Páginas

16 de janeiro de 2013

Sobre o "boom" de marcas pseudo verdes

Ultimamente parece que virou moda marca se lançando ou lançando produtos auto intitulados de "naturais ou orgânicos"

Entendam uma coisa:
Para um cosmético ser considerado orgânico ele tem que ser no mínimo 98% natural, pra entender melhor- nome de planta vem em latim, nome de química é quase um palavrão impronunciavel exemplos:
- Rosmarinus officinalis (planta - nesse caso alecrim)
- COCAMIDOPROPYL BETAINE (quimica - nesse caso surfactante sintético)

Tem muito produto que tem três plantinhas, uma delas é orgânica, o restante da composição é pura química, daí ela escreve no rótulo natural ou orgânico e a pessoa que não sabe ler o rótulo vai lá e compra, crente do que viu no rótulo.
(E se você não sabe ler o rótulo, baixe aqui a lista negra das piores químicas encontradas em cosméticos)





Por isso saber identificar química é fundamental pra não cair em greenwashing!
Não adianta dizer que tem colheita sustentável, embalagens recicláveis, ativos naturais, ser cruelty free se de 18 ingredientes 3 são plantas e o restante é química e na maioria das vezes é tóxica.
É jogada de marketing das boas apelar para o lado verde dos produtos hoje em dia, é tendência ou moda usar o natural - mas só vale se for 98% natural para cima!

Ou seja, você compra uma idéia bonitinha, com plantinhas achando que está ajudando a natureza mas na verdade ao usar um produto assim você se polui e também polui o planeta já que os residuos do shampoo, como o lauril sulfato, forma aquela horrenda espuma no Rio Tietê (saiba que lauryl sulfato é classificado como detergente, e se você quiser saber mais sobre a espuma que invadiu o rio, leia aqui), IODOPROPYNYL BUTYLCARBAMATE é ecotóxico... ou seja é química que polui o meio ambiente...
Então onde fica o lado verde da coisa?!




 Foto de um trecho do rio Tietê na cidade de Pirapora do Bom Jesus-SP

E outra, se você perde o prazo de validade, você joga no lixo não apenas a embalagem que poderia ser reciclada, você joga fora um monte de porcarias tóxicas que podem contaminar o solo, cair em algum lençol freático que pode abastecer a região que você mora, um lago que agricultores usam para a irrigação, esse lençol freático, dá origem a uma nascente de rio que cai no mar e assim ajudar a poluir ainda mais...

Então pense muito bem antes de comprar qualquer coisa que esteja escrito natural ou orgânico, cheque a quantidade de quimica dele no verso. Procure por selos IBD, ECOCERT, USDA.
Não se deixe enganar por propaganda, escreva para o SAC pedindo a composição, veja a composição em lojas, tem muitas delas que fornecem...

Ajude a não propagar marcas que fazem greenwashing deslavado, boicote!



Cupom válido durante todo ano de 2018- acesse!

 
Design by Free WordPress Themes | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes | free samples without surveys