras melhor ir por conta (como eu fiz), há estacionamentos particulares e zona azul. Acho que é um dos mercados municipais mais limpos e organizados que já vi. Foi inaugurado em 2 de agosto de 1958 e passou por reforma em 1982. Conta com sanitários e vários pontos de alimentação.

Vende alimentos comuns e vários outros artigos como chapéus, miudezas, calçados etc...
clique que amplia
Pra quem gosta de orgânicos é muito interessante pois tem um setor exclusivo- veja as lojas aqui. Onde se vende desde fast food, self-service, mantimentos, carnes, verduras e afins, e até roupas e cosméticos, que álias é lá que fica a matriz da Cativa Natureza.

Espaço dedicado à exposição de Artes Visuais, Arquitetura, Urbanismo e Design, possui cerca de 35 mil m² e mais de 17 mil metros quadrados de área expositiva, considerada a maior da América Latina. Pra quem gosta de arte vale andar por tudo (que já digo, cansa pois é enorme) , mas se quiser encurtar o passeio vale ver 'O olho' e as maquetes das principais obras do arquiteto. Tem sanitários.

O MON completou em novembro de 2012 dez anos de atividades. O projeto é de autoria do reconhecido arquiteto brasileiro que leva seu nome. 
Eu adorei as gravuras nas paredes, com os relatos de Nyemeier - adoro história e como foram feitas as coisas e li tudo rs...

clica que amplia


É um dos principais cartões postais de Curitiba. Inaugurado em 1992, no Parque das Pedreiras, foi construída em estrutura tubular e teto de policarbonato transparente.  Tem capacidade para 2.400 espectadores e um palco de 400m² destinado a apresentações artísticas e culturais.
Este fui de carro e tem estacionamento no local. Vale a visita pois é uma estrutura única e o paisagismo é encantador!

clica que amplia



A única torre telefônica no Brasil com um deck observatório de turismo que está aberta para visitação. Com 109,5 metros de altura, foi inaugurada em 1991 e é um dos pontos turísticos mais visitados de Curitiba. O observatório tem um deck de 360º de visão.
Pertence a Oi atualmente.

Se estiver tempo bom, sem nuvens dá pra deixar por último no trajeto do bus, as 18:30 ainda tinha uma boa visibilidade. Como em todos os mirantes, há fotos indicando cada localização.
Tem sanitário e bebedouro mas comida não. Por isso disse pra levar um lanchinho, pois chega no fim do dia dá uma baita de uma fome!


O que achei legal foi o mapa da cidade em relevo numa chapa de inox. Eu não imaginava que a cidade era tão grande e deu pra ter noção exata das distâncias, que na verdade não é muito diferente de SP - a periferia concentra a maior parte da classe média e baixa e no centro e arredores classes mais abastadas.

Enfim, tentei escrever o mínimo possível mas como são muitos pontos que esta linha cobre, ficou enorme mesmo rs...
Vale citar que este post não tem nenhum subsídio do governo, das atrações turísticas e das marcas citadas - é só uma turista tentando mostrar um pouco do que viu, hehe...

Acompanhem os próximos posts de férias que em breve entram no ar!



nas compras no site da Aromalife! Clique e acesse!

 
Design by Free WordPress Themes | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes | free samples without surveys